Curso Online de A EDUCAÇÃO INFANTIL E A BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR

Curso Online de A EDUCAÇÃO INFANTIL E A BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR

Com uma linguagem clara e de fácil compreensão discorreremos neste curso sobre os direitos de aprendizagem, os campos de experiências e o...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 6 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 24,90
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Com uma linguagem clara e de fácil compreensão discorreremos neste curso sobre os direitos de aprendizagem, os campos de experiências e os objetivos de aprendizagem e desenvolvimentos traçados na BNCC para a Educação Infantil e como o professor poderá apropriar-se desse conhecimento para desenvolver melhor a sua prática pedagógica.

Especialista em Psicopedagogia Clinica e Institucional. Especialista em Educação Especial ênfase em Atendimento Educacional Especializado - AEE. Especialista em Gestão Educacional. Licenciada em Pedagogia e Letras Português. Autora de Cursos na área de Educação. Com vasta experiência em alfabetização e coordenação pedagógica.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • EDUCAÇÃO INFANTIL E A BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR

    Profª. Esp. Rochelli Milanez

  • Introdução

    A Educação Infantil historicamente tem sido palco de mudanças que refletem claramente a noção de infância presente no contexto sociocultural brasileiro.
    A medida que a noção de infância, o conceito de infância e a maneira como a sociedade vê ou percebe as crianças vai sendo modificado, é modificado também a concepção de Educação Infantil.
    Inicialmente a Educação Infantil não tinha status de educação formal, pois não havia uma preocupação com a infância, não havia um conceito de criança como ser social em processo de formação.
    Porém à medida que surgem os debates a cerca da infância, da criança e seus necessidades, surgem também inquietações entre os pensadores da educação e vão desenhando-se neste contexto concepções de educação para as crianças pequenas, para as crianças da faixa etária de 0 a 6 anos.

  • Educação Infantil

    Até a década de 1980 a Educação Infantil era chamada de Pré- Escolar e este termo expressava um entendimento sobre esta etapa da Educação que incluía:
    Pensamento de que era uma etapa anterior a escolarização;
    Que a escolarização só começava no Ensino Fundamental;
    Estava fora da Educação Formal;
    Era uma etapa independente;
    Era a fase preparatória para a escolatização.

  • Em 1988 a Constituição Federal tornou a Educação Infantil dever do Estado, passando a delimitar a idade de 0 a 6 anos para o atendimento de crianças em creches e pré-escolas.
    Em 1996 a Educação Infantil passa a ser tratada pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação como parte integrante da Educação Básica, situando-se no mesmo patamar que o Ensino Fundamental e Ensino Médio.
    A partir de 2006 com a alteração da LDB Lei de Diretrizes e Bases da Educação fica estabelecido o atendimento de crianças na faixa etária de 0 a 5 anos na Educação infantil.

  • Embora seja direito da criança, a lei não estabelece obrigatoriedade da Educação Infantil como um todo, somente as crianças na faixa etária de 4 e 5 anos tem este direito assegurado pela lei.
    Através da Emenda Constitucional de nº 59/2009 fica instituída a obrigatoriedade de oferta da Educação Básica para crianças de 04 a 17 anos.
    No ano de 2013 a LDB passa a contemplar de forma plena a matrícula obrigatória de crianças de 04 e 05 anos em Instituições de Educação Infantil.

  • O que é a BNCC?

    A Base Nacional Comum Curricular BNCC - é obrigatória e está prevista na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional e no Plano Nacional da Educação.
    Os currículos de todas as redes públicas e particulares devem ter a BNCC como referencial.
    Ela determina os conhecimentos e as habilidades essenciais que todos os alunos e alunas têm o direito de aprender - ano a ano - durante toda sua vida escolar.

  • As principais mudanças ocorridas com a implementação da BNCC estão presentes nas políticas educacionais a seguir:
    elaboração dos currículos locais;
    formação inicial e continuada dos professores;
    material didático;
    avaliação;
    e apoio pedagógico aos alunos.

  • O documento completo que trata sobre a Base Nacional Comum Curricular BNCC - contém 470 páginas, no entanto, estaremos abordando neste curso apenas a parte que trata sobre a Educação Infantil.
    O texto na íntegra sobre a Educação Infantil, que nos serviu de base para a elaboração deste curso, encontra-se da página 31 à página 51 da BNCC.

  • Direitos de Aprendizagem

    Observando-se os Eixos Estruturantes da Educação Infantil (interações e brincadeiras) para que as crianças tenham condições de aprender e se desenvolver devem ser assegurados seis direitos:
    Conviver;
    Brincar;
    Participar;
    Explorar;
    Expressar;
    Conhecer-se.

  • Conviver

    “Conviver com outras crianças e adultos, em pequenos e grandes grupos, utilizando diferentes linguagens, ampliando o conhecimento de si e do outro, o respeito em relação à cultura e às diferenças entre as pessoas.”
    Este direito esta diretamente relacionado as interações socioemocionais da criança, entende-se que a criança tem o direito a desenvolver habilidades sociais e emocionais que colaboram com o seu desenvolvimento holístico, para tanto, é necessário que ela conviva com outras crianças e com adultos.
    É importante ainda que ela conviva em diferentes grupos sociais e tenha acesso a culturas diferentes para que aprenda a valorizar as diferenças entre as pessoas.

  • Brincar

    “Brincar cotidianamente de diversas formas, em diferentes espaços e tempos, com diferentes parceiros (crianças e adultos), ampliando e diversificando seu acesso e produções culturais, seus conhecimentos, sua imaginação, sua criatividade, suas experiências emocionais, corporais, sensoriais, expressivas, cognitivas, sociais e relacionais.”
    O entendimento trazido pela BNCC sobre o brincar, é que ele caracteriza o cotidiano infantil e traz muitas aprendizagens e potenciais para o desenvolvimento integral da criança.
    É possível identificar nas interações promovidas através das brincadeiras: expressão dos afetos, mediação das frustrações, a resolução de conflitos e a regulação das emoções.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 24,90
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • EDUCAÇÃO INFANTIL E A BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR
  • Introdução
  • Educação Infantil
  • O que é a BNCC?
  • Direitos de Aprendizagem
  • Conviver
  • Brincar
  • Participar
  • Explorar
  • Expressar
  • Conhecer-se
  • Os Campos de Experiências
  • O eu,o outro e o nós
  • Corpo, gestos e movimentos
  • Traços, sons, cores e formas
  • Escuta, fala, pensamento e imaginação
  • Espaços, tempos, quantidades, relações e transformações
  • Objetivos de aprendizagem e desenvolvimento
  • Objetivos de Aprendizagem e desenvolvimento para Bebês
  • Objetivos de aprendizagem e desenvolvimento para crianças bem pequenas
  • Objetivos de aprendizagem e desenvolvimento para crianças pequenas
  • Síntese das Aprendizagens
  • Conclusão
  • Referências Bibliográficas