Curso Online de Fracasso Escolar

Curso Online de Fracasso Escolar

Entender os diferentes fatores que produzem o Fracasso Escolar, muito além do aluno.

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 5 horas

De: R$ 50,00 Por: R$ 35,00
(Pagamento único)

Mais de 0 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Entender os diferentes fatores que produzem o Fracasso Escolar, muito além do aluno.

Psicólogo e Professor Universitário com 32 anos de experiência profissional; Supervisor de "Processos Educativos" - UBC; Mestre em Psicologia da Educação pela PUC/SP; Doutorando em Saúde Coletiva - UNIFESP; Aperfeiçoamento clínico pelo Harlen's Alchool & Drugs Rehabilitation Center/NYC/US; Membro do Centro Britânico de Prevenção e Combate às vítimas de bullying, Horogate, Reino Unido; Formação clínica e pedagógica com Carl R. Rogers.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • Fracasso Escolar

    De quem é a culpa?

  • “Educação brasileira fica entre os 65 piores em ranking global”

    “Educação: Brasil aparece em penúltimo no ranking mundial”

    “Ranking de Educação: Brasil se distancia cada vez mais da média mundial”

    “No Brasil, 8.5 milhões de alunos estão atrasados duas séries na escola”

    MANCHETES DE ALGUNS JORNAIS BRASILEIROS EM 2016

    Brasil é 60º de 76 países em ranking de Educação

  • Após muitos anos de atuação em algumas instituições de ensino, foi possível acompanhar inúmeros jovens que fracassaram em seus percursos acadêmicos dentro de
    uma lógica imperativa e quase intransponível:
    sua própria responsabilidade.
     
    Toda escola é perfeita, todos os métodos são adequados, todo professorado é experiente e infalível. Assim, culpabiliza-se sempre e tão somente o aluno, nutrindo desta forma, o mais grave problema da escola na contemporaneidade.

  • Alguns dados da Educação Brasileira

    Alguns dados da Educação Brasileira

    2015

  • 1) Educação Infantil – Creche 2.540.791 2) Educação Infantil – Pré-escola 7.295.512 3) Fundamental 16.016.030 4) Fundamental II 29.702.498 5) Ensino Médio 8.376.852 6) EJA 3.906.877 7) Educação Especial (todas as etapas) 820.433 TOTAL 68.658.993

    1) Educação Infantil – Creche 2.540.791 2) Educação Infantil – Pré-escola 7.295.512 3) Fundamental 16.016.030 4) Fundamental II 29.702.498 5) Ensino Médio 8.376.852 6) EJA 3.906.877 7) Educação Especial (todas as etapas) 820.433 TOTAL 68.658.993

    Fonte: INEP – Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira
    Autarquia ligada ao MEC
    Censo da Educação Básica: 2012 – Brasília. ISBN: 978-85-7863-023-2

    CENSO ESCOLAR DA EDUCAÇÃO BÁSICA - 2015

  • 200 mil estabelecimentos de ensino 68.6 milhões de alunos 2 milhões de professores

    200 mil estabelecimentos de ensino
    68.6 milhões de alunos
    2 milhões de professores

  • 44% das escolas públicas não têm:

    44% das escolas públicas não têm:

    Água Encanada
    Sanitários
    Energia Elétrica
    Esgoto
    Cozinha

  • Apenas 1.200 escolas brasileiras têm infraestrutura ideal para o ensino:

    Apenas 1.200 escolas brasileiras têm infraestrutura ideal para o ensino:

    Lousa
    Apagador
    Livros
    Lápis
    Cadernos
    Carteiras
    Bebedouros

  • Alguns indicadores da Educação Brasileira

    Alguns indicadores da Educação Brasileira

    88º lugar na Educação mundial no ranking de 122 países.
    10º pior colocado em Leitura no ranking de 160 países.
    7º pior colocado em Matemática no ranking de 160 países.
    6º pior colocado em Ciências no ranking de 160 países.
    8ª maior nação com número de Analfabetos adultos.
    14.5 milhões de brasileiros não sabem ler e escrever.
    30.5 milhões de brasileiros são analfabetos funcionais.

  • Recursos para a Educação

    Recursos para a Educação

    6,1% do PIB – R$ 330 bilhões

    Mas são necessários R$ 450 bilhões (11%)

    O FUNDEB – Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação, contribui com
    R$ 117.5 bilhões

  • I – Níveis Explicativos do Fracasso Escolar II – Como professores, pedagogos, gestores, psicólogos se conectam com esta realidade? III – O processo de medicalização e o fracasso escolar. IV – Estudo de Caso

    I – Níveis Explicativos do Fracasso Escolar II – Como professores, pedagogos, gestores, psicólogos se conectam com esta realidade? III – O processo de medicalização e o fracasso escolar. IV – Estudo de Caso

    FRACASSO ESCOLAR
    Principais Vértices de Análise


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 35,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Alguns dados da Educação Brasileira
  • 1) Educação Infantil – Creche 2.540.791 2) Educação Infantil – Pré-escola 7.295.512 3) Fundamental 16.016.030 4) Fundamental II 29.702.498 5) Ensino Médio 8.376.852 6) EJA 3.906.877 7) Educação Especial (todas as etapas) 820.433 TOTAL 68.658.993
  • 200 mil estabelecimentos de ensino
  • 68.6 milhões de alunos
  • 2 milhões de professores
  • 44% das escolas públicas não têm:
  • Apenas 1.200 escolas brasileiras têm infraestrutura ideal para o ensino:
  • Alguns indicadores da Educação Brasileira
  • Recursos para a Educação
  • I – Níveis Explicativos do Fracasso Escolar II – Como professores, pedagogos, gestores, psicólogos se conectam com esta realidade? III – O processo de medicalização e o fracasso escolar. IV – Estudo de Caso
  • I – Níveis Explicativos do Fracasso Escolar
  • II – Como professores, coordenadores, orientadores, pedagogos, gestores, psicólogos se conectam com esta realidade?
  • III – O processo de medicalização e o fracasso escolar.
  • É a prática de entender algumas questões da vida – entre elas problemas escolares e comportamentais – como sendo demandas de saúde (biopoder) e não o uso de medicamentos. E sobretudo, transformar as “dores da vida” em doenças.
  • Desta forma, esses problemas de aprendizagem e comportamento são encaminhados aos profissionais da área da saúde para “tratamento” dessas questões como se fossem de origem neurológica, psiquiátrica, psicológica, disfuncional, viral, infecciosa, etc.
  • David Sergio Hornblas Psicologia & Desenvolvimento Humano