Curso Online de AVALIAÇÃO NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS

Curso Online de AVALIAÇÃO NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS

O CURSO ABORDA ASPÉCTOS FUNDAMENTAIS PARA O ENTENDIMENTO DE AVALIAÇÃO E SUAS ESPECIFICIDADES NA MODALIDADE EJA.

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 3 horas

Por: R$ 30,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

O CURSO ABORDA ASPÉCTOS FUNDAMENTAIS PARA O ENTENDIMENTO DE AVALIAÇÃO E SUAS ESPECIFICIDADES NA MODALIDADE EJA.

Nacionalidade: Brasileiro E-mail: marivaldosaraujo@hotmail.com Estado Civil: Casado Idade: 31 anos Fones: (82) 3252-1511/9946-0928/8815-3560 Rua: Rua Amaro Gomes Fragoso 62 B, Centro, CEP- 57980 ? 000 Joaquim Gomes - AL ? Pedagogia ? Graduação (Cursando) 99% do curso Universidade Luterana do Brasil - ULBRA ? Cursos Complementares: Pós-Graduado em Gestão e Planejamento Educacional (Cursando) 75% do curso Faculdade de Comunicação, Tecnologia e Turismo de Olinda ? PE (FACOTTUR). EXPERIÊNCIAS: ? Conselheiro Tutelar ? Coordenador Pedagógico ? Educação de Jovens e Adultos ? EJA; ? Coordenador Pedagógico ? Alfabetização de Jovens e Adultos - AJA; ? Gestor Local ? Programa Brasil Alfabetizado; ? Assistente de Coordenação - Portal do Alvorada do Governo Federal ? Agente Administrativo ? Secretaria de Agricultura de Joaquim Gomes ? Gerente Logístico ? Comercial de Sapatos Irmãos Costa; ? Educador ? Alfabetização de Jovens e Adultos (Alfabetização Solidária); ? Professor - Ensino Fundamental I; ? Professor ? Educação de Jovens e Adultos ? EJA.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS - EJA

    TEMÁTICA PEDAGÓGICA:
    AVALIAÇÃO

    EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS - EJA

  • A avaliação é um processo que utiliza procedimentos metodológicos de pesquisa com o objetivo de produzir conhecimentos sobre a realidade, para que se estabeleça sobre ela juízo de valor.
    É um procedimento formal, sujeito a normas estabelecidas que garantam compromisso ético e relevância social, gerando a construção de significados e expectativas sociais que emergem da interação dinâmica da ação e reflexão dos atores da comunidade educacional.

    HISTÓRICO SOBRE AVALIAÇÃO

  • A avaliação da aprendizagem tem se revelado um dos grandes problemas do desenvolvimento do processo pedagógico nos diversos níveis e modalidades de ensino, exigindo reflexões sobre a importância de se discutir a valorização de práticas avaliativas diversificadas, que acompanhem o aluno em seus progressos e dificuldades e forneçam indicadores para o aprimoramento do trabalho pedagógico, na perspectiva de inclusão e emancipação. Na Educação de Jovens e Adultos – EJA, tal discussão assume relevância quando se constata que boa parte dos alunos, com escolaridade interrompida quando crianças, adolescentes, ressente-se de ter sido alvo de avaliações autoritárias e excludentes.

  • AÇÕES PRELIMINARES SOBRE AVALIAÇÃO NA EJA

    DISCUSSÃO

    Pode-se observar, por exemplo, a discussão de idéias sobre variadas visões da avaliação na EJA e da necessidade de práticas avaliativas inseridas numa proposta que vá além da aferição da apreensão do conteúdo simplesmente transmitido, visando-se à construção do objeto principal que é o desenvolvimento do aluno jovem ou adulto como ser social.

    AÇÕES PRELIMINARES SOBRE AVALIAÇÃO NA EJA

  • REFLEXÃO QUEM ENTENDE:

    REFLEXÃO QUEM ENTENDE:

    Tal idéia vem ao encontro do que afirma Cipriano Luchesi sobre a prática de uma avaliação preocupada com a transformação da sociedade a favor de todos os seres humanos (LUCKESI, 1998, p. 32). Também se aproxima da análise de Álvaro Vieira Pinto, ao admitir que a educação de adultos é um processo de desdobramento da cultura em seu curso, que segue no sentido da criação de melhores condições de vida ao trabalhador (PINTO, 2005, p.78). Essa concepção democrática de avaliação e da formação de jovens e adultos tem sido foco de produções a respeito do tema que vem conquistando cada vez mais espaços nas pesquisas educacionais.

  • Luckesi (1996) considera que a modalidade de avaliação aqui referida representa um instrumento de opressão sobre os educandos. Tal observação é feita tanto em relação aos professores e aos pais, quanto à própria sociedade que parece classificar conforme o nível de escolaridade. O autor ainda constata que a avaliação pautada essencialmente nas provas e nos exames remete ao plano secundário o significado do ensino e da aprendizagem, quando superestima estes mecanismos, perdendo assim a função de subsidiar a decisão de melhoria da educação oficial.      Com relação ao autoritarismo implícito nas provas e nos exames, Luckesi (1996) assim expressa.

  • De acordo com Candoau (1994, p. 03):(...) a avaliação é, sem duvida um dos aspectos mais problemáticos da prática na escola. (...) mesmo em  escolas que desenvolvem um bom trabalho junto aos alunos demonstram debilidade nas suas práticas avaliativas.

  • AVALIAÇÃO FORMATIVA NA EJA

    Dessa forma, como já visto anteriormente, a avaliação deve ser, acima de tudo, informativa, buscando ajudar o aluno a se desenvolver, pois, nesse caso, seu objetivo é o de colaborar para a regulação das aprendizagens;
    Nesse sentido, temos a especificação de seu caráter formativo, pois quando a avaliação participa de um projeto pedagógico específico, ela busca, principalmente, auxiliar no pleno desenvolvimento da aprendizagem do aluno. Uma característica importante da avaliação formativa é o fato de ela servir para informar os atores do processo de como está o andamento deste.

  • Portanto, a avaliação formativa deve ter uma função corretiva, ou seja, seu traço mais importante é auxiliar as correções de rumo que devem ser feitas para o pleno e efetivo desenvolvimento do processo de ensino‐aprendizagem. Ela deve servir de base para uma variabilidade didática, possibilitando que sejam pensadas novas técnicas e novos meios para o desenvolvimento dos conteúdos, os quais, provavelmente, estarão em maior sintonia com a realidade e os interesses de nossos educandos. Logo, ela conduz, necessariamente, à variabilidade.

  • Nesse sentido, quando falamos em avaliação formativa, tratamos também de uma avaliação contínua, pois ela apresentará à seguinte sequencia:
     
    coleta de dados;
    diagnóstico individualizado do aluno;
    ajuste da ação pedagógica.
     

  • A AVALIAÇÃO - UM PROCESSO CONTÍNUO

    A avaliação, tal como a vemos, é um valioso instrumento do(a) professor(a) e acompanha todo o processo de ensino/aprendizagem.
    Diferentemente da avaliação tradicional, que é realizada geralmente no final do ano letivo, falamos de uma avaliação que se faz presente durante toda a duração do processo educativo.

    A AVALIAÇÃO - UM PROCESSO CONTÍNUO


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 30,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS - EJA
  • AÇÕES PRELIMINARES SOBRE AVALIAÇÃO NA EJA
  • REFLEXÃO QUEM ENTENDE:
  • A AVALIAÇÃO - UM PROCESSO CONTÍNUO
  • A AVALIAÇÃO - COMO PRIMEIRO PASSO PARA O PLANEJAMENTO