Curso Online de SÍNDROME DE DOWN
5 estrelas 6 alunos avaliaram

Curso Online de SÍNDROME DE DOWN

SÍNDROME DE DOWN

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 19 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

SÍNDROME DE DOWN

FORMADO EM PEDAGOGIA


- Gabriella Fini

- Benedita Aparecida Felisbino

- Agnes Cristina Epifanio Franco

- Kelly Eloisa Chagas Moreira

- Andréia Cristina Mota Ricardo

- Raquel Silva Santos

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • SÍNDROME DE DOWN “A DIFERENÇA QUE NÃO FAZ DIFERENÇA”

    SÍNDROME DE DOWN “A DIFERENÇA QUE NÃO FAZ DIFERENÇA”

  • INTRODUÇÃO

    A sociedade em geral está desinformada sobre as questões relativas aos portadores de necessidades especiais. Talvez por esse motivo, torne-se muitas vezes insensível em relação às pessoas que apresentam tais necessidades.

  • A falta de informação é tanta, que os maiores interessados em trabalhar com a inclusão – os educadores – continuam saindo das universidades sem conhecer o assunto.

  • A verdade é que o sistema público de ensino acaba “jogando” suas “novas” ideias a respeito de determinados assuntos para a escola; a sociedade acaba cobrando dessas instituições um bom resultado e o professor, responsável direto por todo processo, fica de “mãos atadas”, pois quando tem tempo e condições de formar-se e reciclar-se, não encontra os subsídios necessários para enriquecer-se adequadamente.

  • E o mesmo sistema que exige que faça-se determinadas ações, não dá o respaldo que é preciso.
    É necessário que abramos os olhos, corações e mentes para a inclusão, afinal a intolerância é assimilada e fomentada pela sociedade, que como já foi citado, está desinformada sobre o assunto.

  • E, se a escola é o alicerce dessa mesma sociedade, cabe a ela, tentar modificar esse pensamento.

  • 1. A SÍNDROME DE DOWN E SUAS PARTICULARIDADES.

    1. A SÍNDROME DE DOWN E SUAS PARTICULARIDADES.

  • A síndrome de Down é a forma mais frequente de retardo mental causada por uma aberração cromossômica microscopicamente demonstrável e caracterizada por história natural e aspectos fenotípicos bem definidos.

  • É causada pela ocorrência de três (trissomia) cromossomos 21, na sua totalidade ou de uma porção fundamental dele. Inclui uma face típica e é uma das anomalidades cromossômicas mais comuns em nascidos vivos (CASSARIN, 1985).

  • O risco de ter uma criança com trissomia do 21 aumenta com a idade materna. Por exemplo, o risco de ter um recém-nascido com síndrome de Down, se a mãe tem 30 anos é de 1 em 1.000, se a mãe tiver 40 anos, o risco é de 9 em 1.000. Na população em geral, a frequência da síndrome de Down é de 1 para cada 650 a 1.000 recém-nascidos vivos e cerca de 85% dos casos ocorre em mães com menos de 35 anos de idade.

  • As pessoas com síndrome de Down costumam ser menores e ter um desenvolvimento físico e mental mais lento que as pessoas sem a síndrome. A maior parte dessas pessoas tem retardo mental de leve a moderado; algumas não apresentam retardo e se situam entre as faixas limítrofes e médias baixa, outras ainda podem ter retardo mental severo.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • SÍNDROME DE DOWN “A DIFERENÇA QUE NÃO FAZ DIFERENÇA”
  • 1. A SÍNDROME DE DOWN E SUAS PARTICULARIDADES.
  • 2. OS PAIS E A CRIANÇA COM SÍNDROME DE DOWN
  • 3. A MUDANÇA DE CONCEPÇÃO
  • 3.1. OS BRASILEIROS COM DOWN.
  • 4. A INSERÇÃO DO PORTADOR DE SÍNDROME DE DOWN NA ESCOLA.
  • 4.1. SÍNDROME DE DOWN NA REDE REGULAR DE ENSINO: DESAFIOS E POSSIBILIDADES.
  • 4.2. O PROFISSIONAL COMO INCENTIVADOR DE CRIANÇAS COM SINDROME DE DOWN.
  • CONSIDERAÇÕES FINAIS
  • RESUMO
  • ...E TEMOS MAIS CURSOS:
  • REFERÊNCIAS