Curso Online de VERBOS

Curso Online de VERBOS

O estudo dos verbos é importantíssimo, uma vez que, por a nossa língua ser morfologicamente rica, surgem diversas dificuldades no uso. Ne...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 3 horas

Por: R$ 60,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

O estudo dos verbos é importantíssimo, uma vez que, por a nossa língua ser morfologicamente rica, surgem diversas dificuldades no uso. Nesse curso iremos aprender sobre a classe de palavras que se flexiona em pessoa, número, tempo, modo e voz.

Profissional na área da educação, com larga experiência em sala de aula e preparatórios para vestibulares, lecionar estrangeiros, instruindo-lhes a aprenderem a língua portuguesa. FORMAÇÃO ACADÊMICA Nível Superior Completo ? UniverCidade Curso: Licenciatura em Letras (Português e Literatura) ? 2004-2006 Pós - graduação ? Instituto A vez do Mestre Curso: Docência em Ensino Fundamental e Médio ? 2010-2011 EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL • Colégio Adventivista em Itaboraí - Rio de Janeiro / RJ - Junho/2013 – Dezembro/2014 Professora de Português e Literaturas Preparar turmas para os principais vestibulares federais e estaduais do Rio de Janeiro. • Rio &Learn Portuguese School - Rio de Janeiro / RJ - Julho/2013 – Fevereiro/2014 Professora de Português para estrangeiros Lecionar grupos de níveis diversos, instruindo-os a aprenderem a língua portuguesa. • Jardim Escola Abelhinha Sapeca(CAP/CEAS) - Rio de Janeiro / RJ - Fevereiro/2013 – Agosto/2013 Professora do ensino fundamental I – 5° ano Lecionar turmas do 5° ano nas disciplinas de Língua Portuguesa e Redação, preparando-os para Colégio Militar, Pedro II e Cap Uerj. • Sistema FIRJAN – Escola SESI - Rio de Janeiro / RJ - Agosto/2007 – Março/2012 Professora de Português Lecionar para turmas da 2ª Etapa/Ensino Fundamental nas disciplinas de português e redação. CURSOS DE CAPACITAÇÃO Informática: OFFICE - Windows, Word, Excel, Access, Internet, Power Point, e Corel Draw. Digitação. Atendimento ao cliente. Idioma: Inglês ? Grau Básico ? (BRASAS) Formação de professores para preparatórios e ENEM- (PUC- RIO) 2009 ? C.H: 124H Leitura produção textual e Língua portuguesa (PUC-RIO) 2009 ? C.H: 124H Novo Acordo Ortográfico - Out./2009 - Prof. Jose Carlos de Azeredo : UCB



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • MORFOLOGIA DO VERBO (I)

    morfologia do verbo (i)

    verbo é a palavra variável em tempo, modo, número e pessoa, que pode denotar um fato, um estado ou um fenômeno. é a palavra que se conjuga.
    a partir dessa conceituação, fica mais fácil compreender a palavra que se classifique como verbo.
    o verbo denota o fato ou estado dentro de um processo temporal: há nele formas que identificam o presente, passado ou futuro em que ocorre o fato. veja os exemplos:
    estudar é um fato, isto é, coisa ou ação que se faz. trata-se de verbo, pois a ação pode ser compreendida no tempo: estudo hoje. estudei ontem. estudarei amanhã.

  • VERBO

    verbo

    estrutura morfológica

    o verbo é a classe gramatical que apresenta maior número de flexões. isto implica uma estrutura morfológica mais complicada que as demais classes.
    observe algumas formas verbais:

  • como se vê acima, os verbos são constituídos de um radical, parte básica da significação. possuem, após o radical, uma vogal temática, indicativa da conjugação a que ele pertence, a saber:
    vogal temática "a" : primeira conjugação: am + a+ r.
    vogal temática "e" : segunda conjugação: vend + e + r.
    vogal temática "i" : terceira conjugação: part + i + r.

    nota:
    em português, o verbo "pôr" é classificado como de segunda conjugação.
    na forma infinitiva (não conjugada) ocorre a terminação "r". esta terminação chama-se desinência de infinitivo.

  • quando a forma verbal aparece conjugada ¾ flexionada em tempo, modo, pessoa e número ¾, as desinências são as mais diversas, como você verá adiante.

    classificação

    a) regulares:
    são os que mantém inalterado o radical e seguem o modelo da conjugação a que pertencem.

  • nota:
    tome como modelo da primeira conjugação o verbo amar. isto quer dizer que são regulares todos os verbos que não alteram o radical e, em todos os tempos e modos, utilizam as mesmas terminações - desinências - do verbo amar.
    serve como paradigma da segunda conjugação o verbo vender e da terceira, o verbo partir

    b) irregulares:
    apresentam alterações no radical e/ou na terminação ¾, afastando-se, assim, do modelo da conjugação.

  • exemplos:

    1- irregulares da primeira conjugação: incendiar, ansiar, passear.
    2- irregulares da segunda conjugação: caber, fazer, dizer.
    3- irregulares da terceira conjugação: dormir, ferir, aderir.

    c) defectivos:
    apresentam "defeito" na conjugação, isto é, não possuem formas para conjugação completa.

    exemplos: reaver, precaver-se, colorir.

  • d) abundantes:
    possuem mais que uma forma para uma mesma pessoa, tempo e modo.

    exemplos:
    tu entopes, tu entupes; nós havemos, nós hemos; tu constróis, tu construis.

    e) auxiliares:
    ajudam na formação de tempos compostos e locuções verbais.

    exemplos:
    tenho ido; estou estudando; vou dizer.

  • flexões do verbo
    o verbo flexiona-se em:

    a) pessoa
    o verbo sofre flexão (alteração de forma), a fim de concordar com a pessoa do seu sujeito. note as terminações utilizadas nos exemplos que seguem:

    1a. conjugação
    eu am + o
    tu am + as
    ele/ela am + a
    nós am + a + mos
    vós am + a + is
    eles/elas am + am

  • 2a. conjugação
    eu vend + o
    tu vend + es
    ele/ela vend + e
    nós vend + e + mos
    vós vend + e + is
    eles/elas vend + em

    3a. conjugação
    eu part + o
    tu part + es
    ele/ela part + e
    nós part + i + mos
    vós part + is
    eles/elas part + em

    para bem entendermos as pessoas do discurso ¾ como são chamadas as pessoas verbais ¾ é importante sabermos que:
    a 1a. pessoa corresponde ao emissor, isto é, aquele que emite um processo de comunicação: eu e nós.
    a 2a. pessoa refere-se ao receptor ou seja, aquele que recebe a mensagem: tu e vós.
    a 3a. pessoa representa a mensagem, o assunto, aquilo de que (quem) se fala: ele, ela, eles, elas.

  • b) tempo:
    presente: expressa um processo que ocorre no momento de fala:
    eles estão na classe agora.

    2) pretérito perfeito: expressa um processo anterior ao momento do discurso, que aconteceu e terminou, completo no tempo:
    ontem fizemos compras.

    3) pretérito imperfeito: expressa um processo anterior ao momento do discurso, que pode ser um hábito passado ou um fato interrompido.

  • sempre íamos ao cinema naquele tempo. (hábito passado)
    vovó fazia doces deliciosos, quando acabou o gás. (fato interrompido)

    4) pretérito mais-que-perfeito: expressa um processo anterior a outro processo também passado:

    eu já pagara a conta, quando ele chegou.

    5) futuro de presente: expressa um processo posterior ao momento da fala:

    amanhã faremos os cálculos novos.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 60,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • MORFOLOGIA DO VERBO (I)
  • VERBO