Curso Online de Conhecendo a Sintaxe - Parte I

Curso Online de Conhecendo a Sintaxe - Parte I

Introduz o estudo da sintaxe, explicando quais os termos que compõem uma oração. Através desta identificação, será mais fácil realizar a ...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 3 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 25,00
(Pagamento único)

Mais de 10 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Introduz o estudo da sintaxe, explicando quais os termos que compõem uma oração. Através desta identificação, será mais fácil realizar a análise sintática. Segunda parte deste curso.

Sou formada em Letras, pela Universidade Estadual do Ceará, desde 2000. Trabalhei como revisora no SEBRAE durante os anos de 1999 a 2000 e, de lá para cá venho trabalhando com educação. Fui professora de Espanhol do Núcleo de Língua da UECE por dois anos, fui professora de Língua Portuguesa e História/Geografia no Colégio Juvenal de Carvalho (de 2001 a 2008), trabalhei como orientadora de trabalhos técnicos no SENAI e, atualmente, sou professora de Português e Literatura pela Prefeitura Municipal de Fortaleza. Atualmente, faço pós-graduação em Administração Escolar, pois pretendo atuar na área.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • CONHECENDO A SINTAXE.... PARTE I

    conhecendo a sintaxe.... parte i

    uma parte fundamental para quem quer aprofundar-se no português e passar em concursos ou vestibulares!

  • O Que é Sinatxe?

    sintaxe é a parte da gramática que estuda a relação entre os diferentes termos que compõem uma oração, ou, ainda, entre as várias orações que podem formar um período.
    a sintaxe é muito empregada na análise sintática, que nada mais é que decompor e classificar os elementos que formam uma oração, a fim de estabelecer uma relação de lógica entre eles.

    o que é sinatxe?

  • Relembrando...

    a sintaxe gira em torno de uma ou mais orações. então, o que é uma oração? em palavras simples, nada mais é que uma frase que se organiza (se estrutura) em torno de um verbo ou de uma locução verbal, mesmo que esta oração não tenha sentido completo, pois sabemos que existem dois tipos de oração:
    a) coordenada: onde as orações são independentes entre si e cada uma possui seu significado.
    b) subordinada: uma oração estabelece relação de subordinação à outra, tendo uma sentido completo e a outra, não.

    relembrando...

  • TERMOS ESSENCIAIS DA ORAÇÃO

    normalmente, as orações se estruturam a partir de um sujeito e de um predicado, que são os dois termos essenciais (mais importantes) da oração. isso quando temos uma oração completa.
    o ser (algo ou alguém) de quem se informa algo é chamado de sujeito e pode vir em qualquer parte da oração (início, meio ou fim).
    a informação dada sobre o sujeito é denominada de predicado. vale ressaltar que o verbo sempre estará no predicado e, as informações referentes a ele também (seus complementos, por exemplo).

    termos essenciais da oração

  • Exemplificando:

    a) george dirigia seu carro em alta velocidade.
    sujeito: george (quem fazia algo)
    predicado: dirigia seu carro em alta velocidade (o que o sujeito fazia).
    b) minha vida era uma grande ilusão!
    sujeito: minha vida (ser de quem se fala)
    predicado: era uma grande ilusão (aquilo que se fala sobre o sujeito).
    c) aconteceram coisas horríveis naquela casa.
    sujeito: naquela casa
    predicado: aconteceram coisas horríveis
    obs.: note que, no exemplo c, o sujeito vem no final da oração.

    exemplificando:

  • CLASSIFICANDO O SUJEITO

    para classificarmos o sujeito, faz-se necessário, antes, esclarecer que o sujeito pode ter apenas um núcleo (parte mais importante) ou mais de um.
    quando o sujeito contiver apenas um núcleo, ele será denominado sujeito determinado simples. ex.:
    a) o mato crescia sem parar. (sujeito: o mato/ núcleo: mato);
    b) os alunos do terceiro ano sairão da escola direto para a universidade. (sujeito: os alunos do terceiro ano/ núcleo: alunos).

    classificando o sujeito

  • quando o sujeito for composto por mais de um núcleo, ele será denominado sujeito determinado composto. ex.:

    a) carlos e ana estavam muito felizes com o casamento. (sujeito: carlos e ana/ núcleo: carlos; ana);
    b) todas aquelas flores e laços tornaram o ambiente mais agradável.(sujeito: todas aquelas flores e laços/ núcleo: flores; laços).
    c) muitos alunos e alguns professores não se entenderam quanto à feira de ciências. (sujeito: muitos alunos e alguns professores/ núcleo: alunos; professores).

  • além destes tipos de sujeito, onde se leva em consideração a quantidade de núcleos para classificá-los, há ainda mais três, que levam em consideração outros fatores. são eles:
    a) sujeito desinencial ou oculto: ocorre quando a oração está na 1ª pessoa do singular ou do plural, mas os pronomes não estão explícitos na frase (escritos). ex.:
    falei sobre você ainda ontem. (sujeito desinencial: eu).
    viajaremos para madrid na nossa lua-de-mel. (suj. desinencial: nós)
    b) sujeito indeterminado: ocorre quando a informação contida no predicado não pode ser atribuída a um ser específico, ou seja, não se pode identificar o agente da ação. ex.:
    falaram muito bem de você, professor. (quem falou?)
    ainda acredita-se no futuro desta nação. (quem acredita?)

  • c) oração sem sujeito: isso só ocorrerá quando a informação prestada pelo predicado não puder ser atribuída a nenhum ser. isso ocorre com verbos impessoais, como aqueles que indicam fenômenos da natureza (chover, anoitecer, nevar, etc.); os verbos fazer, ser e estar indicando tempo (cronológico ou climático) ou, ainda, com o verbo haver com sentido de existir. ex.:
    choveu tanto que as plantações foram destruídas. (fenômeno da natureza);
    faz dez anos que meu pai se foi. (fazer indicando tempo cronológico);
    havia pouco mais de dez alunos na sala. (haver com sentido de existir).

  • OBSERVAÇÕES IMPORTANTES SOBRE O SUJEITO:

    1- os pronomes indefinidos alguém, ninguém, algo, etc. são sujeitos simples, pois representam um ser.
    2- quando houver apenas um núcleo, mesmo a palavra estando no plural, o sujeito será simples;
    3- preste atenção ao verbo. o sujeito sempre se referirá a ele, devendo concordar com ele em gênero e número. o sujeito concorda com o verbo, mas este fica no predicado, sempre.

    observações importantes sobre o sujeito:

  • Classificando o Predicado

    para que você possa classificar e compreender o predicado, é necessário retornarmos aos verbos e suas classificações. quanto à predicação, os verbos podem ser:
    a) de ligação: são verbos que não tem significado próprio, apenas ligam o sujeito à sua característica, que estará no predicado. os principais são: ser; estar; ficar; permanecer; continuar; parecer. mas, atenção: estes verbos só serão de ligação se estiverem estabelecendo relação entre o sujeito e sua característica. há casos em que eles indicaram ação.
    ex.: maria estava muito triste naquele dia. (sujeito: maria; verbo de ligação: estava/ característica do sujeito: triste).

    classificando o predicado


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 25,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • CONHECENDO A SINTAXE.... PARTE I
  • O Que é Sinatxe?
  • Relembrando...
  • TERMOS ESSENCIAIS DA ORAÇÃO
  • Exemplificando:
  • CLASSIFICANDO O SUJEITO
  • OBSERVAÇÕES IMPORTANTES SOBRE O SUJEITO:
  • Classificando o Predicado
  • Tipos de Predicado: Classificando
  • TERMOS INTEGRANTES DA ORAÇÃO
  • TERMOS ACESSÓRIOS DA ORAÇÃO