Curso Online de EDUCAÇÃO INFANTIL: CUIDAR/EDUCAR E ORGANIZAÇÃO DO TEMPO/ESPAÇO

Curso Online de EDUCAÇÃO INFANTIL: CUIDAR/EDUCAR E ORGANIZAÇÃO DO TEMPO/ESPAÇO

Este curso visa mapear as rotinas nas instituições de Educação Infantil considerando a indissociabilidade entre o cuidar e o educar,além ...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 14 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Este curso visa mapear as rotinas nas instituições de Educação Infantil considerando a indissociabilidade entre o cuidar e o educar,além de abordar a organização do ambiente e do tempo nas instituições de Educação Infantil.

Professor de História desde 2010 Formação: Licenciatura em História pela Universidade UNIABEU - RJ, atualmente cursando Pós graduação em Planejamento, Implementação e Gestão da Educação a Distância na Universidade Federal Fluminense ( UFF ) e Pedagogia na Unirio ( UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO ) Especialização em Administração com foco em Marketing. Especialização em Sociologia e Filosofia pela Fundação Getúlio Vargas ( FGV )



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • EDUCAÇÃO INFANTIL: CUIDAR/EDUCAR E ORGANIZAÇÃO DO TEMPO/ESPAÇO

    EDUCAÇÃO INFANTIL: CUIDAR/EDUCAR E ORGANIZAÇÃO DO TEMPO/ESPAÇO

  • Durante muito tempo a creche foi uma instituição para abrigar e salvar crianças (pobres) cujas famílias não possuíam estrutura para fazê-lo. Assim, a maior preocupação das propostas presentes nas creches era com a higiene, considerada extremamente precária entre as camadas populares, e com a saúde, tendo em vista o altíssimo grau de mortalidade

  • infantil. Em contrapartida, nos Jardins de Infância e Escolas Maternais, já havia toda uma preocupação com aspectos pedagógicos.
    Durante muito tempo esta dicotomia prevaleceu. Tínhamos dois tipos de instituição atendendo a crianças da mesma faixa etária:

  • a creche, que atendia à criança carente, onde o assistencialismo predominava e a pré-escola, que atendia à classe média, prevalecendo o caráter pedagógico no atendimento. Atualmente, como discutido por Silva e Bolsanello (2002):

  • O trabalho com crianças de zero a seis anos pressupõe o cuidado e a educação como intrínsecos à relação cotidiana. De um lado, as crianças necessitam dos cuidados essenciais ligados às questões de alimentação, vestuário, saúde, pelos quais todos os seres humanos são subjugados. De outro, necessitam também da interferência imediata,

  • em especial do adulto, para a realização destes cuidados e outras tarefas do dia a dia. Fica evidenciado que as atividades ligadas estritamente ao ato do cuidado são de extrema importância e que este ato não pode pretender-se desvinculado do processo de

  • desenvolvimento, embora esta desvinculação tenha prevalecido (e ainda prevaleça) na concepção de atendimento às crianças em muitas creches e escolas de educação infantil, por décadas.

  • As Diretrizes Nacionais para a Educação Infantil (1999) apontam que o educar e o cuidar devem caminhar juntos, considerando de forma democrática as diferenças individuais e, ao mesmo tempo, a natureza complexa da criança. Nesse sentido, o Referencial Curricular Nacional

  • para Educação Infantil (2000) também traz contribuições e orienta que o ato de educar signifi ca propiciar situações de cuidados e brincadeiras organizadas em função das características infantis, de forma a favorecer o desenvolvimento e a aprendizagem.

  • Sendo assim, para compreendermos a indissociabilidade entre educar e cuidar precisamos pensar em uma ação pedagógica respaldada em uma visão integrada acerca do desenvolvimento da criança, que respeite a individualidade e favoreça situações de aprendizagem significativas e

  • prazerosas. Levando ao desenvolvimento das capacidades da criança e de próprio conhecimento em relação a si e ao mundo. Mas, como discutido por Forest e Weiss (2008):
    A realidade em muitas instituições tem revelado a confusão e as dificuldades instaladas ao longo de décadas


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • EDUCAÇÃO INFANTIL: CUIDAR/EDUCAR E ORGANIZAÇÃO DO TEMPO/ESPAÇO
  • ROTINAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL
  • CONCLUSÃO
  • RESUMO
  • A ORGANIZAÇÃO DO AMBIENTE E DO TEMPO
  • CONCLUSÃO
  • RESUMO
  • REFERÊNCIAS