Curso Online de TREINAMENTO BÁSICO DE BOMBEIRO CIVIL

Curso Online de TREINAMENTO BÁSICO DE BOMBEIRO CIVIL

Conhecer os quatro elementos formadores da combustão, as formas de propagação do calor, as temperaturas do fogo Conhec...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 5 horas


Por: R$ 24,90
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Conhecer os quatro elementos formadores da combustão, as formas de propagação do calor, as temperaturas do fogo
Conhecer os conceitos gerais de prevenção, educação e proteção contra incêndio; noções de proteção passiva e proteção ativa: isolamento de risco, compartimentação vertical e horizontal; noções de resistência das estruturas e dos materiais ao fogo
resgate de vítimas
Conhecer os tipos e a operação de: extintores (portáteis e extintores sobre rodas, com carga de água, pó BC, pó ABC, CO2, halotrometc.), hidrantes (predial, de coluna e subterrâneo), mangotinho, mangueiras de incêndio (tipos I, II, III, IV e V), chaves de mangueira (simples e mista), redutores, tampões e adaptadores para mangueiras e hidrantes, derivantes, válvula de recalque, passagem de nível, barrilete, esguichos (de jato sólido, regulável, formador e auto-edutor de espuma) e proporcionadores de espuma (de linha e de sistema

Sou formada vigilante patrimonial, pedagoga e bombeiro civil.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • CURSO DE BOMBEIRO CIVIL

    SST ESSENCIAL
    1

  • 2
    BOMBEIRO CIVIL PROFISSIONAL
    OBJETIVO:

    Curso prossionalizante que tem como foco a prevenção e combate ao incêndio e atendimento de vitimas. O curso prepara o prossional para atuar em eventos, shopping, indústrias, mineração entre outros. Ao termino do curso o prossional bombeiro civil terá prociência para atuar frente a situações de emergência.

    O Curso Bombeiro Civil prepara o prossional para ser um agente fundamental no plano de emer- gência de qualquer empresa, este diretamente ligado à segurança do trabalho na empresa.

    O Bombeiro Civil, aquele que, habilitado nos termos da Lei, exerça, em caráter habitual, função re- munerada e exclusiva de prevenção e combate a incêndio, como empregado contratado diretamen- te por empresas privadas ou públicas, sociedades de economia mista, ou empresas especializadas em prestação de serviços de prevenção e combate a incêndio.

    O Bombeiro Civil possui uma função especíca, e para isso deve ser habilitado. Normas da ABNT estabelecem os requisitos necessários para a formação, qualicação, reciclagem e atuação do prossional.

    O treinamento tem carga horária de 210 horas envolvendo teoria e prática conforme ABNT - NBR 14608:2007 Anexo B

    .

  • 3
    BOMBEIRO CIVIL PROFISSIONAL

    CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:

    Prevenção e combate a incêndio

    01 Introdução :
    Conhecer a importância e os objetivos gerais do curso; histórico e estatísticas de incêndios.

    Conhecer os aspectos legais (normas, regulamentações e legislações em todas as esferas governamentais pertinentes) relacionados à responsabilidade do bombeiro prossional civil.

    02 Teoria do fogo

    Conhecer os quatro elementos formadores da combustão, as formas de propagação do calor,
    as temperaturas do fogo, os métodos de extinção do fogo, a classicação dos incêndios, os princi- pais agentes extintores, unidade extintora e capacidade extintora, as fases do combate ao fogo, o Flashover, o Backdraft, o Bleve e o Boil Over.

  • 4
    3.Proteção contra incêndio

    Conhecer os conceitos gerais de prevenção, educação e proteção contra incêndio; noções de proteção passiva e proteção ativa: isolamento de risco, compartimentação vertical e horizontal; noções de resistência das estruturas e dos materiais ao fogo; e Auto de Vistoria do Corpo
    de Bombeiros (AVCB) Conhecer os equipamentos xos e portáteis de combate a incêndio, saídas de emergência, escadas de segurança, corredores e rotas de fuga, sistemas de ilumina- ção de emergência, elevador de segurança, meios de aviso, detecção e alarme de incêndio e sinalização de emergência.

    4.Técnica e tática de combate a incêndio

    Conhecer as principais técnicas de busca e exploração da área em sinistro, ventilação natural ou forçada (pressão negativa, venturi e positiva), entradas forçadas, resgate de vítimas, connamen- to, isolamento, salvatagem, combate com emprego correto dos tipos de jatos de água (neblina, cone de força e sólido), emprego, dimensionamento e técnicas de aplicação de espuma mecânica e rescaldo de incêndio. Demonstrar a montagem de uma linha direta de combate a incêndio, a partir de um hidrante e/ou viatura, linha adutora e linha siamesa. Demonstrar o uso de linha de água para ataque direto, ataque indireto e ataque combinado.

    Equipamentos de combate a incêndio e auxiliares

    Equipamento de operação manual

    Conhecer os tipos e a operação de: extintores (portáteis e extintores sobre rodas, com carga de água, pó BC, pó ABC, CO2, halotrom etc.), hidrantes (predial, de coluna e subterrâneo), man- gotinho, mangueiras de incêndio (tipos I, II, III, IV e V), chaves de mangueira (simples e mista), redutores, tampões e adaptadores para mangueiras e hidrantes, derivantes, válvula de recalque, passagem de nível, barrilete, esguichos (de jato sólido, regulável, formador e auto-edutor de es- puma) e proporcionadores de espuma (de linha e de sistema).

    Equipamentos de sistema xo e operação automática

    Conhecer como transportar e armar uma escada prolongável. Conhecer como operar no mínimo as seguintes ferramentas de corte, arrombamento e remoção (machado, machado-picareta,
    corta-a-frio, croque, alavanca simples, alavanca pé-de-cabra e ferramentas hidráulicas de corte e tração). Conhecer lanternas e reetores portáteis para iluminação. Conhecer o emprego de uma lona para salvatagem.

  • 5
    Atividades operacionais de bombeiro prossional civil

    01 Atividades administrativas e operacionais

    Conhecer as principais atribuições do bombeiro profssional civil estabelecidas nesta Norma. Co- nhecer os sistemas de comunicação por voz (xa e móvel) e dados. Conhecer o código alfabeto fonético. Conhecer o código de pronúncia de números. Conhecer os procedimentos de inspeção preventiva. Conhecer um relatório padronizado de acompanhamento de trabalhos de risco, de inspeções e de acidentes. Conhecer os padrões de inspeção visual e de teste de funcionamento de extintores de incêndio, conforme Normas Brasileiras especícas para cada tipo de extintor.
    Conhecer como são realizados os teste de abertura e vedação de um hidrante predial. Conhecer como é feito o preenchimento de um relatório de incêndio em conformidade com a ABNT NBR 14023. Conhecer os procedimentos para efetuar a troca de um bico de chuveiro automático (sprinklers). Conhecer as recomendações para inspeção, manutenção e cuidados com as man- gueiras de incêndio, conforme as Normas ABNT NBR 11861 e ABNT NBR 12779. Conhecer os procedimentos para acionar os serviços públicos locais de atendimento a emergências (Corpo de Bombeiros, SAMU, Defesa Civil, Polícia, Agência Ambiental e/ou outras de responsabilidade local). Conhecer os tipos de pára-raio e os procedimentos de inspeção visual nos cabos e co- nectores. Conhecer as características, tipos, princípios de funcionamento e os procedimentos de segurança e emergência em caldeiras e vasos sob pressão. Conhecer os geradores, conjuntos motobomba e motoventiladores, suas aplicações, operação e manutenção preventiva.
    Conhecer os tipos de armazenagem e instalações de gases (no mínimo GN, GLP, oxigênio, aceti- leno, nitrogênio, cloro e amônia) e procedimentos de emergência.

    EPI e EPR Conteúdo programático

    EPI

    Conhecer os equipamentos de proteção individual para proteção da cabeça, olhos e face, proteção auditiva, proteção respiratória, tronco, membros superiores, membros inferiores e corpo inteiro, em conformidade com as Normas Brasileiras especícas para combate a incêndio, nacio- nais e, na falta de Normas Brasileiras, adotar Normas Internacionais.

    2.EPR

    Conhecer e saber a origem e os riscos de exposição a no mínimo os seguintes tipos de gases: asxiantes gás liquefeito de petróleo (GLP), gás metano (CH4), dióxido de carbono (CO
    2) e acetileno; gases tóxicos - monóxido de carbono (CO), suldrico (H2S) e cianídrico (HCN) e gases irritantes ou corrosivos - amônia (NH2) e cloro. Conhecer as características de atmosfera insalubre por concentração de O2. Conhecer a utilização e a higienização e limpeza dos seguin- tes equipamentos de proteção respiratória: máscaras ltrantes e conjunto de mascara autônoma de ar respirável e máscara dedicada para vítima (carona). Saber calcular a autonomia do conjunto máscara autônoma. Conhecer e saber identicar a nalidade dos dados Salvamento terrestre impressos nos cilindros de ar respirável.

  • 6
    Salvamento terrestre

    01 Emergências em elevador

    Conhecer os princípios de funcionamento de um elevador e as emergências especícas, confor- me recomendações de cada fabricante de elevador.

    02- Prevenção em área de pouso de helicópteros

    Conhecer os principais riscos no pouso de helicóptero e os principais procedimentos de segurança para balizamento, embarque e desembarque de passageiros e procedimentos de controle em caso de emergência, envolvendo incêndio e resgate de vítimas.

    Plano de emergência

    Conhecer as principais recomendações de um plano de emergência, relativas a uma emergência contra incêndio, hostilidades em casos de ameaças de bombas e terrorismo, uma emergência de abandono de área em uma planta, conforme ABNT NBR 15219.

    Resgate de vítimas em espaços connados
    Conhecer as normas e procedimentos para resgate de vítimas em espaços connados. 05 Resgate de vítimas em altura

    Conhecer as técnicas para resgate de vítimas em altura.

    Produtos perigosos

    Legislação

    Conhecer a legislação que regulamenta a identicação, transporte, armazenagem, manipulação e as emergências envolvendo produtos perigosos.

    Conceitos

    Conhecer as classes de riscos, os sistemas de identicação, painel de segurança, rótulo de risco, cha de emergência e FISPQ.

    Guia de procedimentos de emergências

    Conhecer e saber consultar o manual de emergências com produtos perigosos da ABIQUIM / PRÓ-QUÍMICA.

  • 7
    EPI e EPR

    Conhecer os equipamentos de proteção individual e respiratória nível A, B e C especícos para atendimento a produtos perigosos.

    Ações operacionais

    Conhecer o sistema de organização da área do sinistro em zonas de segurança, apoio e de aces- so limitado (quente, morna e fria) Conhecer os equipamentos e métodos de contenção e con- namento de derramamento de produtos perigosos Conhecer as técnicas de resgate de vítimas contaminadas por produtos perigosos e descontaminação de vítimas e ambientes.

    Primeiros-socorros

    Legislação especíca

    Conhecer a legislação que regulamenta os procedimentos de primeiros-socorros para o nível equivalente a Bombeiro prossional civil.

    Procedimentos iniciais

    Conhecer os procedimentos para avaliação da segurança do local, número de vítimas e os procedimentos de biossegurança. Conhecer os procedimentos para acionamento dos serviços públicos e privados de socorro de vítimas e as ações para localização dos hospitais de referên- cia nas proximidades do local de trabalho. Conhecer os procedimentos para o planejamento das ações conforme denido previamente no plano de emergência da planta.

    Avaliação inicial

    Conhecer os riscos iminentes, os mecanismos de lesão, número de vítimas e o exame físico des-
    tas.

    Vias aéreas

    Conhecer os sinais e sintomas de obstruções em adultos, crianças e bebês conscientes e incons-
    cientes.

    RCP (reanimação cardiopulmonar)

    Conhecer as técnicas de RCP para adultos, crianças e bebês.

    AED/DEA

    Conhecer equipamentos semi-automáticos para desfribilação externa precoce.

  • 8
    07 Estado de choque
    Conhecer os sinais, sintomas e técnicas de prevenção e tratamento. 08 Hemorragias
    Conhecer as técnicas de hemostasia. 09 Fraturas

    Conhecer as fraturas abertas e fechadas e técnicas de imobilizações.

    8 Ferimentos
    Identicar os tipos de ferimentos localizados. 11 Queimaduras

    Conhecer os tipos (térmicas, químicas e elétricas) e os graus (primeiro, segundo e terceiro) das queimaduras.

    9 Emergências clínicas

    Reconhecer AVC (Acidente Vascular Cerebral), dispnéias, crises hiper e hipotensiva, IAM (infarto agudo do miocárdio), diabetes e hipoglicemia.

    10 Movimentação, remoção e transporte de vítimas

    Conhecer as técnicas de transporte de vítimas clínicas e traumáticas com suspeita de lesão na coluna vertebra.

    11 Pessoas com mobilidade reduzida

    Conhecer as técnicas de abordagem, cuidados e condução de acordo com o plano de emergên- cia da planta.

    12 Protocolo com incidente com múltiplas vítimas

    Conhecer as ações de avaliação, zoneamento, triagem e método start para acidentes e incidentes que envolvam múltiplas vítimas.

    13 Psicologia em emergências

    Conhecer a reação das pessoas em situações de emergências e a administração do estresse pós incidentes críticos para os prossionais de emergência.

  • Fundamentos da análise de riscos

    Fundamentos da análise de riscos

    Conhecer os conceitos e ferramentas para melhorar a percepção e a identicação dos perigos, bem como análise e avaliação de riscos e sua conseqüente minimização ou eliminação.

    Riscos especícos de plantas

    Discutir os riscos especícos e o plano de emergência contra incêndio de no mínimo os seguintes tipos de planta: serviço de hospedagem, comercial, shopping center, indústria química, indústria metalúrgica, depósito e local de reunião pública.

    Nota: Conteúdo teórico e prático de acordo com a ABNT NBR 14608/2007

    DESENVOLVIMENTO:
    Para desenvolvimento do treinamento serão usados os seguintes recursos didáticos Data show;
    Vídeos;
    Dinâmicas; e
    Equipamentos para prática em trabalho em altura, espaço connado, nós e amarrações, prática de rapel, EPI-EPR, extintores de incêndio, mangeiras, hidrantes e todo material para práticas de primeiros socorros, incluindo dorso e DEA .

    AVALIAÇÃO:

    A avaliação será feita através de uma prova teórica e prática envolvendo todas as técnicas de combate a incêndio e primeiros socorros, regate em altura e espaço connado e atendimento a emergencia química.

    O treinando é avaliado através da realização de cada técnica aplicada, cada um deverá realizar as etapas no treinamento e o instrutor fará a avalição conforme desempenho de cada um seguin- do formulário de avaliação próprio.

    NOTA: O instrutor deverá atentar aos participantes que não tem aptidão e pontuar a reprova caso não conclua os exercícios.
    9

  • Capítulo I Teoria do fogo

    10
    Como a existência de um incêndio está relacionada à presença de fogo, nosso estudo se inicia com a compreensão do fogo, seus componentes, fenômenos e inteirações.
    O controle e a extinção de um incêndio requerem que os assuntos tratados neste manual, como a natureza física e química do fogo, os dados sobre as fontes de calor, a composição e característica dos combustíveis e as condições necessárias para a combustão sejam entendidos e relacionados entre si.
    Muito embora os termos fogo, incêndio, queima e combustão sejam comumente tratados como se designassem a mesma coisa, precisamos ter em mente que seus conceitos podem divergir e, ainda que alguns deles configurem parte de um processo, é seu dever, a partir de agora, conhecer e saber diferenciar estas terminologias.

  • 11
    2. Situação
    A humanidade incorporou o fogo à sua rotina há milhares de anos e, ao longo do tempo, foi estabelecendo melhores formas de controlá-lo e de lidar com ele de maneira a comprometer cada vez menos sua integridade. Com isso, foram inseridas na prática humana e aperfeiçoadas tarefas como o aquecimento de alimentos, objetos e ambientes, a iluminação de locais , a incineração de resíduos

    e dejetos entre outras atividades que, em algum momento da história ou até hoje, utilizaram ou utilizam o fogo. No entanto, um dos desafios que ainda perduram é o pleno controle do fogo. Equipamentos foram desenvolvidos e estratégias elaboradas para que se previna o alastramento desenfreado das chamas, mas, eventualmente, elas fogem ao controle, e este episódio chamamos de Incêndio. Incêndio, portanto, é o nome dado ao fogo que foge ao controle e consome aquilo a que não deveria consumir, podendo, pela ação das suas chamas, calor e/ou fumaça, proporcionar danos à vida, ao patrimônio e ao meio ambiente


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 24,90
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • CURSO DE BOMBEIRO CIVIL
  • Teoria do fogo;
  • Extintores de Incêndio ;
  • Equipamentos para pronto emprego em incêndios;
  • Tipos de incêndio;
  • Formas de combate á incêndio;
  • Resgate á vitima;
  • APH;
  • Material de combate á incêndio;