Curso Online de TRABALHO NOTURNO
5 estrelas 1 aluno avaliou

Curso Online de TRABALHO NOTURNO

Neste curso aprenderemos sobre: TRABALHO NOTURNO; HORÁRIO NOTURNO; HORA NOTURNA; INTERVALO; TABELA E CÁLCULO PRÁTICO DE HORAS NOTURNAS; ...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 5 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Neste curso aprenderemos sobre:
TRABALHO NOTURNO;
HORÁRIO NOTURNO;
HORA NOTURNA;
INTERVALO;
TABELA E CÁLCULO PRÁTICO DE HORAS NOTURNAS;
CÁLCULO PRÁTICO;
TRABALHO NOTURNO DA MULHER;
TRABALHO NOTURNO DO MENOR;
ADICIONAL NOTURNO;
TRABALHO NOTURNO DO MENOR;
CESSAÇÃO DO DIREITO;
TURNOS ININTERRUPTOS DE REVEZAMENTO;
BANCO DE HORAS;
TRABALHADORES AVULSOS E TEMPORÁRIOS;
EMPREGADO DOMÉSTICA;
ADVOGADO;
ATIVIDADES PETROLÍFERAS ;
INTEGRAÇÃO DO SALÁRIO;
FORMALIZAÇÃO DO PAGAMENTO;
HORA EXTRA NOTURNA;
VIGIAS E VIGILANTES;
ENCARGOS SOCIAIS;
PENALIDADES;
JURISPRUDÊNCIA;
QUESTÕES DE AVALIAÇÃO.

TSS - Troubleshooting Strategist; Consultor em Pesquisa Institucional (E-mec/Inep); Educador e Professor; Palestrante, Autor e Advogado, OAB/MG 94.245. Consultor na área de TSS: Troubleshooting Strategy em Desenvolvimento Educacional, Incremento Profissional, Treinamentos Motivacionais, Recursos Humanos, Neurolinguística, Coaching e Mentoring para colaboradores, profissionais e estudantes, com sólida vivência como palestrante, elaborando e ministrando cursos diversos na formação de líderes, por uma busca constante pela excelência em resultados de curto, médio e longo prazos. http://2013ricardoaugusto.wix.com/svrge


- Priscilla Cesar Vinheiros

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • RICARDO AUGUSTO,
    Educador/Professor, Advogado, Doutor em Educação – Corllins University; MBA em Direito Empresarial – FGV, Especialista em Direito Público e Privado – UNIGRANRIO/PRAETORIUM, Especialista em Docência Superior em Petróleo, Comércio Exterior e Logística – FAESA; Doutorando em Ciências Jurídicas e Sociais – UMSA.

    TRABALHO
    NOTURNO

  • Neste curso aprenderemos sobre:
    TRABALHO NOTURNO;
    HORÁRIO NOTURNO;
    HORA NOTURNA;
    INTERVALO;
    TABELA E CÁLCULO PRÁTICO DE HORAS NOTURNAS;
    CÁLCULO PRÁTICO;
    TRABALHO NOTURNO DA MULHER;
    TRABALHO NOTURNO DO MENOR;
    ADICIONAL NOTURNO;
    TRABALHO NOTURNO DO MENOR;
    CESSAÇÃO DO DIREITO;
    TURNOS ININTERRUPTOS DE REVEZAMENTO;

    BANCO DE HORAS;
    TRABALHADORES AVULSOS E TEMPORÁRIOS;
    EMPREGADO DOMÉSTICA;
    ADVOGADO;
    ATIVIDADES PETROLÍFERAS ;
    INTEGRAÇÃO DO SALÁRIO;
    FORMALIZAÇÃO DO PAGAMENTO;
    HORA EXTRA NOTURNA;
    VIGIAS E VIGILANTES;
    ENCARGOS SOCIAIS;
    PENALIDADES;
    JURISPRUDÊNCIA;
    QUESTÕES DE AVALIAÇÃO.

  • TRABALHO NOTURNO
     
    A Constituição Federal, no seu artigo 7º, inciso IX, estabelece que são direitos dos trabalhadores, além de outros, remuneração do trabalho noturno superior à do diurno.
     
    HORÁRIO NOTURNO
     
    Considera-se noturno, nas atividades urbanas, o trabalho realizado entre as 22:00 horas de um dia às 5:00 horas do dia seguinte.
     
    Nas atividades rurais, é considerado noturno o trabalho executado na lavoura entre 21:00 horas de um dia às 5:00 horas do dia seguinte, e na pecuária, entre 20:00 horas às 4:00 horas do dia seguinte.

  • HORA NOTURNA
     
    A hora normal ou diurna tem a duração de 60 (sessenta) minutos e a hora noturna, por disposição legal, nas atividades urbanas, é computada como sendo de 52 (cinqüenta e dois) minutos e 30 (trinta) segundos. Ou seja, cada hora noturna sofre a redução de 7 minutos e 30 segundos ou ainda 12,5% sobre o valor da hora diurna. Portanto, a cada 52 (cinqüenta e dois) minutos e 30 (trinta) segundos trabalhados no período noturno, será computado 1 (uma) hora de jornada trabalhada.  Assim sendo, considerando o horário das 22:00 às 5:00 horas, temos 7 (sete) horas-relógio que correspondem a 8 (oito) horas de jornada de trabalho.
     
    Nota: Nas atividades rurais a hora noturna é considerada como de 60 (sessenta) minutos, não havendo, portanto, a redução como nas atividades urbanas.

  • INTERVALO
     
    No trabalho noturno também deve haver o intervalo para repouso ou alimentação, sendo:

  • Ao intervalo para repouso ou alimentação não se aplica a redução da hora, prevalecendo para esse efeito a de 60 minutos.
     
    A concessão do período de repouso ou alimentação aplica-se inclusive a vigias, vigilantes, zeladores, porteiros e outras funções assemelhadas sem qualquer distinção. Mesmo em acordos de revezamento devem existir os respectivos intervalos, sob pena de pagamento de multas e horas complementares.
     

  • TABELA E CÁLCULO PRÁTICO DE HORAS NOTURNAS
     
    A tabela seguinte se faz prática para uma visualização da determinação da jornada de trabalho. Antes de definirmos a tabela e demonstrarmos os cálculos, acharemos o coeficiente de conversão da hora noturna para hora diurna.
     
    Coeficiente de conversão    =   Total da jornada diurna : total da jornada noturna
    Coeficiente de conversão    =   8 : 7
    Coeficiente de conversão =  1,142857
     
    Partindo deste coeficiente, demonstraremos na tabela a seguir a quantidade de horas noturnas trabalhadas (de 30 em 30 minutos) e o cômputo equivalente em horas diurnas:

  • Demonstraremos outra tabela partindo do princípio da jornada noturna (52' e 30''), para se chegar as horas diurnas trabalhadas utilizando também o coeficiente de conversão:

  • CÁLCULO PRÁTICO
     
    Para se calcular as horas noturnas, podemos utilizar também o seguinte raciocínio: divida o número de horas-relógio por 52,5 (corresponde a 52’30") e multiplique por 60':
     
    nº de horas : 52,5 x 60 = nº de horas noturnas

    Nota: Observe que os resultados do exemplo 2 estão em centesimais, ou seja, se for converter o resultado centesimal de 5,71 em horas, teremos 5:42 horas (conforme cálculo apresentado na tabela acima).

    Para confirmar a conversão das horas centesimais acima em horas normais, aplicamos a regra abaixo considerando sempre os dois dígitos após a vírgula (que seriam os minutos), já que o valor à frente da vírgula é um valor inteiro em horas:

  • Cálculo Prático
     
    Valor convertido = Valor centesimal x 60'
    Valor convertido = 0,71 x 60
    Valor convertido = 42 minutos

    Portanto, o valor centesimal após a vírgula (71) equivale, em horas, a 42 minutos, ou seja, 5:42 horas.

  • TRABALHO NOTURNO DA MULHER

    Desde a promulgação da vigente Constituição Federal, é permitido às mulheres trabalharem no período noturno, qualquer que seja a atividade da empresa, aplicando-se ao trabalho noturno feminino os dispositivos que regulam o trabalho masculino, em função do artigo 5º, inciso I, da Constituição Federal de 1988:

    "Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
    I - homens e mulheres são iguais em direitos e obrigações, nos termos desta Constituição."

    Os artigos 379 e 380 da CLT que tratavam do trabalho noturno da mulher, foram revogados pela Lei 7.855/89.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • TRABALHO NOTURNO;
  • HORÁRIO NOTURNO;
  • HORA NOTURNA;
  • INTERVALO;
  • TABELA E CÁLCULO PRÁTICO DE HORAS NOTURNAS;
  • CÁLCULO PRÁTICO;
  • TRABALHO NOTURNO DA MULHER;
  • TRABALHO NOTURNO DO MENOR;
  • ADICIONAL NOTURNO;
  • TRABALHO NOTURNO DO MENOR;
  • CESSAÇÃO DO DIREITO;
  • TURNOS ININTERRUPTOS DE REVEZAMENTO;
  • BANCO DE HORAS;
  • TRABALHADORES AVULSOS E TEMPORÁRIOS;
  • EMPREGADO DOMÉSTICA;
  • ADVOGADO;
  • ATIVIDADES PETROLÍFERAS ;
  • INTEGRAÇÃO DO SALÁRIO;
  • FORMALIZAÇÃO DO PAGAMENTO;
  • HORA EXTRA NOTURNA;
  • VIGIAS E VIGILANTES;
  • ENCARGOS SOCIAIS;
  • PENALIDADES;
  • JURISPRUDÊNCIA;
  • QUESTÕES DE AVALIAÇÃO.