Curso Online de ATUALIZAÇÃO GRAMATICAL
4 estrelas 4 alunos avaliaram

Curso Online de ATUALIZAÇÃO GRAMATICAL

EXIGÊNCIAS NOS CONCURSOS - LÍNGUA FALADA E LÍNGUA ESCRITA, USO DO HÀ E A, PRONOMES E COLOCAÇÃO PRONOMINAL, ENCLISE E PROCLISE E DICAS PAR...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 3 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

EXIGÊNCIAS NOS CONCURSOS - LÍNGUA FALADA E LÍNGUA ESCRITA, USO DO HÀ E A, PRONOMES E COLOCAÇÃO PRONOMINAL, ENCLISE E PROCLISE E DICAS PARA AJUDAR NA HORA DOS CONCURSOS E NO ENEM OU AINDA VESTIBULARES. Aprenda de maneira fácil e rápido seu curso com certificado.

Professora do ensino fundamental e médio COM FORMAÇÃO EM PORTUGUÊS, INGLÊS E SUAS LITERATURAS. TEL CEL 11 984378509


"ótimo"

- Roseane Saldanha Viana

"Curso bom para quem quer aprimorar seus conhecimentos. Parabéns ao curso Buzzero por essa iniciativa. Izabel"

- Izabel Sena De Sousa Ramos

- Aluisio Antonio Pereira

- Claudileny Augusta Da Rosa

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • CURSO: ATUALIZAÇÃO GRAMATICAL

    curso: atualização gramatical

    exigidos nos concursos

  • Língua Falada e Língua Escrita

    língua falada e língua escrita

    aula1

  • Língua Falada e Língua Escrita

    língua falada e língua escrita

    embora sejam expressões de um mesmo idioma, a língua falada e a língua escrita
    nem sempre são equivalentes, pois cada uma tem a sua especificidade.
    existem pelo menos dois níveis de língua falada: a culta (ou padrão) e a coloquial (ou popular).
    a linguagem coloquial também aparece nas gírias e na linguagem familiar, por exemplo. essas variações são explicadas por vários fatores:
    diversidade de situações em que se encontra o falante: uma palestra ou uma festa entre amigos.

  • Língua Falada e Língua Escrita

    língua falada e língua escrita

    • grau de instrução do falante e também do ouvinte;
    • grupo a que pertence o falante (este fator é determinante na formação da
    gíria).
    dessa forma, devemos saber a situação adequada para utilizarmos cada nível da
    língua falada, para não cometermos equívocos, como no quadro a seguir:
    a língua

  • Língua Falada e Língua Escrita

    língua falada e língua escrita

    a língua escrita, por sua vez, só é aprendida depois que dominamos a língua
    falada. e ela não é uma simples transcrição do que falamos; está mais
    subordinada às normas gramaticais e, portanto, requer mais atenção e conhecimento.
    a língua escrita assume um caráter mais rígido quanto à forma.

  • A língua escrita assume um caráter mais rígido quanto à forma, sobretudo quando se trata de uma língua literária ou científica, na qual se usa a norma culta.

    a língua escrita assume um caráter mais rígido quanto à forma, sobretudo quando se trata de uma língua literária ou científica, na qual se usa a norma culta.

    apesar da maior rigidez da língua escrita em relação à língua falada, não podemos negar que a forma escrita também apresenta variações.
    imagine uma pessoa, que possua um bom nível de escolaridade, escrevendo uma carta ao presidente da empresa em que trabalha e um bilhete para sua empregada doméstica.

  • Língua Falada e Língua Escrita

    língua falada e língua escrita

    a seleção de palavras utilizadas, bem como a estrutura de cada texto não será a mesma, dado o caráter formal do primeiro e informal do segundo.
    além disso, existe a variação das diferentes linguagens: técnica, jurídica, literária, entre outras.

  • Língua falada x Língua escrita

    língua falada x língua escrita

    • requer a presença de
    interlocutores;
    • é espontânea e imediata;
    • a expressividade permite prescindir
    de certas regras;
    • é repetitiva e redundante.

    • comunicação unilateral;
    • está mais subordinada às normas
    gramaticais;
    • mais correção na elaboração das
    frases;
    • é mais sintética e objetiva.

  • O uso do há e o a AULA 2

    o uso do há e o a aula 2

    emprega-se a preposição a para indicar tempo futuro, fatos que ainda irão acontecer
    ou para intervalo de tempo.
    a encomenda chegará daqui a dois dias.
    de hoje a duas semanas ela virá visitar-nos.
    usa-se, ainda, para indicação de distância: chegaremos daqui a cem quilômetros

  • Emprega-se há para indicar tempo passado, fatos que já aconteceram.

    emprega-se há para indicar tempo passado, fatos que já aconteceram.

    neste caso:
    há pode ser substituído por faz.

    a encomenda chegou há (faz) dois dias.
    há (faz) alguns anos ele vive aqui.

  • A forma há também tem outros empregos e o mais comum é no sentido de existir.

    a forma há também tem outros empregos e o mais comum é no sentido de existir.

    há (existem) muitas pessoas neste recinto.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • CURSO: ATUALIZAÇÃO GRAMATICAL
  • Língua Falada e Língua Escrita
  • A língua escrita assume um caráter mais rígido quanto à forma, sobretudo quando se trata de uma língua literária ou científica, na qual se usa a norma culta.
  • Língua Falada e Língua Escrita
  • Língua falada x Língua escrita
  • O uso do há e o a AULA 2
  • Emprega-se há para indicar tempo passado, fatos que já aconteceram.
  • A forma há também tem outros empregos e o mais comum é no sentido de existir.
  • Não confunda:
  • Veja os exemplos a seguir:
  • Pronomes - AULA 3
  • O pronome, ao contrário do substantivo, não tem significado único, próprio. Seu significado sempre dependerá do contexto:
  • Pronomes pessoais
  • Pronomes demonstrativos
  • ESPAÇO
  • FRASE/TEXTO
  • DICA:
  • Colocação pronominal – AULA 4
  • Esses pronomes, em relação ao verbo, podem estar :
  • Dicas: Usos da ênclise
  • Usos da próclise (Quando, antes do verbo, houver uma palavra que tenha força atrativa sobre o pronome oblíquo):
  • Exemplo:Esses são os cursos que me ajudaram.
  • Ex: Alguém o procurou na faculdade.
  • EX:Isso me perturbou muito.
  • Ex: Fiquei muito contente quando me contaram a novidade