Curso Online de PAULO FREIRE E EDUCAÇÃO PARA A PAZ: O MESMO SENTIDO

Curso Online de PAULO FREIRE E EDUCAÇÃO PARA A PAZ: O MESMO SENTIDO

A transformação do mundo necessita tanto do sonho, quanto a indispensável autenticidade deste, depende da lealdade de quem sonha as ...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 3 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Mais de 0 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

A transformação do mundo necessita tanto do sonho, quanto a indispensável autenticidade deste, depende da lealdade de quem sonha as condições históricas, materiais, aos níveis de desenvolvimento, científico do contexto do sonhador. Os sonhos são projetos pelos quais se luta. Sua realização não se verifica, facilmente, sem obstáculos. Implica pelo contrário, avanços, recuos, marchas por vezes demoradas. Implica luta.

Produziu cursos na área de Instrumentação Cirúrgica, onde é formado desde 2003. Autor de mais de 100 cursos na área da saúde onde atuou por mais de 10 anos na enfermagem onde é formado desde 2004. Também produziu aproximadamente 200 cursos na área da educação (Geografia e História principalmente) onde cursou Licenciatura em História de 2009 a 2013. Autor também de alguns cursos de Administração onde cursa atualmente o 3º semestre em Administração e Gestão pela IERGS em Porto Alegre - RS. Pós-Graduado em História do Brasil pela PROMINAS.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.
  • PAULO FREIRE E EDUCAÇÃO PARA A PAZ: O MESMO SENTIDO

    PAULO FREIRE E EDUCAÇÃO PARA A PAZ: O MESMO SENTIDO

  • Pedagogia da Indignação

    Pedagogia da Indignação

    A transformação do mundo necessita tanto do sonho, quanto a indispensável autenticidade deste, depende da lealdade de quem sonha as condições históricas, materiais, aos níveis de desenvolvimento, científico do contexto do sonhador. Os sonhos são projetos pelos quais se luta. Sua realização não se verifica, facilmente, sem obstáculos. Implica pelo contrário, avanços, recuos, marchas por vezes demoradas. Implica luta. (2000, p.52)‏

  • DIMENSÕES ARTICULADAS
    =
    CONFLITO
    VIOLÊNCIA
    NÃO-VIOLÊNCIA/PAZ
    =
    DIÁLOGO – fundamento para:
    MEDIAÇÃO
    CONVIVÊNCIAS
    RELAÇÕES HUMANAS

  • CULTURA DE PAZ
    EDUCAÇÃO PARA A PAZ
    =
    Não é esconder ou fingir que não existem os problemas “Ter PAZ no coração”, “Ter Deus no coração”,
    =
    É justamente levantar/revelar as coisas que CAUSAM AS VIOLÊNCIAS e mais, EXPLICITAR as possibilidades de NÃO-VIOLÊNCIA E PAZ

  • O NEP

    O NEP

    Ligação com Instituto Paulo Freire (rede social – Unifreire)‏
    Ligação com a Cátedra da Unesco – Rede de Observatório de Violências nas escolas - UCB
    Projeto de Extensão: 1. Grupo de Estudos (15 dias) 2. Curso/oficinas (2009 – 30 professores – rede estadual e municipal) 3. Ações nas escolas (famílias-professores -funcionários-alunos)‏

  • O NEP (2)‏

    O NEP (2)‏

    Reflexão e Investigação
    Participação em livros, artigos em congressos, TCCs, ênfase em pesquisa-ação/autobiografia/formação continuada...
    23 e 24 de novembro: Encontro Paulo Freire e Educação para a Paz
    Grande Auditório da UEPG (página)‏

  • O NEP (3)‏

    O NEP (3)‏

    Surge no espaço de muitas questões, com o risco do relativismo, mas com a possibilidade de abertura à diversidade e complexidade ...
    Uma necessidade do tempo... onde não basta querer a Paz, É NECESSÁRIO REPUDIAR AS VIOLÊNCIAS....SER PROTAGONISTA...

  • O NEP (4)‏

    O NEP (4)‏

    Porque PAULO FREIRE
    1986 – Prêmio UNESCO da Educação para a Paz
    1993 – Indicação ao Nobel da Paz
    “Não acredito em nenhum movimento chamado Educação para a Paz, que ao invés de revelar o mundo das injustiças, torne-o opaco e tenda a miopizar suas vítimas” (1986)‏

  • SOBRE...EDUCAR ‏

    SOBRE...EDUCAR ‏

    Educar é conhecer, é ler o mundo, para poder transformá-lo ; (Paulo Freire)‏

    PARA ISSO precisamos de: amorosidade; respeito aos outros, tolerância; humildade, gosto pela alegria e pela vida, disponibilidade à mudança; recusa ao fatalismo; abertura ao novo, identificação com a esperança.
    (Paulo Freire)‏

  • O MESMO SENTIDO
    Paulo Freire e Paz

  • Ao receber o título de Doutor honoris causa na PUC de São Paulo:

    Amei durante 42 anos intensamente! Elza morreu e eu não matei Elza em mim. Mas optei pela vida! É a única forma de viver e ser leal a Elza. Tive a coragem de casar, de amar outra vez! Vivi momentos de culpa ao olhar uma rosa bonita! Amando essa outra mulher encontrei o mundo! Quem não é capaz de amar tem que se rever. Dedico esse título à memória de uma e à vida da outra!”


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • PAULO FREIRE E EDUCAÇÃO PARA A PAZ: O MESMO SENTIDO
  • Pedagogia da Indignação
  • O NEP
  • O NEP (2)?
  • O NEP (3)?
  • O NEP (4)?
  • SOBRE...EDUCAR ?
  • BIBLIOGRAFIA BÁSICA (1) CENTRO INTERNACIONAL DE INVESTIGAÇÃO E INFORMAÇÃO PARA A PAZ/UNIVERSIDADE PARA A PAZ DAS NAÇÕES UNIDAS. O estado da paz e a evolução da violência na América Latina. Tradução de Maria Dolores Prades. Campinas, SP: Editora da Unicamp, 2002. JARES, Xésus. Educação para a paz: sua teoria e sua prática. Porto Alegre, Artmed, 2002, _______ . Pedagogia da convivência. São Paulo: Editora Palas Athena, 2008.
  • BIBLIOGRAFIA BÁSICA (2) FREIRE, Ana Maria. Educação para a paz segundo Paulo Freire. Revista Educação. Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: PUC/RS, ano XXIX, n.2 p.387-393, Maio/Agosto, 2006. FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996. FREIRE, Paulo. Direitos humanos e educação libertadora. (Conferência de junho de 1988) In: FREIRE, Ana Maria (org.) Pedagogia dos sonhos possíveis. São Paulo: Editora UNESP, 2001.
  • BIBLIOGRAFIA BÁSICA (3) MILANI, Feizi Masrour. Cultura de paz X violências: papel e desafios da escola. In: MILANI, F.M; JESUS, R.D.P (orgs.) Cultura da Paz: estratégias, mapas e bússolas. Salvador: INPAZ, 2003. TUVILLA RAYO, José. Educação em direitos humanos: rumo a uma perspectiva global. Porto Alegre: Artmed, 2004. PASSOS, Sônia Maria. Porto Alegre: cidade educadora. In: CABEZUDO, Alicia; GADOTTI, Moacir; PADILHA, Paulo (orgs.). Cidade Educadora: princípios e experiências. São Paulo: Cortez: Instituto Paulo Freire, 2004.