Curso Online de adolescência e seus aspectos psicologicos  - DROGAS

Curso Online de adolescência e seus aspectos psicologicos - DROGAS

curso voltado para familiares de dependentes e pessoas interessadas na Área de Dependência Química , com uma linguagem fácil e atualizada

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 4 horas

Por: R$ 40,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

curso voltado para familiares de dependentes e pessoas interessadas na Área de Dependência Química , com uma linguagem fácil e atualizada

FORMAÇAO EM CURSOS DE EXTENSAO UNIVERSITARIA UNIFESP- FE NA PREVENÇAO UFSC- CURSO DE FORMAÇAO DE CONSELHEIROS MUNICIPAIS FEBRACT\UNISAL- COORDENADOR TECNICO EM DROGADEPENDENCIA CURSOS NO DENARC 10 anos de experiencia coordenando COMUNIDADES TERAPEUTICAS



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • Aspectos Psicológicos Adolescência e Drogas

    Aspectos Psicológicos Adolescência e Drogas

    João Eduardo Ferraresi De Castro –
    Conselheiro em Dependência Química
    Terapia Da Toxicodependencia
    CNT 11.576\SP
    ctmaedoamordivino@hotmail.com

    ESTUDOS PARA FORMAÇÃO DE MULTILPICADORES

    NA PREVENÇÃO AO USO INDEVIDO DE DROGAS

    ASSOCIAÇÃO DE APOIO AOS DEPENDENTES QUÍMICOS DE GUAPIARA.
    COMUNIDADE TERAPÊUTICA MÃE DO AMOR DIVINO.
    Rod. SP 252 km 5 – Bairro dos Limas – Guapiara/SP – CEP 18.310-000

  • Adolescência e Drogas

    Adolescência e Drogas

    Neste momento da vida, torna-se acentuado um movimento contraditório que acende uma verdadeira luta interna travada pelo indivíduo na busca de sua independência, ocorrendo uma situação de real impasse para o adolescente onde existe uma oscilação entre o mundo confortável de sua infância e a necessidade imperiosa de adquirir a sua autonomia.

  • Aspectos Psicológicos

    Aspectos Psicológicos

    Reflexão ”Nossos adolescentes atuais parecem adorar o lixo. Têm maus modos e desprezam a autoridade. São desrespeitosos com os adultos e passam o tempo vagando nas praças... São propensos a ofender os pais, monopolizam as conversas, quando estão em companhia de outras pessoas mais velhas. Comem com voracidade, se embriagam e tiranizam seus mestres”.
    Socrates (século V A.C.)

  • Entendendo !!!!

    Entendendo !!!!

    Na construção de seu caráter e por muitas vezes com valores sociais , familiares e religiosos deturpados , o adolescente acaba gerando ações conflitantes em sua evolução, motivo pelo qual na sua grande maioria por medo e insatisfação com o rumo tomado de seu crescimento , busca através das drogas sensações prazerosas sem a consciência que a ação quantitativa lhe conduzira há uma derrocada ainda maior em sua estrutura física ,mental e espiritual

  • Atitudes de prevenção familiar

    Atitudes de prevenção familiar

    * Intercâmbio afetivo entre os membros da família – nesta fase da adolescência , imprimir um ritmo de relacionamento afetivo e fortalecimento dos vínculos familiares é extremamente importante , motivando assim o adolescente a sentir-se bem protegido e não reprimido , gestos e ações concretas de afetividade (beijos , abraços , afagos) assim como a formação habitual de bom vocabulário ( bom dia,boa noite , te amo ,obrigado etc. ) sempre manterá os adolescentes
    Socialização – já na infância e pré adolescência o encaminhar dos filhos a círculos sociais de bons costumes , na grande maioria das vezes fará que por si só , o mesmo se perpetue gradativamente , assim com a apresentação de atividades esportivas sempre lembrando da necessidade primordial e incentivadora da presença constantes nos dias de especiais .

  • Regras e Bons costumes

    Regras e Bons costumes

    Trocas: Permitir as trocas de informações - alguém já disse que “ ninguém é tão experiente que não possa aprender ou tão inexperiente que não possa ensinar” – com isso se desperta o senso de valorização e o real sentimento de que o adolescente se faz importante dentro do sistema familiar , incentivando assim sua permanecia no grupo , não havendo a necessidade de formar novo grupo com a desculpa de que o conflito de gerações o impede de gerir suas próprias idéias
    Ser genuíno e honesto - atitudes verdadeiras e galgadas de muita coerência , principalmente dos pais , aqueles aos quais , os adolescentes nutrem a idéia de serem seus super heróis , estimulara aos mesmos manter-se dentro dos mesmos princípios
    Rever situações - ainda que errados possamos por vezes ser e agir , rever os conceitos e demonstrar essa grandeza em refazer as ações fará sempre o adolescente entender que alem de reconhecer o erro e corrigi-lo não será em momento algum motivo de fraqueza ou diminuição pessoal

  • Firmeza com amor – algumas atitudes , geralmente por dó ou propriamente omissão , fazem sempre que os adolescentes achem comum praticar e permanecer nas atitudes erradas , portanto sempre devera ser cobrado com firmeza , mas em tom sereno e sem demonstrações de agressividade sempre na tentativa de educar e não reprimir , ou então de criar um vinculo de respeito e não de medo com seus pais
    Combinação - partindo se sempre do jargão de que “ o que é combinado não é caro ” compromissos agendados com adolescentes e deles para conosco devera ser regularmente cumprido , não se usando os compromissos como moeda de troca , mas como atividades desenvolvedoras e estimuladoras da responsabilidade com o grupo em que se participa
    Ler os sinais - estar sempre atentos a eventuais sinais de afastamento dos princípios estabelecidos pela família ou circulo social pode ser extremamente importante para prevenir e antecipar uma situação mais grave e de dimensões mais constrangedoras
    Limites – sabendo se das dificuldades que todo adolescente passara na construção de seu caráter , deixar bem claro haver limitações em todos os aspectos , poderá auxiliá-lo e muito em construir barreiras saudáveis a sua conduta , limitando-o a chegar ao limite do possível real e não do imaginável , concorrendo assim para uma boa relação com o sentimento de perda

  • Estimuladores da Ambivalência

    Estimuladores da Ambivalência

    Processo de crescimento
    Identidade infantil X Identidade adolescente
    Moratória Social
    Maturação Intelectual
    Maturação Sexual

  • Fatores importantes a serem estimulados e respeitados

    Fatores importantes a serem estimulados e respeitados

    Relações com o outro
    Relações com mundo
    As pressões internas e externas
    As defesas
    Nem acelerar, nem deter

  • PRINCIPAIS FATORES NO USO DE DROGAS Segundo a OMS

    PRINCIPAIS FATORES NO USO DE DROGAS Segundo a OMS

    * Sem adequadas informações sobre os efeitos das drogas – se procurarmos hoje informações mais precisas sobre drogas e seus efeitos, acharemos uma infinidade de estudos na sua grande maioria com termos científicos e pouco didáticos aos olhos e vontades dos nossos adolescentes que na grande maioria dos verá como chatices e teorias de pouca valia ,o que embora saibamos não ser podemos até entender diante de tanta mistificação no tangente a DROGAS . Portanto Pais e Educadores bem esclarecidos e antenados com palavras e conversas mais próprias para o entendimento do adolescente poderá com mais eficácia esclarecer aquilo que se não for feito certamente despertara o desejo de ser descoberto na pratica
    Insatisfeitos com sua qualidade de vida – infelizmente com a crescente qualidade de vida baseada no consumismo e no materialismo , nota-se também a cada dia uma crescente idéia nos adolescentes que roupas e calçados de marcas , carros , e aparelhos tecnológicos são sinais de Status e garantira aos mesmos boa colocação no circulo social , e a impossibilidade de se enquadrar nos padrões atuais de posses e a falsa idéia que traficantes possuem o que querem acaba induzindo a adolescência a buscar neste triste caminho a falsa felicidade e estímulos ao ego

  • com fácil acesso as drogas – é grande a procura e maior ainda a oferta , sendo inclusive por vezes dentro do próprio circulo familiar estimulado o uso. Embora não nos preocupe e sempre não colocamos em análise , a grande maioria dos adolescentes aprendem no próprio seio familiar alguns hábitos pouco favoráveis . Ex : a auto medicação , festas regadas a muita bebida alcoólica , a molhadinha na chupeta das crianças para não passar vontade etc. . Atitudes como estas , na grande maioria das vezes desperta no adolescente o sentimento de normalidade nestas questões . Crescem achando normal que as festas sejam regadas de muitas bebidas , e vendo que muitos dos participantes saem alcoolizados mas “ CIENTE DO QUE FAZEM ” dando a falsa sensação que tudo é normal
    * auto afirmação – na intenção de se enquadrar e encaixar em determinados grupos , e demonstrar liderança e segurança aos demais componentes por vezes alguns adolescentes se vêem praticando atitudes pouco favoráveis a sua boa vivencia . Na grande maioria das vezes chantageados e estimulados A FAZER USO como prova de sua masculinidade e provar sua autonomia acabam sucumbindo aos e concluindo erradamente que é a ação correta a ser praticada


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 40,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Aspectos Psicológicos Adolescência e Drogas
  • Adolescência e Drogas
  • Aspectos Psicológicos
  • Entendendo !!!!
  • Atitudes de prevenção familiar
  • Regras e Bons costumes
  • Estimuladores da Ambivalência
  • Fatores importantes a serem estimulados e respeitados
  • PRINCIPAIS FATORES NO USO DE DROGAS Segundo a OMS
  • OUTROS FATORES
  • *Influência dos amigos- sempre que nos vemos em meio a grupos e por sermos infelizmente tendenciosos ao agir conforme os mesmos nos deparamos mesmo que inconscientemente sendo influenciados pelos ,*Sentimentos negativos- é incrível como nós, seres humanos fragilizados pelos problemas diários nos deixamos levar por sentimentos negativos , deixando sempre tais situações nos abalar a ponto de alimentarmos um negativismo doentio que nos impede de ver a realidade e encarar os problemas com mais maturidade *Poder- é peculiar aos humanos deixar se envolver pelo status e poder , e na grande parcela da humanidade ser indiscutivelmente motivo para sustentar a vaidade e orgulho ,
  • *Liberdade - A CONSTANTE LUTA ENTRE AS GERAÇOES , E ETERNAS INTRIGAS EXISTENTES ENTRE PAIS E FILHOS NA BUSCA DA TAO SONHADA LIBERDADE POR VEZES ACABAM DANDO RESULTADO, E DE POSSE DE UMA LIBERDADE EXTREMA E NÃO VIGIADA ,MUITOS JOVENS SE MANIFESTAM EXTREMAMENTE ICONCIENTES E IMATUROS PARA A VIVENCIA LONGE DE PROBLEMAS E RISCOS , ENTRE ELES A EXPERIMENTAÇAO DE DROGAS *vulnerabilidade – TRATADO COMO PROBLEMA SOCIALA SER SOLUCIONADO , MUITAS FAMILIAS USAM COMO JUSTIFICATIVA NA FALTA DE DIALOGO E A FULGA DAS RESPONSABILIDADES , DEIXANDO A ADOLESCENCIA SEM ENSINAMENTOS E RESPOSTAS A DETERMINANTES QUESTIONAMENTOS CERCA DE SUA EXISTENCIA , ACARRETANDO MUITAS VEZES A NECESSIDADE DE SE BUSCAR SOZINHO SEUS CONHECIMENTOS E POR VEZES INCLUSIVE SUA SUBSISTENCIA ALIMENTAR E FINANCEIRA , DEIXANDO DELADO A FAMILIA , ESCOLA , E SUA RELIGIOSIDADE *Falta de heróis – COM A CRESCENTE DEMANDA DE ALCOOLISTAS E DROGADEPENDENTES, COM A BANALIZAÇAO DA INSTITUIÇAO FAMILIA , COM A ENORME IMPORTANCIA DADA AO CONSUMISMO , NOSSOS ADOLESCENTES , ALVOS MAIORES DA DEPENDENCIA , NÃO ENCONTRAM MAIS A REFERENCIA LUDICA DE HEROI ENCONTRADA NOS PAIS E MAES . BUSCANDO EM SI MESMO A FORMAÇAO DE HEROIS DETURPADOS E COM PRINCIPIOS CONTRARIOS AODEOUTRORA . O QUE ONTEM ERA O MOCINHO HOJE É O BANDIDO
  • ASPECTOS PSICOLÓGICOS JÁ NA FAZE DE DEPENDENCIA
  • Doenças relacionadas
  • SIGNIFICADO DO USO DA DROGA
  • TIPOS BÁSICOS DE USUÁRIOS
  • COMPORTAMENTO NA DEPENDÊNCIA
  • SINTOMAS OBSERVADOS NO DEPENDENTE QUÍMICO
  • VALORES RELACIONAIS QUE ADOECEM
  • ÉTICA
  • Disciplina
  • Gratidão
  • Religiosidade
  • Humanidade
  • Cidadania
  • Alguns mitos sobre drogas
  • CONCLUSAO
  • F I M – T H E E N D