Curso Online de Educação Especial numa perspectiva inclusiva - Segundo Maria Tereza Égler Mantoan e Legislação vigente.
5 estrelas 1 aluno avaliou

Curso Online de Educação Especial numa perspectiva inclusiva - Segundo Maria Tereza Égler Mantoan e Legislação vigente.

Na perspectiva inclusiva, não se trata apenas da permanência física dos alunos com necessidades especiais, junto aos demais educandos,...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 4 horas

Por: R$ 19,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Na perspectiva inclusiva, não se trata apenas da permanência física dos alunos com necessidades especiais, junto aos demais educandos, mas representa a ousadia de rever concepções e paradigmas inclusivos educacionais especiais na rede regular de ensino, bem como desenvolver o potencial dessas pessoas, respeitando suas diferenças e atendendo suas necessidades.

*Graduado em Letras pelo Centro Universitário Unimódulo (2007). Licenciado em Pedagogia pela Faculdade Dottori (2012). Especialista em Formação de Professores pela UNIDERP (2009). Em 2009 foi aprovado na Pós-Graduação em Metodologia do Ensino Fundamental pela Universidade Federal de Goiás e no Mestrado em Política e Gestão da Educação pelo Instituto Universitário Claeh no Uruguai. Foi Consultor Pedagógico dos cursos de Pós-Graduação e Formação Especial Docente do Instituto Cotemar. Já atuou como docente na rede particular ( Anglo, Etapa, Moderna e Ético); Foi professor de 2005 a 2011 na rede estadual e municipal de Caraguatatuba/SP e de São Sebastião/SP. Foi professor do SENAC/SJC ministrando o curso de Formação Inicial para o Mercado de Trabalho. Atualmente é Diretor Pedagógico da Phoenix Assessoria Educacional, Gestor do Pólo Universitário da Faculdade Campos Elíseos em Caraguatatuba/SP, Tutor presencial dos cursos de Letras e Pedagogia da Universidade Braz Cubas - Pólo Caraguatatuba/SP e Professor dos Cursinhos para Concursos Públicos da Escola Técnica Dom Bosco em Caraguatatuba/SP. Tem ênfase em Educação, Formação de Professores, Didática e Metodologia do Ensino.


"foi um curso mito bom, aprendir muito sobre inclusao e educaçao especial"

- Wilvia Pereira De Aviz

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • educação especial
    numa perspectiva de educação inclusiva

    prof. kellermann

  • Para a educadora Maria Teresa Égler Mantoan, na escola inclusiva professores e alunos aprendem uma lição que a vida dificilmente ensina: respeitar as diferenças. Esse é o primeiro passo para construir uma sociedade mais justa.

    para a educadora maria teresa égler mantoan, na escola inclusiva professores e alunos aprendem uma lição que a vida dificilmente ensina: respeitar as diferenças. esse é o primeiro passo para construir uma sociedade mais justa.

  • A Educação Especial, entende-se como um processo educacional definido por uma proposta pedagógica que assegure recursos e serviços educacionais especiais, organizados institucionalmente para apoiar, complementar, suplementar e, em alguns casos, substituir os serviços educacionais comuns de modo a garantir a educação escolar e promover o desenvolvimento das potencialidades dos educandos que apresentam necessidades educacionais especiais, em todas as etapas, modalidades e níveis de ensino.

    a educação especial, entende-se como um processo educacional definido por uma proposta pedagógica que assegure recursos e serviços educacionais especiais, organizados institucionalmente para apoiar, complementar, suplementar e, em alguns casos, substituir os serviços educacionais comuns de modo a garantir a educação escolar e promover o desenvolvimento das potencialidades dos educandos que apresentam necessidades educacionais especiais, em todas as etapas, modalidades e níveis de ensino.

    educação especial

  • na perspectiva inclusiva, não se trata apenas da permanência física dos alunos com necessidades especiais, junto aos demais educandos, mas representa a ousadia de rever concepções e paradigmas inclusivos educacionais especiais na rede regular de ensino, bem como desenvolver o potencial dessas pessoas, respeitando suas diferenças e atendendo suas necessidades.

  • o respeito e a valorização da diversidade dos alunos exige que a escola defina sua responsabilidade no estabelecimento de relações que possibilitem a criação de espaços inclusivos, bem como procure superar a produção, pela própria escola, de necessidades especiais.

    (diretrizes nacionais para a educação especial na educação básica)

  • entende-se por inclusão a garantia, a todos, do acesso contínuo ao espaço comum da vida em sociedade, devendo esta se orientar por relações de acolhimento à diversidade humana, de aceitação das diferenças individuais, de esforço coletivo na equiparação de oportunidades de desenvolvimento, com qualidade, em todas as dimensões da vida.

    inclusão

  • propõe um novo modo de interação social no qual há uma revolução de valores e atitudes que exige mudanças na estrutura da sociedade e da própria educação escolar.
    não se trata de criar uma estrutura especial para o atendimento de quaisquer educandos, mas de fazer com que a estrutura educacional existente seja eficiente para atender a todos nos seus diferentes níveis de ensino.

  • perspectiva da inclusão
    ofertas de atendimento:
    - na classe comum, mediante atuação de professor da educação especial, de professores intérpretes das linguagens e códigos aplicáveis -língua de sinais, sistema braille, instrutores surdos e itinerancia;

  • - na sala de recursos, nas quais o professor da educação especial realiza a complementação e/ou suplementação curricular, utilizando equipamentos e materiais específicos.

  • diretrizes

    i - a preservação da dignidade humana

    ii - a busca da identidade ; e

    iii - o exercício da cidadania

  • FUNDAMENTOS LEGAIS

    fundamentos legais

    constituição federal

    artigo 208 – inciso iii

    refere ao atendimento educacional especializado aos portadores de deficiência, preferencialmente, na rede regular de ensino.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 19,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Para a educadora Maria Teresa Égler Mantoan, na escola inclusiva professores e alunos aprendem uma lição que a vida dificilmente ensina: respeitar as diferenças. Esse é o primeiro passo para construir uma sociedade mais justa.
  • A Educação Especial, entende-se como um processo educacional definido por uma proposta pedagógica que assegure recursos e serviços educacionais especiais, organizados institucionalmente para apoiar, complementar, suplementar e, em alguns casos, substituir os serviços educacionais comuns de modo a garantir a educação escolar e promover o desenvolvimento das potencialidades dos educandos que apresentam necessidades educacionais especiais, em todas as etapas, modalidades e níveis de ensino.
  • FUNDAMENTOS LEGAIS
  • Objetivo da Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva
  • Diretrizes da Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva
  • Artigo 227
  • Definição referendada na Lei de Diretrizes e Bases para a Educação Nacional - n.º 9394/96, nas Diretrizes Nacionais para a Educação Especial na Educação Básica e demais marcos legais do Conselho Nacional de Educação Resolução 02/2001- CNE e do Conselho Estadual de Educação Resolução 261/2002CEE
  • Capítulo V – Lei n.º 9394/96 Artigo n.º 58
  • Artigo n.º 59 da LDB
  • Decreto 3298/99 Refere-se a Política Nacional para Integração da Pessoa Portadora de Deficiência Lei 7 853/89 Dispõe sobre o apoio às pessoas portadoras de deficiência, sua integração social, institui a tutela jurisdicional de interesses coletivos ou difusos dessas pessoa, disciplina atuação do Ministério Público, define crimes e dão outras providências.