Curso Online de Curso da Matriz de Referência dos Descritores de Língua Portuguesa

Curso Online de Curso da Matriz de Referência dos Descritores de Língua Portuguesa

Curso da matriz de referência de Língua portuguesa, que visa esclarecer formar professores, pedagogos, alunos que ainda não dominam os co...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 10 horas

Por: R$ 35,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Curso da matriz de referência de Língua portuguesa, que visa esclarecer formar professores, pedagogos, alunos que ainda não dominam os conhecimentos dos descritores mencionados.

Sou Graduado em Pedagogia ( Ceiva ) Januária MG; Pós-graduado pela UAB/Unimontes de Montes Claros e Professor do Ensino Médio de Sociologia e Filosofia



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.
  • DESCRITORES DE LÍNGUA PORTUGUESA 9º ANO FUNDAMENTAL E 3º ANO MÉDIO

  • O QUE É DESCRITOR? DESCRITOR é o detalhamento de uma HABILIDADE COGNITIVA (em termos de grau de complexidade), que está sempre associada a um conteúdo que o estudante deve dominar na etapa de ensino em análise. Esses descritores são expressos da forma mais detalhada possível, permitindo-se a mensuração por meio de aspectos que podem ser observados.

    O QUE É DESCRITOR? DESCRITOR é o detalhamento de uma HABILIDADE COGNITIVA (em termos de grau de complexidade), que está sempre associada a um conteúdo que o estudante deve dominar na etapa de ensino em análise. Esses descritores são expressos da forma mais detalhada possível, permitindo-se a mensuração por meio de aspectos que podem ser observados.

  • O QUE SÃO HABILIDADES COGNITIVAS?
    O termo tem origem em Platão e Aristóteles, é atualmente usado pela Pedagogia e pela Psicologia em referência ao conjunto de fenômenos relacionados à aprendizagem: atenção, percepção, memória, raciocínio, juízo, imaginação, pensamento e linguagem.
    Isso é: “ Caminho que leva o aluno a buscar alguma coisa, que é o SABER, CONHECER de algum conteúdo aplicado pelo professor.”

  • O QUE É COMPETÊNCIA ?

    O QUE É COMPETÊNCIA ?

    COMPETÊNCIA - é a faculdade de mobilizar um conjunto de recursos cognitivos (SABERES, CAPACIDADES, INFORMAÇÕES, etc) para solucionar com pertinência e eficácia uma série de situações. Três exemplos :
    Saber orientar-se em uma cidade desconhecida mobiliza as capacidades de ler um mapa, localizar-se, pedir informações ou conselhos ; e os seguintes saberes : ter noção de escala, elementos da topografia ou referências geográficas.

  • Saber curar uma criança doente mobiliza as capacidades de observar sinais fisiológicos, medir a temperatura, administrar um medicamento ; e os seguintes saberes : identificar patologias e sintomas, primeiros socorros, terapias, os riscos, os remédios, os serviços médicos e farmacêuticos.

    Saber votar de acordo com seus interesses mobiliza as capacidades de saber se informar, preencher a cédula ; e os seguintes saberes : instituições políticas, processo de eleição, candidatos, partidos, programas políticos, políticas democráticas etc.

  • “Cada tópico (Língua Portuguesa) ou tema (Matemática) reúne um grupo de descritores que visa à avaliação de diferentes competências do estudante”.

    Passemos à análise dos descritores.

  • DIVISÃO DOS DESCRITORES

    DIVISÃO DOS DESCRITORES

    Na matriz de referência de português do 9º ano temos:

    06 Tópicos linguísticos que são detalhados em 21 descritores.

  • MATRIZ DE REFERÊNCIA - SAEB LÍNGUA PORTUGUESA – 9º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL TÓPICO E SEUS DESCRITORES

    MATRIZ DE REFERÊNCIA - SAEB LÍNGUA PORTUGUESA – 9º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL TÓPICO E SEUS DESCRITORES

    I – PROCEDIMENTOS DE LEITURA
    D1 Localizar informações explícitas em um texto.
    O que é isso? Informação explicita, é quando você explica tudo, com todas as letras, claramente, ou está praticamente delineada no texto.

  • TEXTO: Seja Criativo: Fuja das Desculpas Manjadas
    Entrevista com pais e psicólogos mostram que os adolescentes dizem sempre a mesma coisa quando voltam tarde de uma festa.  Conheça seis desculpas entre as mais usadas. Uma sugestão: evite-as. Os pais não acreditam.
    - Nós tivemos que ajudar uma senhora que estava passando muito  mal. Até o socorro chegar... A gente não podia deixar a pobre velhinha sozinha, não é? - O pai do amigo que ia me trazer bateu o carro. Mas não se preocupem, ninguém se machucou!
     - Cheguei um minuto depois do ônibus ter partido. Aí tive de ficar horas esperando uma carona...  - Você acredita que o meu relógio parou e eu nem percebi?  - Mas vocês disseram que hoje eu podia chegar tarde, não se  lembram?
    - Eu tentei avisar que ia me atrasar, mas o telefone daqui só dava  ocupado!
      1. De acordo com o texto, os pais não acreditam em 
    (A) adolescentes.  (B) psicólogos.  (C) pesquisas.  (D) desculpas.

  • Análise: A questão solicita a habilidade de localizar informações explícitas em um texto. Itens desse tipo oferecem diferentes graus de complexidade, pois os dados solicitados podem vir expressos literalmente no texto ou na forma de paráfrase. Para responder corretamente, é preciso ter a habilidade de seguir as pistas fornecidas. No texto Seja Criativo: Fuja das Desculpas Manjadas, o caminho para chegar à resposta é ficar atento ao que aparece nas primeiras linhas do texto. É necessário retomar o texto e localizar a informação que completa a frase "Os pais não acreditam em... desculpas."

  • Orientações Para trabalhar a habilidade relacionada a esse descritor, ler junto com os estudantes textos de diferentes gêneros e conversar muito sobre os sentidos deles é uma boa estratégia. Vale lembrar que compreensão e interpretação não são atividades que se realizam após a leitura, mas durante ela. Em seguida, o ideal é recuperar com a turma as ideias principais e mostrar como elas formam blocos significativos no texto. 


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 35,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • O QUE É DESCRITOR? DESCRITOR é o detalhamento de uma HABILIDADE COGNITIVA (em termos de grau de complexidade), que está sempre associada a um conteúdo que o estudante deve dominar na etapa de ensino em análise. Esses descritores são expressos da forma mais detalhada possível, permitindo-se a mensuração por meio de aspectos que podem ser observados.
  • O QUE É COMPETÊNCIA ?
  • DIVISÃO DOS DESCRITORES
  • MATRIZ DE REFERÊNCIA - SAEB LÍNGUA PORTUGUESA – 9º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL TÓPICO E SEUS DESCRITORES
  • Chapeuzinho Amarelo
  • D11 Distinguir um fato da opinião relativa a esse fato.
  • II – IMPLICAÇÕES DO SUPORTE, DO GÊNERO E/OU DO ENUNCIADO NA COMPREENSÃO DO TEXTO
  • D12 Identificar a finalidade de textos de diferentes gêneros.
  • III – RELAÇÃO ENTRE TEXTOS
  • TEXTO 2
  • D 21 Reconhecer posições distintas entre duas ou mais opiniões relativas ao mesmo fato ou ao mesmo tema.
  • IV – COERÊNCIA E COESÃO NO PROCESSAMENTO DO TEXTO
  • D8 Estabelecer relações entre a tese e os argumentos oferecidos para sustentá-la.
  • D9 Diferenciar as partes principais das secundárias em um texto. O que é isso? A parte principal é o primitivo de um texto e o secundário é o derivado. Em outras palavras, a parte principal o centro da argumentação de todo o assunto delineado no texto.
  • D10 Identificar o conflito gerador do enredo e os elementos que compõem a narrativa. O que é isso? Reconhecer os fatos que causam o conflito ou que motivam as ações dos personagens, originando o enredo do texto. ( Enredo é: aquilo que dá sustentação à história, ou seja, é o desenrolar dos acontecimentos )
  • D11 Estabelecer relação causa/consequência entre partes e elementos do texto.
  • D15 Estabelecer relações lógico-discursivas presentes no texto, marcadas por conjunções, advérbios, etc. O que é isso? refere-se à identificação das relações de coerência (lógico-discursivas) estabelecidas no texto.
  • V – RELAÇÕES ENTRE RECURSOS EXPRESSIVOS E EFEITOS DE SENTIDO
  • D17 Reconhecer o efeito de sentido decorrente do uso de pontuação e de outras notações.
  • VI – VARIAÇÃO LINGUÍSTICA
  • PORTUGUÊS – 3º ANO MÉDIO
  • OBSERVAÇÕES
  • Elaboração Reivilson
  • Fontes: