Curso Online de HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO NO BRASIL: DE 1500 A 1889
5 estrelas 1 aluno avaliou

Curso Online de HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO NO BRASIL: DE 1500 A 1889

A História da Educação Brasileira não é uma História difícil de ser estudada e compreendida. Ela evolui em rupturas marcantes e fácei...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 3 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

A História da Educação Brasileira não é uma História difícil de ser estudada e compreendida. Ela evolui em rupturas marcantes e fáceis de serem observadas.
A primeira grande ruptura travou-se com a chegada mesmo dos portugueses ao território do Novo Mundo. Não podemos deixar de reconhecer que os portugueses trouxeram um padrão de educação próprio da Europa, o que não quer dizer que as populações que por aqui viviam já não possuíam características próprias de se fazer educação. E convém ressaltar que a educação que se praticava entre as populações indígenas não tinha as marcas repressivas do modelo educacional europeu.

Produziu cursos na área de Instrumentação Cirúrgica, onde é formado desde 2003. Autor de mais de 100 cursos na área da saúde onde atuou por mais de 10 anos na enfermagem onde é formado desde 2004. Também produziu aproximadamente 200 cursos na área da educação (Geografia e História principalmente) onde cursou Licenciatura em História de 2009 a 2013. Autor também de alguns cursos de Administração onde cursa atualmente o 3º semestre em Administração e Gestão pela IERGS em Porto Alegre - RS. Pós-Graduado em História do Brasil pela PROMINAS.


- Graziela Garcia Fragoso De Souza

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO NO BRASIL: DE 1500 A 1889

    HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO NO BRASIL: DE 1500 A 1889

  • História da Educação no Brasil: de 1500 a 1889

    História da Educação no Brasil: de 1500 a 1889

    Política Públicas e Organização da Educação Básica

  • O Padroado

    O Padroado

    Grande vinculação entre Igreja e Estado – Igreja como instituição estatal;
    Catolicismo impregna com seus valores a vida social e cultural da colônia;
    Ideologia católica servindo aos objetivos do Estado colonial e imperial;
    Imperador com poderes amplos de censura e fiscalização.

  • Jesuítas

    Jesuítas

    Movimento originado na Europa como recurso da contra-reforma;
    Objetivo inicial: catequisar e instruir índios e escravos;
    Objetivo real: educar os descendentes dos colonizadores – novos líderes;
    Responsáveis pelo processo educacional no Brasil até 1759.

  • Metodologia dos Jesuítas

    Metodologia dos Jesuítas

    Ratio Studiorum: essencialmente religioso, conteúdo literário e método escolástico (rígida disciplina, leitura e repetição, ...);
    Valorização do latim em detrimento às línguas modernas;
    Sem estudo das ciências naturais, por sua relação com o movimento renascentista e iluminista.

  • Formação Universal Jesuítica

    Formação Universal Jesuítica

    Formação humanista, valorização das humanidades;
    Privilégio do trabalho intelectual, sem valor para o trabalho manual;
    Busca pelo modelo europeu de civilização, sem enfrentamento da realidade local;
    Melhores alunos encaminhados para a Ordem, para estudar teologia na Europa;

  • Reforma Pombalina

    Reforma Pombalina

    Marques de Pombal efetivou reforma educacional em Portugal e expulsou Jesuítas do Brasil em 1759;
    Motivação: econômica e o fato da Ordem colocar em destaque seus interesses e não os do país;
    Não provoca rompimento com a tradição no campo educacional;

  • Após 1759

    Após 1759

    Contribuições da reforma pombalina:
    surgimento do ensino público propriamente dito;
    inserção de conteúdos científicos (ciências da natureza);
    Sem transformação da essência da educação brasileira;
    Longo período sem políticas voltadas à educação;

  • Século XIX

    Século XIX

    Instalação do reino Portugues no Brasil (1808);
    Declaração da independência e criação do Império (1822): aliança da classe dominante com burguesia européia ;
    Não provoca grandes transformações econômicas (só comércio internacional), políticas (liberalismo) ou sociais (escravidão, monarquia).

  • Educação Básica no Século XIX

    Educação Básica no Século XIX

    Sem mudanças significativas;
    Precário atendimento escolar, mesmo para a elite;
    Sistema educacional desarticulado nacionalmente, falho em quantidade e qualidade;
    Baseado em conteúdo literário e voltado à continuidade dos estudos em nível superior;

  • Ensino Elementar no Século XIX

    Ensino Elementar no Século XIX

    Discussões na Assembléia Constituinte (1823 – 1824) para “sistema nacional de educação”;
    Decreto de 1827 determina criação de escolas em todas as cidades e lugarejos;
    Na prática, sem necessidade da formação elementar para continuidade dos estudos:
    Elite, educação em casa ou professores contratados;
    Demais, poucas escolas que ensinavam a ler, escrever e contar.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO NO BRASIL: DE 1500 A 1889
  • História da Educação no Brasil: de 1500 a 1889
  • O Padroado
  • Jesuítas
  • Metodologia dos Jesuítas
  • Formação Universal Jesuítica
  • Reforma Pombalina
  • Após 1759
  • Século XIX
  • Educação Básica no Século XIX
  • Ensino Elementar no Século XIX
  • Ensino Secundário no Século XIX
  • Educação Profissional do Século XIX
  • Educação Superior no Século XIX
  • Os Professores no Século XIX
  • Síntese
  • Referências
  • FIM
  • PROFESSOR VILSON DIAS MORALES