Curso Online de Análise de Hardware

Curso Online de Análise de Hardware

O Curso de Análise de Hardware capacita o indivíduo a levantar dados e informações sobre desempenho, custo, durabilidade, entre outras ca...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 13 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Mais de 0 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

O Curso de Análise de Hardware capacita o indivíduo a levantar dados e informações sobre desempenho, custo, durabilidade, entre outras características do hardware dos mais diversos tipos de computadores.

Técnico em informática com cursos de: Informática Montagem e Desmontagem de Computadores Manutenção de Computadores Hardware



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.
  • Curso de Análise de Hardware

    Curso de Análise de Hardware

    Curso criado por: Stépherson Padilha Costas Soares

  • Introdução

    Introdução

    Para um leigo, um computador pode parecer uma máquina misteriosa, uma “caixa preta” onde de alguma forma mística são guardadas e processadas informações. Porém, de misterioso os computadores não têm nada. Tudo funciona de maneira ordenada, e até certo ponto simples.

  • Hardware

    Hardware

    Hardware é o nome dado a parte física não só de computadores mas também de todo tipo de equipamento que precisa de processamento(isto inclui automóveis, celulares, equipamentos hospitalares, aparelhos de televisão e inúmeros outros). Assim como a parte lógica (software) do computador a parte física (hardware) também evoluiu. No entanto silenciosamente evoluiu também o mercado trabalho para essas áreas e isso faz do profissional qualificado parte importante desse processo.

  • Analógico ou Digital

    Analógico ou Digital

    Analógico
    Uma música de um grupo qualquer, é gravada numa fita K-7 de forma analógica, codificada na forma de uma grande onda, que pode assumir um número ilimitado de freqüências. Um som grave seria representado por um ponto mais baixo da onda, enquanto um ponto mais alto representaria um som agudo. O problema com esta representação, é que qualquer interferência causa distorções no som. Se os computadores trabalhassem com dados analógicos, certamente seriam muito passíveis de erros, pois qualquer interferência, por mínima que fosse, causaria alterações nos dados processados e consequentemente nos resultados.

  • Analógico ou Digital

    Analógico ou Digital

    Digital
    O sistema digital por sua vez, permite armazenar qualquer informação na forma de uma sequência de valores positivos e negativos, ou seja, na forma de uns e zeros. O número 181 por exemplo, pode ser representado digitalmente como 10110101. Qualquer dado, seja um texto, uma imagem, um programa, ou qualquer outra coisa será processado e armazenado na forma de uma grande sequência de uns e zeros. É justamente o uso do sistema binário que torna os computadores confiáveis, pois a possibilidade de um valor 1 ser alterado para um valor 0, ou oposto, é muito pequena. Lidando com apenas dois valores diferentes, a velocidade de processamento também torna-se maior, devido à simplicidade dos cálculos.

  • Bits e Bytes

    Bits e Bytes

    Cada valor binário é chamado de “bit”, contração de “binary digit” ou “dígito binário”. Um conjunto de 8 bits forma um byte e um conjunto de 1024 bytes forma um Kilobyte (ou Kbyte). O número 1024 foi escolhido pois é a potência de 2 mais próxima de 1000. Um conjunto de 1024 Kbytes forma um Megabyte (1048576 bytes) e um conjunto de 1024 Megabytes forma um Gigabyte (1073741824 bytes). Os próximos múltiplos são o Terabyte (1024 Megabytes) e o Petabyte (1024 Terabytes) Também usamos os termos Kbit, Megabit e Gigabit, para representar conjuntos de 1024 bits. Como um byte corresponde a 8 bits, um Megabyte corresponde a 8 Megabits e assim por diante.

  • Arquitetura Básica

    Arquitetura Básica

    A arquitetura básica de qualquer computador completo, seja um PC, um Machintosh ou um computador de grande porte, é formada por apenas 5 componentes básicos: processador, memória RAM, disco rígido, dispositivos de entrada e saída e softwares.

  • Gabinete

    Gabinete

    Pode parecer esquisito abordar o gabinete como parte do hardware. Contudo, esse componente é essencial para comportar os demais itens. Além de armazenar as placas, discos e demais peças, o gabinete possibilita a organização dos cabos e serve como um local para resfriamento do hardware.

  • Gabinete

    Gabinete

    Normalmente o gabinete é fabricado com metais de alta resistência mecânica, ou seja, um material bem duro para evitar danos às peças que estão no interior. Todavia, existem modelos com acabamento em acrílico, plástico e outros materiais.

  • Gabinete

    Gabinete

    Um erro recorrente, e inclusive normal, é chamar o gabinete de CPU. Na realidade, ele armazena a CPU, mas está longe de ser uma. É preciso sempre ter em mente que o gabinete não tem qualquer função eletrônica, enquanto o processador (CPU) é um item “pensante”.

  • Placa-mãe

    Placa-mãe

    A placa-mãe só não é o principal componente do computador porque não é ela quem executa os programas. Todavia ela é a peça que une todos os demais itens de hardware, o que a torna essencial para o funcionamento da máquina.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Curso de Análise de Hardware
  • Introdução
  • Hardware
  • Analógico ou Digital
  • Bits e Bytes
  • Arquitetura Básica
  • Gabinete
  • Placa-mãe
  • Processador
  • Memória RAM
  • HD
  • Slots PCI
  • Slots PCI-Express
  • Placa de vídeo
  • Fonte
  • Drive ótico
  • Análise de Características de um Processador
  • Fabricante
  • Série Intel
  • Série AMD
  • Soquete
  • Quantidade de núcleos
  • Frequência
  • Memória cache
  • Nanotecnologia
  • Chip gráfico
  • Análise de características da Memória RAM
  • Quantidade e velocidade
  • O padrão atual
  • PCs domésticos
  • PCs para trabalho
  • PCs para Games
  • Módulo
  • Análise de Características de um HD
  • Qual padrão é o melhor?
  • Espaço x Velocidade
  • Padrões de Velocidade
  • Futuro
  • Análise de características de Placa-mães
  • Futureproof
  • O soquete certo
  • O chipset faz toda diferença
  • Compatibilidade
  • Quantidade de Memória RAM
  • Outras características
  • Análise de características de Placas de Vídeo
  • Características Gerais
  • Onboard
  • O conector
  • Substitutos do VGA
  • Análise de características da Fonte
  • Introdução
  • Potência
  • PFC
  • Proteções
  • Conectores
  • Modular ou não modular?
  • Refrigeração
  • Análise de caracerísticas de Acessórios
  • Tipos de Monitores
  • Tipos de Teclado
  • Tipos de Mouse
  • Constante Evolução
  • Tecnologias que PODEM ficar obsoletas em alguns anos
  • Fim do Curso