Curso Online de Bioquímica

Curso Online de Bioquímica

Curso de bioquímica básica e avançada para estudantes do ensino médio e superior.

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 39 horas

Por: R$ 50,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Curso de bioquímica básica e avançada para estudantes do ensino médio e superior.


  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • Bioquímica Profª: Bruna Ribeiro da Silva

  • Apresentação do curso:

    Apresentação do curso:

    Ensinar uma bioquímica descomplicada, destinado a alunos do ensino médio e faculdades;
    Bioquímica básica (água, lipídios) e bioquímica avançada (metabolismos)
    Termos usados durante o curso:
    aa = aminoácidos
    ATP = adenosina trifosato
    Dúvidas podem entrar em contato comigo pelo e-mail:
    brunaribeiro731@yahoo.com.br
    Bons estudos!

  • Água

  • ÁGUA

    ÁGUA

    componente químico mais abundante na superfície terrestre
    vida originou-se, evoluiu e desenvolveu-se nos oceanos → dependência da água
    60-70% peso organismo = água
    estruturas e funções celulares: adaptadas as propriedades físico-químicas da água
    água:
    não é solvente universal !!!!
    solubiliza grande número de substâncias
    H2O: quimicamente estável, mas com propriedades incomuns que fazem dela um bom solvente.

  • PROPRIEDADES DA ÁGUA

    PROPRIEDADES DA ÁGUA

    Molécula de H2O: ESTRUTURA

    Molécula de H2O: é polar
    DIPOLO ELÉTRICO NÃO-CARREGADO
    O: átomo muito eletronegativo
    H: átomo pouco eletronegativo
    Eletronegatividade: afinidade por elétrons

    O

    H

    H

  • DIPOLO ELÉTRICO NÃO-CARREGADO

    DIPOLO ELÉTRICO NÃO-CARREGADO

    O

    H

    H

    d+2

    d-2

    Pólo negativo

    Pólo positivo

  • PONTES DE HIDROGÊNIO

    PONTES DE HIDROGÊNIO

    Definição: ligação não-covalente que se forma entre dois átomos eletronegativos (O ou N) onde um deles está ligado covalentemente a um átomo de H (doador).

    São ligações fracas que podem ser rompidas e refeitas facilmente → grande importância biológica

  • PONTES DE HIDROGÊNIO

    PONTES DE HIDROGÊNIO

    Pontes de hidrogênio entre moléculas de água dão força coesiva que faz a água líquida à temperatura ambiente e sólida à baixas temperaturas.

  • PONTES DE HIDROGÊNIO

    PONTES DE HIDROGÊNIO

    Cada molécula de H2O pode fazer no máximo 4 pontes de H com outras moléculas de H2O ao mesmo tempo

  • PONTES DE HIDROGÊNIO

    PONTES DE HIDROGÊNIO

    H2O no estado sólido (gelo): 4 ptes H/H2O

    H2O no estado líquido: 3,4 ptes H/H2O

    H2O no estado gasoso: 1-2 ptes H/H2O

  • SOLUBILIDADE EM H2O

    SOLUBILIDADE EM H2O

    H2O: é melhor solvente que a maioria dos líquidos, mas não é solvente universal

    H2O: pode realizar com outras substâncias pontes de hidrogênio e interação eletrostática

    Dissolver = “envolver” uma substância com moléculas de água

    SEMELHANTE DISSOLVE SEMELHANTE

    substância podem ser classificadas em:
    hidrofílicas: solúveis em água
    hidrofóbicas: insolúveis em água
    anfifílicas ou anfipáticas: a substância apresenta parte da molécula hidrofóbica e parte hidrofílica


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 50,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Apresentação do curso:
  • ÁGUA
  • PROPRIEDADES DA ÁGUA
  • DIPOLO ELÉTRICO NÃO-CARREGADO
  • PONTES DE HIDROGÊNIO
  • SOLUBILIDADE EM H2O
  • SUBSTÂNCIAS HIDROFÍLICAS
  • SUBSTÂNCIAS HIDROFÓBICAS
  • SUBSTÂNCIAS ANFIFÍLICAS
  • COMPORTAMENTO DE ANFIFÍLICOS EM H2O
  • EMULSIFICAÇÃO
  • DISSOCIAÇÃO DA MOLÉCULA DE H2O
  • pH: potencial hidrogênio-iônico
  • ESCALA DE pH
  • REAÇÕES QUÍMICAS REVERSÍVEIS
  • CONCEITOS DE ÁCIDO E BASE
  • EFEITO TAMPÃO
  • RELAÇÃO ENTRE pH e pK
  • Equação de Henderson-Hasselbalch
  • EFEITO TAMPÃO
  • CURVAS DE TITULAÇÃO
  • TAMPÕES BIOLÓGICOS
  • TAMPÃO FOSFATO
  • TAMPÃO BICARBONATO
  • ACIDOSE RESPIRATÓRIA
  • ALCALOSE RESPIRATÓRIA
  • ACIDOSE METABÓLICA
  • ALCALOSE METABÓLICA
  • CARBOIDRATOS
  • MONOSSACARÍDEOS
  • ISOMERIA ÓPTICA
  • a-D-HEXOSES IMPORTANTES
  • DISSACARÍDEOS
  • CLASSIFICAÇÃO COMUM DOS CARBOIDRATOS
  • POLISSACARÍDEOS
  • CUIDADO COM PROPAGANDAS
  • LIPÍDEOS
  • ÁCIDOS GRAXOS (AG)
  • TRIACILGLICEROL (TAG)
  • TRIACILGLICEROL
  • RANCIFICAÇÃO E SAPONIFICAÇÃO
  • GLICEROFOSFOLIPÍDEOS (FOSFOLIPÍDEOS)
  • ESFINGOLIPÍDEOS
  • CERAS
  • ESTERÓIDES
  • COLESTEROL
  • animação
  • SÍNTESE DO COLESTEROL
  • CATABOLISMO DO COLESTEROL
  • LIPÍDEOS NA DIETA
  • TRANSPORTE DE LIPÍDEOS NO SANGUE
  • LIPOPROTEÍNAS
  • COMPOSIÇÃO DAS LIPOPROTEÍNAS
  • LIPOPROTEÍNAS
  • TAMANHO RELATIVO DAS LIPOPROTEÍNAS
  • METABOLISMO DAS LIPOPROTEÍNAS
  • LDL = “colesterol ruim” HDL = “bom colesterol”
  • ÁCIDOS GRAXOS ÔMEGA (w)
  • AMINOÁCIDOS
  • ESTRUTURA GERAL (pH fisiológico)
  • CLASSIFICAÇÃO DOS AMINOÁCIDOS
  • ATIVIDADE ÓPTICA DOS AMINOÁCIDOS
  • L- AMINOÁCIDOS
  • LIGAÇÃO PEPTÍDICA
  • Ligação Peptídica
  • Oligopeptídeo
  • AMINOÁCIDOS COMO ÁCIDOS OU BASES
  • TITULAÇÃO DE AMINOÁCIDOS
  • TITULAÇÃO DE AMINOÁCIDOS COM CADEIA LATERAL
  • PONTO ISOELÉTRICO (pI)
  • AAs NÃO CONSTITUEM TAMPÕES BIOLÓGICOS IMPORTANTES
  • Enzimas
  • REAÇÕES DE OXIDAÇÃO BIOLÓGICAS
  • CARREADORES UNIVERSAIS DE ELÉTRONS (coenzimas)
  • CARREADORES UNIVERSAIS DE ELÉTRONS
  • METABOLISMO
  • GLICÓLISE (Via Glicolítica)
  • GLICOGENÓLISE E GLICOGÊNESE
  • GLICOGENÓLISE
  • Metabolismo do Glicogênio
  • GLICONEOGÊNESE
  • CAPTAÇÃO DE GLICOSE GLUTs
  • GLUTs
  • Captação de glicose x insulina
  • REGULAÇÃO DA GLICÓLISE
  • APÓS PERÍODO ABSORTIVO
  • PERÍODO PÓS-PRANDIAL
  • Regulação desvio das pentoses
  • Glicemia ao longo do dia
  • Cinco Fases da Homeostase da Glicose em Humanos
  • GLICÓLISE AERÓBICA: disponibilidade de O2
  • ACOPLAMENTO DO TRANSPORTE DE ELÉTRONS À SÍNTESE DE ATP: controle respiratório
  • INIBIDORES DA CADEIA DE TRANSPORTE DE ELÉTRONS
  • DESACOPLADORES DA CADEIA DE TRANSPORTE DE ELÉTRONS E FOSFORILAÇÃO OXIDATIVA
  • DESACOPLADORES
  • DESACOPLADORES: DNP = dinitrofenol
  • OXIDAÇÃO DO NADH CITOSSÓLICO SOB CONDIÇÕES AERÓBICAS
  • LANÇADEIRA MALATO-ASPARTATO
  • METABOLISMO DE LIPÍDEOS
  • METABOLISMO DOS LIPÍDEOS
  • Ação das Lipases
  • Metabolismo dos Lipídios
  • Mobilização de ácidos graxos a partir do tecido adiposo
  • Lipólise
  • Deposição e síntese de TAGs
  • METABOLISMO DE AMINOÁCIDOS
  • Proteínas como substrato energético
  • Erros metabólicos no ciclo da Uréia
  • Integração Metabólica
  • Metabolismo Tecidual
  • Estados Metabólicos
  • Hormônios de ação rápida que interferem no metabolismo
  • ESTADO ABSORTIVO
  • ESTADO PÓS-ABSORTIVO
  • ESTADO de JEJUM
  • ESTADO de JEJUM CURTO
  • ESTADO de JEJUM INTENSO
  • ESTADO INANIÇÃO
  • DIABETES
  • EXERCÍCIO FÍSICO
  • Combustíveis utilizados pelo músculo esquelético
  • Creatina-fosfato
  • Combustíveis utilizados pelo músculo esquelético em exercício
  • O controle das vias metabólicas varia de instante a instante, dependendo da presença de sinais:
  • Fonte de energia para diferentes tecidos
  • Como ocorre a escolha do substrato ?
  • Alimentação (dieta)
  • Dieta rica em proteínas
  • Dieta rica em lipídios
  • Dieta rica em carboidratos
  • Fases de manutenção da glicemia