Curso Online de A PRESENÇA ITALIANA NO SUL DO BRASIL

Curso Online de A PRESENÇA ITALIANA NO SUL DO BRASIL

Este curso tem como objetivo mostrar o contexto histórico da imigração italiana ao sul do Brasil, as principais colonias, as causas da im...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 3 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Este curso tem como objetivo mostrar o contexto histórico da imigração italiana ao sul do Brasil, as principais colonias, as causas da imigração bem como as principais caracteristicas da cultura italiana.

Graduanda no curso de Geografia pela Universidade Federal de Santa Maria. Membro do Grupo de Pesquisa em Extensão e Território-GPET.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • A PRESENÇA ITALIANA NO SUL DO BRASIL

    a presença italiana no sul do brasil

  • CONTEXTO HISTÓRICO

    a unificação italiana foi um dos principais fatores para que a grande leva de italianos que aportaram neste continente;
    século xix: desenvolvimento industrial do norte da itália gera transformações sociais e econômicas;
    a unificação italiana ocorreu apenas alguns anos antes da grande imigração ;
    déc. de 60, séc xix: a pressão das alfândegas regionais, a oferta de produtos industriais a preços reduzidos e o desenvolvimento das comunicações destrói a produção artesanal, atingindo os pequenos agricultores;

    contexto histórico

  • disparidade econômica: norte se industrializou mais cedo, e o sul, predominantemente agrícola agrava o quadro econômico do país;
    a unificação política e aduaneira impulsionou a industrialização, intensificada no período de 1880-1890;
    crise na itália no final do século xix: atinge 1º o norte;
    problemas deixados pela unificação italiana: economia debilitada, associada a problemas de alta taxa demográfica e desempregos;
    a emigração era a única saída em face ao desemprego e a miséria;
    uma leva de imigrantes italianos aportou nos estados unidos, argentina, uruguai e especialmente no brasil;

  • O BRASIL COMO DESTINO

    séc xix: a grã-bretanha, superpotência da época, pressiona o brasil para acabar com o tráfico negreiro;
    a lei eusébio de queirós proíbe o tráfico negreiro em 1850: falta de mão-de-obra na cultura cafeeira;
    idéias abolicionistas: anunciavam o fim da escravidão;
    com a libertação dos escravos em 1888 desencadeou a falta de mão-de-obra nas lavouras quando os escravos libertos saíram das fazendas para as grandes cidades;
    no final do século xix e início do século xx, as idéias de darwinismo social e eugenia racial tiveram grande prestígio;

    o brasil como destino

  • os brasileiros passaram a
    ser considerados incapazes
    de desenvolver o país por
    serem, em sua grande maioria, 
    negros e mestiços;
    a política de imigração
    passou então a ser
    planejada;
    a imigração italiana para o
    brasil atingiu seu ápice no
    do século xix (1870-1920);
    ficou marcada por ter vindo,
    sobretudo, do norte da itália;

  • o brasil recebeu imigrantes das regiões setentrionais (os vênetos);
    atualmente 15,72% da população brasileira é de origem italiana;

  • A COLONIZAÇÃO ITALIANA NO SUL DO PAÍS

    os italianos primeiramente se instalaram no sul do brasil;
    em 1850, o país decreta a lei de terras;
    mais fácil acesso às terras naquela região;
    em 1872, italianos vindos das regiões de vêneto e trento, estabeleceram-se, como agricultores, nos atuais bairros de pilarzinho, água verde, umbará e santa felicidadena, região de curitiba;
    em 1875 foram criadas mais colônias em paranaguá, morretes e antonina, na serra do mar, no paraná, e nas atuais cidades de garibaldi e bento gonçalves na serra gaúcha, no rio grande do sul.

    a colonização italiana no sul do país

  • Rio Grande do Sul

    os primeiros imigrantes italianos
    chegaram há pouco mais de cem anos;
    cultivaram campos, criaram gado,
    construíram fábricas;
    os colonos italianos foram atraídos
    para a região na encosta da serra
    gaúcha;
    na região foram criadas as primeiras
    três colônias italianas: conde d’eu,
    dona isabel e campo dos
    bugres, atualmente as cidades de
    garibaldi, bento gonçalves e 
    caxias do sul;
    a base da economia na região
    italiana do rio grande foi a vinicultura;

    rio grande do sul

  • no centro do estado foi criada a quarta colônia de imigração italiana (silveira martins, ivorá, nova palma, faxinal do soturno, dona francisca e são joão do polêsine;
    estima-se que imigraram para o rio grande 100 mil italianos, entre 1875 e 1910. em 1900, já viviam no estado 300 mil italianos e descendentes;
    atualmente, vivem no rio grande do sul três milhões de italianos e descendentes, representando cerca de 30% da população do estado.;

  • Santa Catarina

    os primeiros imigrantes italianos chegaram ao estado de santa catarina em 1836;
    os primeiros imigrantes chegaram em número reduzido e pouco influenciaram na demografia do estado;
    uma quantidade maior de imigrantes chegaram a partir de 1875;
    os imigrantes se dedicaram principalmente à agricultura e à indústria de carvão;
    a partir de 1910, milhares de gaúchos migraram para santa catarina, entre eles, milhares de descendentes de italianos;
    atualmente, vivem em santa catarina três milhões de italianos e descendentes, representando cerca da metade da população catarinense;

    santa catarina

  • Paraná

    em 1900, viviam no estado mais de trinta mil italianos;
    no início, a maior parte dos imigrantes trabalhou como colonos autônomos;
    as maiores colônias prosperaram na região metropolitana de curitiba;
    a influência italiana se faz presente em todas as regiões do estado;
    atualmente, representam cerca de 40% da população do estado;

    paraná


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • A PRESENÇA ITALIANA NO SUL DO BRASIL
  • CONTEXTO HISTÓRICO
  • O BRASIL COMO DESTINO
  • A COLONIZAÇÃO ITALIANA NO SUL DO PAÍS
  • Rio Grande do Sul
  • Santa Catarina
  • Paraná
  • NÚCLEOS DE COLONIZAÇÃO
  • CONTRIBUIÇÕES DA CULTURA ITALIANA
  • Língua
  • Arquitetura
  • Religiosidade
  • Modo de vida
  • Culinária
  • Pratos típicas
  • Vestimentas
  • Festas, danças e músicas
  • Danças
  • Música