Curso Online de Educação de Jovens e Adultos (EJA)
5 estrelas 2 alunos avaliaram

Curso Online de Educação de Jovens e Adultos (EJA)

A educação de jovens e adultos (EJA) é a modalidade de ensino nas etapas dos ensinos fundamental e médio da rede escolar pública brasilei...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 6 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Mais de 250 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

A educação de jovens e adultos (EJA) é a modalidade de ensino nas etapas dos ensinos fundamental e médio da rede escolar pública brasileira e adotada por algumas redes particulares que recebe os jovens e adultos que não completaram os anos da educação básica em idade apropriada por qualquer motivo (entre os quais é freqüente a menção da necessidade de trabalho e participação na renda familiar desde a infância). No início dos anos 90, o segmento da EJA passou a incluir também as classes de alfabetização inicial.
No Brasil, o campo consolidou-se com influência das ideias do educador Paulo Freire e em forte relação com o movimento de educação popular.
O segmento é regulamentado pelo artigo 37 da Lei de Diretrizes e Bases da educação (a LDB, ou lei nº 9394 de 20 de Dezembro de 1996). É um dos segmentos da educação básica que recebem repasse de verbas do Fundeb.

Licenciada em Física, Matemática e Pedagogia; Pós-Graduada em Física e Tecnólogo em Superior em Análise e Desenvolvimento de Sistemas.


- Francyelle Meneguesso Agnelo

- Maria Madalena Ferreira

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.
  • EJA

    EDUCAÇÃO DE JOVENS
    ADULTOS

  • Histórico e Políticas de Educação de Jovens e Adultos

    Histórico e Políticas de Educação de Jovens e Adultos

    Introdução:

    - A interpretação e inserção crítica da/na história.
    - Olhar progressista, comprometido com as lutas populares, na superação da exclusão social.
    - Compreensão de que o marco da formação da sociedade brasileira é a dominação política e econômica. O uso da violência contra comunidades indígenas, africanos e camponeses pobres, que gestou um Estado centralizador e autoritário, comprometido com os interesses da elite.
    - A história da educação é história de negação do povo e de sua cultura. A Escola é elitista, excludente e seletiva. (Arroyo)
    - Desafio é a efetivação de políticas de Educação que levem em conta o povo e suas lutas, garantindo o direito a educação, a escolarização, resignificando a escola pública.

  • Histórico e Políticas de Educação de Jovens e Adultos

    Histórico e Políticas de Educação de Jovens e Adultos

    - A História da Educação Brasileira e nesta a história da Educação de Adultos, posteriormente Educação de Jovens e Adultos, estão situadas nas contradições sociais de nosso país.
    - Uma sociedade que exclui seu povo, em que o acesso aos bens culturais e materiais são vistos como privilégio, exige dos educadores posição política, enquanto intelectuais comprometidos com a transformação social. (Paulo Freire).
    - As práticas de Educação de Adultos nasceram no seio da sociedade civil, das “lacunas” do Sistema Educacional Brasileiro.
    - As principais características das ações governamentais em EJA no século XX foram de políticas assistencialistas, populistas e compensatórias.

  • Histórico e Políticas de Educação de Jovens e Adultos

    Histórico e Políticas de Educação de Jovens e Adultos

    A Educação de Adultos no Brasil começa com os Jesuítas - Brasil colônia - através da catequização das nações indígenas.
    No Brasil Império - 1876 - primeiros registros do Ensino Noturno para Adultos - denominado educação ou instrução popular.
    Com a Lei Saraiva - 1882 -, proibe o voto do analfabeto. A escolarização é associada ascensão social e o analfabetismo à incapacidade e incompetência.
    1890 - Censo: 85,21% iletrados na população total.

  • Histórico e Políticas de Educação de Jovens e Adultos

    Histórico e Políticas de Educação de Jovens e Adultos

    Anos 10 - Século XX - surto de nacionalismo e patriotismo - questão de desenvolvimento nacional chama a atenção para o problema da escolarização.
    1920 - 75% população analfabeta.
    Entusiasmo pela Educação: Ligas contra o analfabetismo - fundadas por intelectuais, médicos, industriais imbuídos do fervor nacionalista, pregavam patriotismo, moralismo, civismo e visam “erradicar o analfabetismo.” Alfabetizar tem um caráter político: aumentar o contingente eleitoral.

  • Histórico e Políticas de Educação de Jovens e Adultos

    Histórico e Políticas de Educação de Jovens e Adultos

    Anos 20 - início de mobilizações em torno da educação como dever do Estado, período de intenso de debates políticos e culturais, questão da identidade nacional, sentido de nação, etc.:
    1922- Semana da Arte Moderna em São Paulo, I Conferência sobre Ensino Primário, fundação do Partido Comunista, Revolta do Tenentes.
    Pedagogia Libertária, primeiras greves operárias, imprensa operária, movimento operário de linha anarquista e anarco-sindicalista.

  • Histórico e Políticas de Educação de Jovens e Adultos

    Histórico e Políticas de Educação de Jovens e Adultos

    Entusiasmo pela Educação e Otimismo Pedagógico:
    Dois Movimentos Ideológicos da Elite Brasileira
    Entusiasmo - Educação é vista com redentora dos problemas da Nação. Surgiu nos anos de transição do Império - República (1887-1897); recuou em 1896, volta nos anos 10- 20.
    Caráter Quantitativo: expansão da rede escolar, “ligas contra o analfabetismo” anos 1910; visava a imediata eliminação do analfabetismo - questão do voto do analfabeto.

  • Histórico e Políticas de Educação de Jovens e Adultos

    Histórico e Políticas de Educação de Jovens e Adultos

    Expressão deste entusiasmo é o preconceito contra o analfabeto como responsável pelo atraso do país:
    “Analfabetismo é o cancro que aniquila o nosso organismo, com suas múltiplas metásteses, aqui a ociosidade, ali o vício, além o crime. Exilado dentro de si mesmo como em um mundo desabitado, quase repelido para fora da sua espécie pela sua inferioridade, o analfabeto é digno de pena e a nossa desídia indigna de perdão enquanto não lhe acudimos com o remédio do ensino obrigatório.”(Miguel Couto: IN: PAIVA, Vanilda. )

  • Histórico e Políticas de Educação de Jovens e Adultos

    Histórico e Políticas de Educação de Jovens e Adultos

    Otimismo Pedagógico - surgiu nos anos 1920, apogeu a partir de 1930 - Movimento Escola Nova.
    Caráter Qualitativo – Otimização do Ensino -
    Melhoria das condições didáticas e pedagógicas da rede escolar.
    Ciclo de Reformas Educacionais nos Estados.

  • Histórico e Políticas de Educação de Jovens e Adultos

    Histórico e Políticas de Educação de Jovens e Adultos

    REDE ESCOLAR NA I REPÚBLICA
    “As poucas escolas públicas existentes nas cidades eram freqüentadas pelos filhos das famílias de classe média. Os ricos contratavam preceptores, geralmente estrangeiros, que ministravam aos filhos o ensino em casa, ou os mandavam a alguns poucos colégios particulares, leigos ou religiosos, funcionando nas principais capitais, em regime de internato ou semi-internato. Em todo vasto interior do país havia precárias escolinhas rurais, em cuja maioria trabalhavam professores sem qualquer formação profissional, que atendiam as populações dispersas em imensas áreas: eram as substitutas das antigas aulas régias, instituídas pelas reformas pombalinas, após a expulsão dos jesuítas, em 1763.” (Prof. Paschoal Lemme - rep. Mov. Escola Nova).

  • Histórico e Políticas de Educação de Jovens e Adultos

    Histórico e Políticas de Educação de Jovens e Adultos

    Educação Adultos é presença marcante nos governos populistas, o contigente eleitoral ampliou-se devido a urbanização, aos possíveis efeitos das campanhas de alfabetização e interesse da população pela participação na vida política do país.
    Anos 30 – Criação do Ministério dos Negócios da Educação e da Saúde Pública, inicia-se a caracterização do Sistema Público de Ensino no Brasil- caráter autoritário e centralizador.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Histórico e Políticas de Educação de Jovens e Adultos
  • Políticas públicas para a EJA – Educação de Jovens e Adultos
  • Perfil dos alunos da EJA
  • Educação de Jovens e Adultos
  • Benefícios
  • Reflexão da situação da EJA que pede socorro em conseqüência de gargalos.
  • ORIENTAÇÕES METODOLÓGICAS NA EJA
  • Estrutura Curricular
  • Dinâmica da Escola
  • Dinâmica da Escola
  • Organização do Conhecimento
  • Modalidade Presencial Indicativos para aprofundamento.
  • Modalidade Presencial
  • Modalidade Semipresencial (PAC) Indicativos para aprofundamento.
  • Modalidade Semipresencial (PAC)
  • Modalidade Semipresencial (CEEBJA) Indicativos para aprofundamento
  • Encaminhamentos Metodológicos para momentos não-presenciais.
  • Encaminhamentos Metodológicos para momentos presenciais.