Curso Online de Abordagem Tradicional e a Globalização
5 estrelas 6 alunos avaliaram

Curso Online de Abordagem Tradicional e a Globalização

O curso busca apresentar uma exposição sobre o tema, figuras para reflexão e uma discussão sobre a Abordagem Tradicional buscando fazer u...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 4 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

O curso busca apresentar uma exposição sobre o tema, figuras para reflexão e uma discussão sobre a Abordagem Tradicional buscando fazer um linque com a visão atual de mundo, ou seja, a globalização.

Observação: curso não consta com avaliação final.

- Leticia Luquetti Francisco Ferreira

"Os cursos apresentados por voces são feitos com uma linguagem de fácil entendimento, focando no conteúdo necessário e pertinente ao tema e isso faz o diferencial. Aprovado."

- Roseli De Souza Lima

- Yara Da Silva Zaranza

- Cátia Cilene Dos Reis

"PARA MIM FOI UMA INOVAÇAO ONDE PRECISAMOS ESTAR SEMPRE INOVANDO NOSOS CONHECIMENTOS, ONDE APRENDEMOS O PODER DE DECISAO FAZENDO COM QUE OS ALUNOS NOS ESCUTAM MAIS."

- Eva Imaculada Da Silva

"É sempre bom reavaliarmos nosso possicionamento, só assim conseguiremos construir nossa opinião."

- SÉrgio MÁrcio Sena Faria

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • Abordagem Tradicional

    abordagem tradicional

    discussão com base na visão atual de mundo

    autora giselle stefanelli de lima

    2010

  • citação:

    (lima, 2011) ou lima (2011)

    referência:

    lima, g.s. abordagem tradicional e a globalização. curso realizado à distância através do portal buzzero, 2011 (ano de realização de seu curso).

  • Características da Abordagem

    características da abordagem

    segundo mizukami (1986)

    aluno/receptor passivo;
    ensino verbalista;
    reprovação do aluno quando não alcança o mínimo cultural;
    provas e exames necessários para constatar o mínimo cultural;
    educação bancária – depósito/saque (paulo freire)

  • segundo mizukami (1986)

    professor poder decisório;
    professor traz conteúdo pronto alunos passivamente escutam;
    visa acumulação de informações;
    memorização das informações;
    conhecer é a capacidade de armazenar informações;
    modelo a ser imitado.

    características da abordagem

  • Características da Abordagem

    segundo mizukami (1986)

    possível artificialismo dos conhecimentos formados;
    reprimidos elementos da vida emocional e afetiva;
    toda a classe deve seguir o mesmo ritmo de trabalho;

    características da abordagem

  • Características da Abordagem

    não há preocupação com o pensamento reflexivo (mizukami,1986).

    curiosidade - significado da palavra aluno:

    aluno = a (sem/ausência) + luno (luz)

    termo nasceu com a abordagem tradicional de ensino aonde partia da idéia de que o aprendiz não tivesse conhecimento algum, mas que iria adquiri-lo na escola.

    características da abordagem

  • segue agora uma discussão elaborada pela autora que pode resumir a abordagem tradicional de currículo contextualizando com a globalização.

    momento de reflexão!

  • Posição de Ser passivo

    posição de ser passivo

    a visão da abordagem tradicional coloca o “aluno-receptor” como passivo no seu processo de ensino-aprendizagem, sendo o professor o único detentor do conhecimento e o “aluno” um mero ouvinte repetidor automático, além disso, o método de aprovação é dado por meio de provas e exames com o objetivo de constar o mínimo cultural aprendido e não alcançando a média é reprovado.

    não há espaço para relações educadores-educandos. isto mostra como é equivocada a concepção bancária da educação (freire, 1987, p. 58), pois não há criatividade, não há transformação, não há saber (freire, 1987, p. 58).

  • Docilidade dos corpos

    docilidade dos corpos

    o método não respeita a individualidade de cada personalidade presente em sala, não respeita o ritmo individual de cada história de vida presente, não respeita a saúde física, emocional e afetiva dos “alunos”. a abordagem coloca o conhecimento como acúmulo de informações e memorização das mesmas.

    assim como freire apresenta:

    “quanto mais se deixem docilmente ‘encher’, tanto melhores educandos serão” (freire, 1987, p.58).

    sim, mestre!

  • Artificialismo no conhecimento

    artificialismo no conhecimento

    assim sendo não há abertura para o pensamento reflexivo do aluno e isso acaba gerando certo artificialismo do conhecimento.

    a teoria tradicional não foca suas idéias na criança em desenvolvimento ou nos demais educandos em outras fases do desenvolvimento, pois se preocupa tanto com as atividades a serem cumpridas que acabam por esquecer-se do principal: quem irá apreender as informações estipuladas.

  • Educação bancária (Freire)

    educação bancária (freire)

    a educação acaba sendo vista como um produto e não como um leque que proporciona a liberdade no campo crítico e reflexivo sobre a vida e tudo o que a cerca. além disso, é uma educação bancária aonde tem o depositante (professor), os depositários (alunos) e o saque (avaliação/provas/exames/testes).

    “em lugar de comunicar-se, o educador faz ‘comunicados’ e depósitos que os educandos, meras incidências, recebem pacientemente, memorizam e repetem. eis aí a concepção ‘bancária’ da educação, em que a única margem de ação que se oferece aos educandos é a de receberem os depósitos, guardá-los e arquivá-los” (freire, 1987, p. 58).


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Abordagem Tradicional
  • Características da Abordagem
  • Posição de Ser passivo
  • Docilidade dos corpos
  • Artificialismo no conhecimento
  • Educação bancária (Freire)
  • Disciplina x Realidade
  • “Poder” é Bom e Ruim
  • “Docilização” dos corpos
  • Condicionamento do corpo (Foucault)
  • Disciplina e Autoritarismo
  • Distribuição Física da sala de aula
  • Experiência Educacional e exemplificação
  • A importância do Amor às vidas
  • Mídia e a Educação
  • Repertório Cultural
  • Precaução X Informação
  • Consciência Crítica
  • Pedagogia da Libertação (Freire)
  • Ordem opressora X Consciência crítica
  • Manifesto dos Pioneiros da Educação Nova (1932)
  • Considerações Finais
  • Referências