Curso Online de História dos Processos de Identificação Humana

Curso Online de História dos Processos de Identificação Humana

Este curso apresenta alguns processos de identificação humana vivenciados na história, atualmente as equipes de Antropologia Forense muit...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 15 horas

Por: R$ 23,90
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Este curso apresenta alguns processos de identificação humana vivenciados na história, atualmente as equipes de Antropologia Forense muitas vezes necessitam dos conhecimentos e habilidades, baseados nos fundamentos da papiloscopia, da odontologia legal, da medicina legal e da genética forense (DNA), em especial para fins de identificação humana, voltados tanto para a área criminal como para a área cível. Aproveitem o conteúdo deste curso e bons estudos!

Engenheiro Civil, graduado na Universidade Federal do Ceará (UFC) no ano de 2005, com pós-graduação Lato Sensu no Curso de Gestão e Direito de Trânsito na FALC, curso de extensão universitária em Meio Ambiente, curso de extensão universitária em Higiene e Segurança do Trabalho, curso de extensão em CAD, curso de extensão em orçamentos públicos e planejamento estratégico e vários outros curso na área da tecnologia, tendo experiência em gerenciamento e planejamento estratégico de obras de engenharia civil de alta complexidade técnica de segurança em trabalhos em altura e em projetos de arquitetura, cálculo estrutural, instalações hidro-sanitárias. Experiência voltada na elaboração de orçamentos, laudos técnicos, inspeções prediais, avaliações de imóveis e perícias na área da engenharia civil.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • “Seja bem vindo(a) no Curso online de História dos Processos de Identificação Humana, aqui você terá acesso a muito conhecimento relacionados à esta magnífica área de atuação, de maneira bem interativa e didática. “

  • Para iniciar o curso: Lembre-se que você para acessar os cursos online você deverá clicar em acessar o curso, após ter feito o login neste link (Ambiente de Aprendizagem online), e visualizar o conteúdo do curso na janela que irá abrir, clique em avançar sempre que terminar a leitura das páginas. Observe a presença de vídeos e de materiais complementares que estão disponíveis.

    Dicas de como concluir e acessar o curso:

    Manual do Aluno

  • Dicas de como concluir e acessar o curso:
    Para navegar você pode clicar nos botões de navegação, clicar sobre o slide desejado, ou ainda, clicar no número da próxima página, localizada ao lado esquerdo do player. Sugerimos experimentar todos os botões para assimilar as funcionalidades dos mesmos. Caso o curso possua vídeos, aguarde o carregamento do vídeo em outro site e clique em Play quando carregado. Guarde sua senha do Buzzero.com e do e-mail para não perder o acesso.

    Manual do Aluno

  • Dicas de como concluir e acessar o curso:
    Para navegar você pode clicar nos botões de navegação, clicar sobre o slide desejado, ou ainda, clicar no número da próxima página, localizada ao lado esquerdo do player. Sugerimos experimentar todos os botões para assimilar as funcionalidades dos mesmos. Caso o curso possua vídeos, aguarde o carregamento do vídeo em outro site e clique em Play quando carregado. Guarde sua senha do Buzzero.com e do e-mail para não perder o acesso.

    Manual do Aluno

  • Dicas de como concluir e acessar o curso:

    Se as página não abrirem naturalmente, tente baixar o Adobe Flash Player atualizado em: http://get.adobe.com/br/flashplayer/
    O site do Adobe ensinará a baixar e a instalar o programa, feche todos os programas antes de baixar e clique em download, e depois volte no curso. Caso o curso não abra, então baixe o Netscape Navigator e instale no seu PC. Se os materiais complementares do curso não abrirem, então baixe o programa em: http://get.adobe.com/br/reader/. E bons estudos!

    Manual do Aluno

  • Autor: Ronaldo M. Fernandes

    Curso de História dos
    Processos de
    Identificação Humana

  • Este curso apresenta algums processos de identificação vivenciados na história, atualmentes as equipes de Antropologia Forense muitas vezes necessitam dos conhecimentos e habilidades, baseados noss fundamentos da papiloscopia, da odontologia legal, da medicina legal e da genética forense (DNA), em especial para fins de identificação humana, voltados tanto para a área criminal como para a área cível. Aproveitem o conteúdo deste curso e bons estudos!

    Este curso apresenta algums processos de identificação vivenciados na história, atualmentes as equipes de Antropologia Forense muitas vezes necessitam dos conhecimentos e habilidades, baseados noss fundamentos da papiloscopia, da odontologia legal, da medicina legal e da genética forense (DNA), em especial para fins de identificação humana, voltados tanto para a área criminal como para a área cível. Aproveitem o conteúdo deste curso e bons estudos!

    Ementa do Curso

  • APRESENTAÇÃO

    APRESENTAÇÃO

    Estabelecer a identidade de uma pessoa incontestavelmente tem sido desde os tempos remotos uma meta incansável.
    Para Federico Olóriz Aguilera “a identificação é o ato mais freqüente e elementar da vida social”. Usamos todos os nossos sentidos, a visão, o olfato, a audição, o tato e o paladar, constantemente no processo de identificação, seja ele com pessoas ou coisas.

    Federico Olóriz Aguilera

  • APRESENTAÇÃO

    APRESENTAÇÃO

    Porém, quando nos deparamos com a necessidade específica de imputarmos uma responsabilidade a uma pessoa, e este é o objetivo da Polícia Científica, o termo “identificação” precisa ser diferenciado de “reconhecimento”.
    Ao atendermos um telefone, procuramos imediatamente reconhecer de quem é a voz do outro lado. Quando pretendemos comer algo, fazemos um reconhecimento do alimento utilizando praticamente todos os sentidos, talvez exceto a audição, para termos certeza de que ele nos seja prazeroso. É claro que alguns sentidos são mais utilizados do que outros, fato este que determinará inclusive o comportamento e a forma como cada pessoa irá se relacionar com o seu ambiente.

  • APRESENTAÇÃO

    APRESENTAÇÃO

    Portanto, no sentido estrito que queremos dar ao termo “identificação”, é preciso que fique claro que ele nos levará à obrigação de estabelecermos uma identidade inequívoca, enquanto que o “reconhecimento” nos traz apenas a idéia de comparação, sem o pressuposto da punição no caso de uma ambigüidade.
    Consequentemente, não basta que as coisas sejam “semelhantes” ou “parecidas”, é obrigatório que sejam “iguais” ou “idênticas”. Uma testemunha reconhecerá um suspeito como semelhante ao que estava no local do crime, mas caberá à Polícia Científica o ônus da afirmativa de que aquela pessoa é idêntica ou não à que estava na cena do crime, a responsável pelo delito.

  • APRESENTAÇÃO

    APRESENTAÇÃO

    Para este procedimento de identificação é fundamental que haja um método capaz de estabelecer uma relação unívoca entre os elementos em questão, criando um conjunto de caracteres próprios que possam diferenciar pessoas ou coisas entre si. Afinal, mais do que apenas reconhecer uma pessoa, é preciso individualizá-la, estabelecendo uma identidade.
    Historicamente (Instituto Nacional de Identificação/Departamento de Polícia Federal, 1987, 8-14) vários foram os métodos utilizados nesta tentativa de promover a identificação.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,90
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • 1 - Apresentação
  • 2 - Primeiros Processos
  • 3 - Processo Ferrete
  • 4 - Mutilação
  • 5 - Tatuagem
  • 6 - Fotografia
  • 7 - Partes do Corpo
  • 8 - Arcada Dentária
  • 9 - Cromotografia do odor
  • 10 - Antropometria
  • 11 - Papiloscopia
  • 12 - Dermatoglifia
  • 13 - Quiroscopia
  • 14 - Podoscopia
  • 15 - Método Odontológico
  • 16 - DNA Forense
  • 17 - Reconhecimento de Íris
  • 18 - Bibliografia e Referências Consultadas