Curso Online de O LÚDICO E O ENSINO DE INGLÊS

Curso Online de O LÚDICO E O ENSINO DE INGLÊS

Descreve a origem da formação lingüística inglesa em seus três períodos: Old English, Middle English e Modern English. Discorre sobre o e...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 4 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Descreve a origem da formação lingüística inglesa em seus três períodos: Old English, Middle English e Modern English. Discorre sobre o ensino da língua inglesa no Brasil. Descreve as relações históricas entre Brasil e Inglaterra e a influencia dos Estados Unidos sobre o Brasil. Identifica o inicio do ensino formal da língua inglesa no Brasil. Relata questões relevantes sobre o estudo da língua inglesa no Brasil sob a égide da Lei de Diretrizes e Bases da Educação e os Parâmetros Curriculares Nacionais. Discorre acerca da utilização de jogos e brincadeiras como um elemento facilitador do processo de ensino-aprendizagem da língua inglesa como língua estrangeira. Lista atividades em sala de aula que auxiliam no processo ensino-aprendizagem, entre eles: Numbers, Songs, Clock, Alphabet bingo, Mime ?Where are you?, Mime ?What are you doing??, Hanging man, Hot potato, Balloon Game, What`s missing?. Descreve os benefícios ocasionados aos discentes pela utilização do lúdico. Identifica novas mídias que utilizam o lúdico no ensino da língua inglesa.

Bibliotecário (UFPA). Especialista em Gestão nas Organizações e Magistério Superior (FACINTER). Analista em Desenvolvimento Regional (Bibliotecário) da 6ª S.R. da CODEVASF (JUAZEIRO-BA). Professor em Educação a Distância. Ex-Técnico em Gestão Cultural da Fundação Cultural do Pará Tancredo Neves (FCPTN/CENTUR). Ex-Primeiro Secretário do Conselho Regional de Biblioteconomia do Pará, Amapá e Tocantins(CRB-2). Ex-2º Sargento da Polícia Militar do Estado do Pará. Ex-Professor dos Colégios/Cursinhos Impacto, Boa Esperança, Paulo Freire, Acadêmico, Nóbrega, Rui Barbosa, Anchieta, Armstrong, Aquarius, Opção, etc. Membro fundador do Clube de Ciências da UFPA.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • JOÃO COIMBRA NETO

    joão coimbra neto

    bibliotecário.
    especialista em gestão nas organizações/magistério superior.
    técnico em gestão cultural da
    fundação cultural do pará tancredo neves.
    membro do conselho reg. de biblioteconomia (crb-2).

    o lúdico e o
    ensino de inglês

  • resumo

    descreve a origem da formação lingüística inglesa em seus três períodos: old english, middle english e modern english. discorre sobre o ensino da língua inglesa no brasil. descreve as relações históricas entre brasil e inglaterra e a influencia dos estados unidos sobre o brasil. identifica o inicio do ensino formal da língua inglesa no brasil. relata questões relevantes sobre o estudo da língua inglesa no brasil sob a égide da lei de diretrizes e bases da educação e os parâmetros curriculares nacionais. discorre acerca da utilização de jogos e brincadeiras como um elemento facilitador do processo de ensino-aprendizagem da língua inglesa como língua estrangeira. lista atividades em sala de aula que auxiliam no processo ensino-aprendizagem, entre eles: numbers, songs, clock, alphabet bingo, mime “where are you”, mime “what are you doing?”, hanging man, hot potato, balloon game, what`s missing?. descreve os benefícios ocasionados aos discentes pela utilização do lúdico. identifica novas mídias que utilizam o lúdico no ensino da língua inglesa.

  • 1 introdução

    a utilização do lúdico no ensino da língua inglesa não constitui aprendizagem em si, mas deve ser visto como estratégia de motivação da aprendizagem, capaz de desenvolver fatores humanos como a auto-estima, o respeito, a solidariedade, a responsabilidade, a compreensão, a cooperação, a socialização, a autoconfiança, a alegria, o prazer. em outras palavras, o processo de humanização da criança.
    para cruz & miranda (2009):

    numa criança, os dois hemisférios do cérebro (o lado esquerdo ligado ao raciocínio lógico e analítico e o lado direito responsável pela parte criativa, artística e pelas emoções) estão mais interligados do que no cérebro dum ser humano adulto.


  • assim, a aplicabilidade do lúdico no ensino de língua inglesa como fonte de aprendizagem, significativa educar baseado em valores lingüísticos e culturais e, concomitantemente, criar um clima descontraído e agradável, proporcionando assim, maior interação entre discentes e docentes no processo de ensino-aprendizagem.

    caberá ao educador, no decurso deste processo de aplicabilidade do lúdico no ensino de língua inglesa, delimitar os jogos e brincadeiras, considerando a faixa etária, grau de conhecimento do idioma, a motivação e a série dos partícipes.

    o lúdico, de uma forma geral, está diretamente relacionado com o prazer, por isso constitui-se em um recurso útil para uma aprendizagem diferenciada e significativa.


  • para silva (2011):
    diferenciada, porque oportuniza aos discentes outras posições em relação ao saber formal, como: líder, mediador, questionador e crítico, enfim, a percepção do outro em seu aspecto motor, afetivo e social. significativa, porque os discentes podem reconhecer a língua inglesa como um espaço de construção discursiva, de produção de sentido, dentro de um contexto real, baseado nas ações fundamentais da vida como administrar conflitos, como saber ganhar ou perder e que, mesmo perdendo, o verdadeiro valor está no aprendizado, em competir, interagir, respeitar regras e o outro, aceitar ou recusar desafios, tomar decisões, ter iniciativa, organizar-se e em outras situações que dão sentido ao jogo, proporcionando-lhes autonomia e integração ao meio.
    assim, a utilização do lúdico no ensino da língua inglesa constitui-se em uma ferramenta educacional da maior relevância, pois vai muito além de aspectos culturais e lingüísticos, conduzindo a uma melhor interação, aprendizagem e oportunidade de voz a todos na sala de aula.

  • 2 histórico da língua inglesa

    a formação lingüística inglesa é dividida em rês períodos: old english, middle english e modern english.
    de acordo com palmieri (2011):
    old english também é chamado de "período anglo-saxão", que vai do ano 499 até o ano 1100 d.c. e compreende as invasões da inglaterra por tribos germânicas, principalmente os anglos, os saxões e os jutos; e uma segunda onda de invasores: os vikings. o inglês falado neste período não era uma única língua, mas sim uma variedade de diferentes dialetos que eram línguas funcionais para descrever fatos concretos e atender as necessidades de comunicação diária. se comparado ao inglês atual que conhecemos, é uma língua quase irreconhecível tanto na pronúncia quanto no vocabulário e na gramática. no segundo período, o middle english (entre 1100 e 1500 d.c.), em função da conquista da inglaterra pelos normandos na batalha de hastings, em 1066, a língua inglesa sofreu uma grande influência do francês, que se tornou a língua da lei, da educação, da igreja, do governo civil e da organização militar, permanecendo assim durante 300 anos. a influência da cultura franco-normanda na nação anglo-saxônica resultou no enriquecimento do vocabulário, mas sem afetar a pronúncia ou a estrutura gramatical. a língua inglesa recuperou seu prestígio no final do século xv, influenciado tanto pelo sentimento nacionalista como pelo advento da imprensa - que divulgava o mesmo padrão lingüístico - e da literatura, principalmente de geoffrey chaucer, conhecido como "o pai da literatura inglesa". depois disso não foi mais registrada nenhuma mudança drástica, principalmente pelo fato de nunca mais a inglaterra ter sido exposta a nenhuma invasão estrangeira, resultando no que chamamos de modern english (1500), período de padronização e unificação da língua falada até hoje. a disponibilidade de materiais impressos deu impulso à educação, trazendo o alfabetismo ao alcance da classe média. no início deste período tivemos a impressionante contribuição de william shakespeare para o enriquecimento da língua inglesa. sua imensa obra é caracterizada pelo uso criativo do vocabulário então existente, bem como pela criação de palavras novas.

  • no ano de 1620, com a chegada dos primeiros imigrantes ingleses na américa do norte, é dado início à presença da língua inglesa no novo mundo, sendo que, pós a independência dos estados unidos no ano de 1776, o dialeto norte-americano já começava a se mostrar um vocabulário diferente em relação ao inglês falado na inglaterra.
    entretanto, mesmo na ocorrência de diferenças no vocabulário, a língua inglesa se tornou um idioma de comunicação reconhecido em nível internacional, econômico e cultural.

  • 3 relacões históricas entre brasil e inglaterra

    a relação entre brasil e inglaterra é antiga, pois se acredita que começou por volta do ano de 1530, quando o aventureiro inglês william hawkins aportou na costa brasileira, tendo este relacionamento se intensificado a partir de 1654, quando a inglaterra determinou um tratado aos portugueses, reservando à marinha daquele país o monopólio sobre o comércio de mercadorias inglesas com os outros países, inclusive com o nosso país.

    todavia, o bloqueio continental decretado à inglaterra no início do século dezenove levou ao fortalecimento das relações amigáveis entre este país e o brasil, haja vista que o fechamento dos portos europeus aos navios ingleses pelos franceses forçou que portugal, até então um forte aliado da inglaterra, se posicionasse contra sua parceira para evitar um conflito com as tropas francesas.

    para evitar a guerra, d. joão vi, príncipe regente de portugal, decidiu pela para o brasil, sendo esta tomada de decisão apoiada pela inglaterra.

  • para machado (2011):

    um regente indeciso, uma rainha louca, o reino ameaçado pelas duas maiores potências da época, vivendo uma época em que seus domínios, outrora prósperos, se encontravam em franca decadência e dependiam muito de seus parceiros comerciais para praticamente tudo, tendo se especializado ao longo dos dois últimos séculos em apenas renegociar os produtos provenientes das colônias. esta era a situação de portugal no início do século xix.

  • com a mudança da corte portuguesa para o brasil, os ingleses iniciaram o processo de estabelecimento de casas comerciais, ampliando seu poderio econômico.
    a inglaterra passou então a exercer uma relevante influência na vida política do brasil, destacando-se o desenvolvimento da imprensa local (chamada de imprensa régia), o uso do telégrafo, o trem de ferro e a iluminação a gás, bem como o capital financeiro, assegurando os primórdios do progresso industrial.
    todavia, o domínio inglês gerou manifestações nacionalistas por parte dos brasileiros e, de modo a abafá-las, as companhias inglesas anunciaram ofertas de emprego para engenheiros, funcionários e técnicos brasileiros em geral, sendo que o requisito para os empregos era que os interessados soubessem falar a língua inglesa, para que, assim, pudessem ter claro entendimento das instruções e receber treinamentos diversos.
    todavia, além da influencia inglesa, não podemos deixar de destacar a influência dos estados unidos em nosso país, haja vista que, atualmente, os mesmos dominam o mercado mundial, a indústria cultural e o poderio militar.

  • 4 inicio do ensino formal da lingua inglesa no brasil


    em nosso país, o ensino formal da língua inglesa iniciou-se com o decreto de 22 de junho de 1809, outorgado pelo príncipe regente de portugal, que determinou a criação de uma escola de língua francesa e outra de língua inglesa, sendo que, naquela época o latim e o grego constituíam-se nas línguas estrangeiras ensinadas na escola.

    d. joão vi, em 1809, nomeia jean joyce, padre irlandês e professor de inglês, para capitanear o ensino de inglês no brasil, com o objetivo de capacitar profissionais brasileiros para o mercado de trabalho da época, atendendo assim às necessidades de desenvolvimento alavancadas pelas relações comerciais com a inglaterra.

    desde aquela época, o brasil vem mantendo a sua determinação de incluir o ensino de línguas estrangeiras no currículo educacional.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • JOÃO COIMBRA NETO