Curso Online de PROJETO PEDAGÓGICO NA ESCOLA

Curso Online de PROJETO PEDAGÓGICO NA ESCOLA

Este curso apresenta um conjunto de competências para a realização de um projeto pedagógico na escola.

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 31 horas

Por: R$ 29,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Este curso apresenta um conjunto de competências para a realização de um projeto pedagógico na escola.

EUROPA LEARNING é um programa especializado em ensino à distância. Apresentamos cursos em todas as areas, criados a pensar em voce. Investimos não só na qualidade de nosso material didático, como também em novos meios para difundir conceitos e técnicas de forma eficiente para todos alunos. Por isso hoje este projeto orgulhosamente traz ao Brasil cursos de primeira linha criando novas tendências de mercado quando o assunto é e-learning



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • PROJETO PEDAGÓGICO DA ESCOLA

    PROJETO PEDAGÓGICO DA ESCOLA

  • Vender suas idéias é desafiador. Primeiro, é necessário fazer com que seus ouvintes concordem com você. Em seguida, é necessário fazer com que tomem iniciativa. Use a fórmula Evidência – Ação – Benefício da Dale Carnegie Training® e você realizará uma apresentação motivadora e em direção à ação.

  • Projetar é sonhar, garante o educador Nilbo Nogueira (Bacharel em química, psicopedagogo e mestre em educação). Afinal, tem coisa melhor que planejar o pôr em prática, na sala de aula, atividades de acordo com seus gostos e interesses? Mas não basta sonhar sozinho. Para ele, trabalhar com projetos deve ser uma criação coletiva da coordenação, dos professores e, principalmente, dos alunos.

    Durante décadas convivemos com legislações contraditórias confusas inaceitáveis ou impraticáveis. Coma a lei 9394/96 parte dos nossos problemas estão resolvidos: ela nos dá a oportunidade de, finalmente, podermos organizar nossas escolas da melhor forma, temos a chance de criar a escola que queremos.

  • Abra a sua apresentação com um incidente chamativo. Escolha um incidente ao qual seu público esteja relacionado. A incidência será a evidência que dará suporte à ação e prova o benefício. Iniciar com um incidente motivadora irá preparar seu público para a etapa de ação seguinte

  • PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO

    Para Aurélio Buarque de Holanda Ferreira:

    Origem da palavra projeto

    Significado

    É a idéia que se forma de executar ou realizar algo, no futuro; plano, interno. É um empreendimento a ser realizado dentro de um determinado esquema.

    Latim

    “ Lançado a Frente”

  • Quando falamos em projeto estamos falando em planejamento de ações futuras que dependem de uma idealização presente.

    Decorre daí, a necessidade de explicar que tipo de sociedade seja essa, para qual pretendemos formas nossos cidadãos. É dessa necessidade de formação para uma vida social que se revela a dimensão pedagógica de um projeto.

  • Um projeto político busca um rumo, uma direção, e uma ação intencional, com o compromisso definido coletivamente.

    Um projeto político busca interesses reais e coletivos da população majoritária, com a formação de um cidadão para um tipo de sociedade.

    Um projeto político busca juntamente com a escola a formação do cidadão participativo, responsável, compromissado, crítico e criativo.

  • Um projeto político pedagógico pressupõe uma relativa autonomia da escola, reconhecendo a escola como um espaço público, um lugar de debate, do diálogo fundado na reflexão coletiva. Está construção constitui uma ousadia para educadores, pai, alunos e funcionários.

    Um projeto político organiza seu trabalho afim de : superar os conflitos; as relações competitivas, romper com a rotina de mando impessoal as diferenças hierarquizadas.

  • PRINCÍPIOS NORTEADORES DO PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO

    IGUALDADE – de condições para acesso e permanência na escola. A uma desigualdade no ponto de partida, mas na chegada deve haver essa igualdade.

    QUALIDADE – para todos a escola de qualidade tem que garantir meta qualitativa e desempenho satisfatório.

    GESTÃO DEMOCRÁTICA – repensar a estrutura de poder da escola onde todos possam ter autonomia e participação coletiva.

    LIBERDADE – liberdade para ensinar, pesquisar e divulgar a arte e o saber direcionados para uma intencionalidade definida coletivamente.

    VALORIZAÇÃO DO MAGISTÉRIO – formação inicial e continuada – centrada na escola – que deve levantar as necessidades e elabore programas de formação do educador.

  • I – PROJETO, PLANEJAMENTO OU PLANO

    I – PROJETO, PLANEJAMENTO OU PLANO

    1. O Projeto

    Quando falamos em Projeto Pedagógico da Escola, nós estamos referindo à proposta pedagógica que à escola compete elaborar e executar, segundo a LDB (Art. 12). O projeto deverá ter coerência entre a proposta maior, a Lei Nacional e a proposta da escola.
    Este será o PROJETO PEDAGÓGICO DA ESCOLA, a PROPOSTA que tem começo e fim com prazo certo.

    Art. 12 Os estabelecimentos de ensino respeitando as normas
    comuns as do seu sistema de ensino, terão a incumbência de:

    I elaborar e executar sua proposta pedagógica;

    II administrar seu pessoal e seus recursos materiais e financeiros;

    III assegurar o cumprimento dos dias letivos e horas-aula estabelecidas;

    IV velar pelo cumprimento do plano de trabalho de cada docente;

    V prover meios para recuperação dos alunos de menor rendimento;

    VI articular-se com as famílias e a comunidade, criando processos de
    integração da sociedade com a escola;

    VII informar os pais e responsáveis sobre a freqüência e o rendimento dos
    alunos, bem como sobre a execução de sua proposta pedagógica.

  • Esta proposta, de cuja elaboração os docentes e demais profissionais da educação participam, deverá estar articulada com a política e planos educacionais dos Estados, que, por sua vez, deverão estar em consonância com as diretrizes e planos nacionais de educação (Art. 10).

    Art. 10 Os estados incumbir-se-ão de:

    I organizar, manter e desenvolver os órgãos e instituições oficiais dos seus
    sistemas de ensino;

    II definir com os Municípios, formas de colaboração na oferta do ensino
    fundamental, as quais devem assegurar a distribuição proporcional das
    responsabilidades, de acordo com a população a ser atendida e os recursos
    financeiros disponíveis em cada uma dessas esferas do Poder Público;

    III elaborar a executar políticas e planos educacionais, em consonância com as
    diretrizes e planos nacionais de educação, integrado e coordenando as suas
    ações e as seus Municípios;

    IV autorizar, reconhecer, credenciar, supervisionar e avaliar, respectivamente
    os cursos das instituições de educação superior e os estabelecimentos do seu
    sistemas de ensino;

    V baixar normas complementares para o seu sistema de ensino;

    VI assegurar o ensino fundamental o oferecer, com prioridade, o ensino médio.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 29,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • PROJETO PEDAGÓGICO DA ESCOLA
  • I – PROJETO, PLANEJAMENTO OU PLANO
  • II – A NOVA LDB E O PROJETO PEDAGÓGICO
  • III – DIRETOR: O COORDENADOR DO PROJETO
  • IV – A CONSTRUÇÃO DO PROJETO PEDAGÓGICO DA ESCOLA
  • V – SUGESTÃO DE ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DO REGIMENTO E PROJETO DA ESCOLA