Curso Online de Violência Contra Crianças e Adolescentes
5 estrelas 1 aluno avaliou

Curso Online de Violência Contra Crianças e Adolescentes

Esse curso traz uma trajetória histporia e os principais marcos na Defesa dos Direitos Humanos da Criança e do Adolescente, conceitos de ...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 3 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Esse curso traz uma trajetória histporia e os principais marcos na Defesa dos Direitos Humanos da Criança e do Adolescente, conceitos de violência e sinais de Identificação da Violência. Uma questão que aborda é trazer os instrumentos legais que norteiam a defesa dos direitos da criança e do adolescente.

endereço de acesso ao currículo : http://lattes.cnpq.br/5550602617622580


- Patricia Camargo Palma

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • Constituição Federal de 1988

    constituição federal de 1988

    artº227 “ é dever da família, da sociedade e do estado assegurar a criança e ao adolescente, com absoluta prioridade, o direito à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao lazer, à profissionalização, à cultura, ao respeito, à liberdade, à convivência familiar e comunitária, além de colocá-lo a salvo de toda forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão.
    parágrafo 4º: a lei punira severamente o abuso, a violência e a exploração sexual da criança e do adolescente”

  • existe em seu município políticas públicas que visem o desenvolvimento social das crianças e dos adolescentes?
    socialize.

    existe políticas, programas ou projetos que visem a prevenção da violência?

  • VIOLÊNCIA : ASPECTOS HISTÓRICOS

    violência : aspectos históricos

    1980-1984:
    mobilização nacional das entidades de atendimento a crianças e adolescentes meninos e meninas de rua.
    1985-1990:
    movimento nacional de meninos e meninas de rua, criação de entidades de atenção a maus-tratos na infância; inclusão dos direitos da criança e do adolescente na constituição

  • 1991-1993:
    criação do conanda, criação de comissão de inquérito da prostituição infantil;
    1994-1996:
    várias organizações de defesa dos direitos da criança e do adolescente, vários seminários;

  • O QUE É VIOLÊNCIA?

    o que é violência?

    é “ todo ato ou omissão praticado por pais, parentes ou responsáveis contra criança e adolescente que, sendo capaz de causar à vitima dor ou dano de natureza física, sexual ou psicológica, implica, de um lado, uma transgressão do poder/dever de proteção do adulto. de outro leva a coisificação da infância, isto é, a uma negação de seus direitos que crianças e adolescentes têm de ser tratados como sujeitos e pessoas em condição peculiar de desenvolvimento” ( azevedo e guerra, 1998).

  • “todo ato ou jogo sexual, numa relação heterossexual ou homossexual entre um ou mais adultos e uma criança menor de 18 anos, tendo por finalidade estimular sexualmente a criança ou utilizá-la para obter uma estimulação sexual sobre sua pessoa ou de outra pessoa.”

    (azevedo e guerra, 2000)

  • TIPOS DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

    tipos de violência doméstica

    violência física: uso da força física, deixando ou não marcas de evidentes. exemplo de violência física:
    tapas,
    empurrões,
    socos,
    chutes,
    cortes,
    queimaduras,
    tentativas de forças,
    estrangulamento
    entre outras formas de agressão

  • violência psicológica: ocorres relações agressivas mediante o uso de palavras ou ações que ameaçam ou deixa a pessoa constrangida, humilhada, culpam, discriminam, insultam, rejeitam entre outros.

  • violência sexual: quando uma pessoa usa a força e é induzida a manter contatos ou passar por situações que visam a satisfação sexual de outra pessoa. exemplos:
    carícias.
    exibicionismo.
    ato sexual sem ou compenetração.
    pornografia.
    exploração sexual.
    abuso sexual.

  • negligência: è a falta de cuidados de forma contínua pela pessoa responsável. quanto a higiene, a saúde, a alimentação, a educação e a proteção.

  • QUEM PODE SOFRER ESSES TIPOS DE VIOLÊNCIA?

    quem pode sofrer esses tipos de violência?

    qualquer pessoa pode sofrer esses tipos de violência.
    mas, há pessoas mais vulneráveis.
    crianças e adolescentes: pela própria idade. a violência sofrida prejudica o seu desenvolvimento integral, podendo deixar marcas profundas com séries consêquencias.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Constituição Federal de 1988
  • VIOLÊNCIA : ASPECTOS HISTÓRICOS
  • O QUE É VIOLÊNCIA?
  • TIPOS DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA
  • QUEM PODE SOFRER ESSES TIPOS DE VIOLÊNCIA?
  • IDENTIFICAÇÃO DOS SINAIS DE VIOLÊNCIA
  • Violência Psicológica
  • NEGLIGÊNCIA/ABANDONO
  • A PROTEÇÃO CONTRA A VIOLÊNCIA SÃO ASSEGURADOS PELA LEGISLAÇÃO:
  • MITOS E REALIDADES
  • PREVENIR DE QUE FORMA?
  • REFLEXÃO
  • REFERÊNCIAS