Curso Online de A Prática da Pedagogia Hospitalar
4 estrelas 16 alunos avaliaram

Curso Online de A Prática da Pedagogia Hospitalar

Curso de capacitação voltado para o atendimento educacional a crianças e jovens em hospitais e domicílios.

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 5 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Curso de capacitação voltado para o atendimento educacional a crianças e jovens em hospitais e domicílios.

Sou Autora e Tutora da EaD;Pós graduada em Ed. Infantil pela UNICID-SP e Pós graduada em Educação pela Faculdade Metodista ES;Pós graduanda em Psicopedagogia e Pedagogia Empresarial pela Faculdade Candido Mendes Graduada em Pedagogia pela Faculdade Metodista ES; Técnica em Contabilidade; Formação Cristã em Missiologia; Extensão Acadêmica em Educação Especial, Ead, Secretariado Escolar, Recursos Humanos, Jogos e Brincadeiras, Diagnóstico/Intervenção Psicopedagógico, Elaboração de Projetos,Saúde Bucal e Modle para Criadores de Cursos. Mais cursos na página www. http://www.buzzero.com/autores/simone


- Dilma Caires Silva Gomes

- Maria Da Guia De Souza Moreira

- Andrea Sumaya Uta Varela

"ESSE CURSO E MUITO BOM POSSUI UM RICO MATERIAL E E DE SUMA IMPORTÂNCIA PARA TODOS OS PROFESSORES E PEDAGOGOS OU INTERESSADOS... GOSTEI MUITO..."

- Celene De Fatima Rodrigues

"Este é um curso excelente, devido ainda ser uma área de atuação ainda nova para os pedagogos. Mas o curso me auxiliou muito em minhas dúvidas já que sou pedagoga. Obrigada curso 100%"

- Cristiane Maria Da Costa

"O curso me proporcionou um conhecimento melhor da area."

- Kenny Salim El Awar

"Caro senhores eu fiz o curso até porque eu não tinha muito conhecimento na areá de "PEDAGOGIA HOSPITALAR." esse curso tem um bom fundamento porque trata da inclusão escolar, embora sendo dentro de um hospital, ou em outras instituições, como alfanato,casa de recuperação adultos e adolescentemente envolvido com drogas, alcoolismo etc, então esse curso vem te capacitar e leva você a se refletir mais sobre a vida de milhares de Jovens e Adultos; muito bom é um trabalho bem relevante. E a conselho outras pessoas a fazer esse curso que só vem a somar. parabéns. Ivan Dionizio da Cruz"

- Ivan Dionizio Da Cruz

- Aleksandra Josefa Sales Da Silva

"foi muito bom, aprendi muito"

- Maria De Fatima Da Silva Martins

"GOSTEI MUITO DO CURSO, DE LINGUAGEM FÁCIL E ACESSÍVEL."

- Sebastiana Coutinho Do Amaral Ribeiro

- Maria De Fatima Da Silva Martins

- Márcia Da Costa Freire

"O assunto é abordado de forma clara e objetiva, com isso, a assimilação e compreensão rápida. Muito bom, até já indiquei aos amigos da faculdade."

- Risamar Cabreira Melro

- Gislene De Fatima Benedito

"Achei o conteúdo bem atualizado, mas às vezes um pouco confuso. Também percebi alguns erros de português que poderiam ter sido evitados."

- Juliana Da Silva Santos

- Eleci Maria Simoes Goncalves

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • a prática da pedagogia hospitalar

  • APRESENTAÇÃO

    apresentação

    profª simone gonçalves themoteo
    pós graduada em educação pela faculdade metodista es
    graduada em pedagogia pela faculdade metodista es
    sitdesa@hotmail.com

    conheça outros cursos da mesma autoria:
    tutoria ead
    comunicação oral
    secretariado escolar
    gestão escolar
    pedagogia de projetos na educação i nfantil
    o lúdico e o risco (gratuito)
    educação especial inclusiva
    educação especial: deficiência: auditiva, física, mental e visual
    comportamento infantil: auto estima, depressão e tdah
    formação continuada para professores ed. infantil e eja
    alfabetização
    berçarista e recreador(a)
    educação indígena
    contação de histórias infantis
    saúde e segurança do trabalho
    administração pública e recursos humanos
    empreendedorismo (gratuito)
    o nosso compromisso e propagar seu conhecimento!

  • INTRODUÇÃO

    introdução

    a classe hospitalar como modalidade de ensino em educação especial. a classe hospitalar não pode ser vista apenas como espaço de uma sala de aula, inserida no ambiente hospitalar, mas como um atendimento pedagógico especializado. esse trabalho caracteriza-se pela diversificação de atividades, por ser uma classe multisseriada que atende à criança e adolescentes internados em enfermarias pediátricas ou em ambulatórios de especialidades.

  • a classe hospitalar tem a finalidade de recuperar a socialização da criança por um processo de inclusão, dando continuidade a sua aprendizagem. a inclusão social será o resultado do processo educativo e reeducativo. a escola é um fator externo à patologia, logo, é um vínculo que a criança mantém com seu mundo exterior. se a escola deve ser promotora da saúde, o hospital pode ser mantenedor da escolarização. e escolarização indica criação de hábitos, respeito à rotina; fatores que estimulam a auto-estima e o desenvolvimento da criança e do adolescente (fonseca, 1999).

  • o ambiente da classe hospitalar necessita ser diferenciado, tem que ser acolhedor, com estimulações visuais, brinquedos, jogos, sendo assim um ambiente alegre e aconchegante. é através do brincar que as crianças e adolescentes internados encontram maneiras de viver a situação de doença, de forma criativa e positiva. portanto, o trabalho em classe hospitalar faz com que há diminuição do risco de comprometimento mental, emocional e físico dos enfermos.
    no entanto às atividades são coordenadas de forma a dar um suporte e continuidade ao trabalho escolar das crianças/adolescentes atendidos na classe hospitalar. assim, o planejamento de tais atividades torna-se imprescindível com o objetivo de reintegrar as crianças/adolescentes à sua escola de origem, assim que obtenham alta do hospital.

  • Breve histórico

    breve histórico

    a classe hospitalar tem seu início em 1935, quando henri sellier inaugura a primeira escola para crianças inadaptadas, nos arredores de paris.
    seu exemplo foi seguido na alemanha, em toda a frança, na europa e nos estados unidos, com o objetivo de suprir as dificuldades escolares de crianças tuberculosas.
    pode-se considerar como marco decisório das escolas em hospital a segunda guerra mundial. o grande número de crianças e adolescentes atingidos, mutilados e impossibilitados de ir à escola, fez criar um engajamento, sobretudo dos médicos, que hoje são defensores da escola em seu serviço.

  • em 1939 é criado o c.n.e.f.e.i. – centro nacional de estudos e de formação para a infância inadaptadas de suresnes, tendo como objetivo formação de professores para o trabalho em institutos especiais e em hospitais;
    também em 1939 é criado o cargo de professor hospitalar junto ao ministério da educação na frança. o c.n.e.f.e.i. tem como missão até hoje mostrar que a escola não é um espaço fechado. o centro promove estágios em regime de internato dirigido a professores e diretores de escolas; os médicos de saúde escolar e a assistentes sociais.
    a formação de professores para atendimento escolar hospitalar no cnefei tem duração de dois anos. desde 1939, o c.n.e.f.e.i. já formou 1.000 professores para as classes hospitalares, cerca de 30 professores a cada turma.

  • Legislação

    legislação

    no brasil, a legislação reconheceu através do estatuto da criança e do adolescente hospitalizado, através da resolução nº. 41 de outubro e 1995, no item 9, o “direito de desfrutar de alguma forma de recreação, programas de educação para a saúde, acompanhamento do currículo escolar durante sua permanência hospitalar”.
    em 2002 o ministério da educação, por meio de sua secretaria de educação especial, elaborou um documento de estratégias e orientações para o atendimento nas classes hospitalares, assegurando o acesso à educação básica. em santa catarina, a sed baixou portaria que “dispõe sobre a implantação de atendimento educacional na classe hospitalar para crianças e adolescentes matriculados na pré-escola e no ensino fundamental, internados em hospitais” (portaria nº. 30, ser, de 05/ 03/2001).

  • todo o aluno que freqüenta a classe possui um cadastro com os dados pessoais, de hospitalização e da escola de origem. ao final de cada aula o professor faz os registros nesta ficha com os conteúdos que foram trabalhados e outras informações que se fizerem necessários.
    o aluno que freqüenta a classe por três dias ou mais é realizado contato telefônico com sua escola, comunicando da sua participação na classe e obtendo-se informações referentes aos conteúdos que estão sendo trabalhados, no momento, em sua turma.

  • após alta hospitalar, é enviado relatório descritivo das atividades realizadas, bem como do seu desempenho, posturas adotadas, dificuldades apresentadas.
    para que este seja legitimado, é necessário o carimbo e assinatura do diretor (escola da rede regular estadual) a fim de encaminhá-lo à escola de origem.
    a proposta na lei de diretrizes e bases da educação nacional (mec, 1996) é a de que toda criança disponha de todas as oportunidades possíveis para que os processos de desenvolvimento e aprendizagem não sejam suspensos.

  • a existência de atendimento pedagógico-educacional em hospitais em nada impede que novos conhecimentos e informações possam ser adquiridos pela criança ou jovem e venha contribuir tanto para o desenvolvimento escolar.
    após alta hospitalar, é enviado relatório descritivo das atividades realizadas, bem como do seu desempenho, posturas adotadas, dificuldades apresentadas. para que este seja legitimado, é necessário o carimbo e assinatura do diretor (escola da rede regular estadual) a fim de encaminhá-lo à escola de origem.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • APRESENTAÇÃO
  • INTRODUÇÃO
  • Breve histórico
  • Legislação
  • Objetivos da Pedagogia Hospitalar
  • O que é a Classe hospitalar?
  • O Pedagogo Hospitalar
  • A formação do professor hospitalar
  • A prática da pedagogia hospitalar
  • O atendimento educacional
  • Porquê que é importante a pedagogia hospitalar?
  • A quem se destina?
  • programas de intervenção educativa
  • Estilos educativos das famílias das crianças internadas no Serviço de Pediatria
  • Educação Superprotetora
  • Educação Inibidora
  • Educação Punitiva
  • Educação Assertiva
  • AVALIAÇÃO INOVADORA
  • Auxilio complementar
  • CONSIDERAÇÕES FINAIS
  • REFERÊNCIAS