Curso Online de CONTROLE DA HIPERTENSÃO ARTERIAL

Curso Online de CONTROLE DA HIPERTENSÃO ARTERIAL

Avaliar o impacto da implantação do Programa de Saúde da Família sobre o controle da hipertensão arterial. Definição e todo o processo de...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 3 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Avaliar o impacto da implantação do Programa de Saúde da Família sobre o controle da hipertensão arterial. Definição e todo o processo de pesquisa.

Graduado em Letras com inglês, Psicologia, Direito e Teologia. Busco através das Citações Bíblicas e Psicológicas ajudar as pessoas e empresas a lidarem com as adversidades.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • CONTROLE DA HIPERTENSÃO ARTERIAL

    controle da hipertensão arterial

    dr. jairo carneiro de araujo

  • OBJETIVO

    objetivo

    avaliar o impacto da implantação do programa de saúde da família sobre o controle da hipertensão arterial, em uma unidade básica de saúde.

  • MÉTODOS

    métodos

    foram selecionados 135 pacientes com o diagnóstico confirmado de hipertensão, 45 de cada equipe da unidade básica de saúde, que iniciaram o tratamento entre dezembro de 2003 e dezembro de 2004, com seguimento até julho de 2005, em salvador, bahia. comparou-se a pressão arterial no início e no fi m do período de observação e sua associação com fatores de risco cardiovascular, e com as variáveis gênero, idade, índice de massa corporal, número de consultas, quantidade de medicamentos anti-hipertensivos usados por paciente, escolaridade e renda familiar. os dados foram expressos em valores absolutos, percentagem, média e desvio-padrão e foram realizados os testes de wilcoxon, kruskal-wallis e qui-quadrado

  • RESULTADOS

    resultados

    as médias da pressão arterial inicial e final foram 155,9±24,1/95,3±13,9 mmhg e 137,2±16,1/85,7±8,7 mmhg (p<0,01). a média de consultas nesse período foi de 10,1±3,9, com 91,8% de adesão. identificou-se uso de dois anti-hipertensivos por 50,4% e uso de um medicamento por 35,6% dos pacientes. as prevalências dos demais fatores de risco avaliados quando da admissão no programa foram sobrepeso/obesidade (71,9%), dislipidemia (58,5%) e diabetes/intolerância a glicose (43,7%). os resultados por equipe foram comparáveis.

  • CONCLUSÕES

    conclusões

    o impacto da implantação do programa de saúde da família trouxe melhoria do controle da hipertensão arterial, mas os fatores de risco associados permaneceram acima dos níveis atualmente recomendados, necessitando controle adequado.

  • INTRODUÇÃO

    introdução

    a hipertensão arterial é fator de risco para doença coronariana, doença cerebrovascular, doença vascular periférica, insuficiência cardíaca e doença renal terminal. esses agravos são importantes causas de morbidade e mortalidade, com elevado custo social.

  • INTRODUÇÃO

    introdução

    o ministério da saúde, em consonância com as atuais políticas de promoção e proteção à saúde, tem recomendado e promovido ações multiprofissionais na atenção primária à saúde, como o combate à hipertensão arterial. nesse contexto, insere-se o programa de saúde da família (psf), onde a atenção é centrada
    na família e estruturado em uma unidade de saúde, e a população adscrita está sob a responsabilidade de equipe multiprofissional. a organização da assistência, com competências bem definidas e integradas entre os membros da equipe multiprofissional, é centralizada no binômio médico–enfermeiro e se estende até o agente comunitário de saúde. o agente é o elo fundamental entre o domicílio e a unidade de saúde e representa a principal diferença entre a atuação desse programa e a atividade usual da unidade básica de saúde (ubs), nos seus moldes de atuação tradicional.

  • INTRODUÇÃO

    introdução

    países têm adotado com sucesso esse modelo, como cuba, enquanto outros como holanda, portugal, canadá e inglaterra adotam modelo semelhante, mas à base do médico de família, porém com igual sucesso. esses modelos assistenciais sugerem que, além da organização da atuação integrada da equipe multiprofissional, a eleição da família como núcleo de assistência e a sua ligação direta com a unidade assistencial contam para a melhoria dos resultados. o médico da família representa 55% dos médicos no canadá, aproximadamente 65% em cuba e 33% na holanda.

  • INTRODUÇÃO

    introdução

    ainda são escassos os estudos sobre o impacto da implantação do psf no brasil, e inexistentes em salvador, bahia. em recife, pernambuco, por exemplo, um estudo sobre o perfil demográfico e epidemiológico dos pacientes atendidos em serviço de emergência hospitalar mostrou que a municipalização dos serviços de saúde e a implantação do psf não provocaram alterações significativas na demanda aos serviços daquele hospital

  • INTRODUÇÃO

    introdução

    assim, o objetivo do presente estudo foi avaliar o impacto da implantação do psf numa ubs sobre o controle da hipertensão arterial, e analisar o perfil de risco cardiovascular e socioeconômico desses pacientes.

  • MÉTODOS

    métodos

    estudo observacional, prospectivo, com controles históricos. os pacientes pertenciam à população adscrita à unidade de saúde da família (usf) de uma localidade do distrito sanitário do subúrbio ferroviário de salvador. os participantes do programa de controle de hipertensão arterial foram selecionados de dezembro de 2003 a dezembro de 2004, quando admitidos no psf, com seguimento ambulatorial até julho de 2005. na área de abrangência dessa usf existem 3.120 famílias cadastradas, sendo 5.570 pessoas com idade igual ou superior a 20 anos. dessas, 740 referiram o diagnóstico de hipertensão arterial para fi ns de cadastramento, com média de 247 pacientes por equipe em atuação na usf. a amostra final, por equipe, foi selecionada a partir dos pacientes que satisfizeram os critérios de inclusão.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • CONTROLE DA HIPERTENSÃO ARTERIAL
  • OBJETIVO
  • MÉTODOS
  • RESULTADOS
  • CONCLUSÕES
  • INTRODUÇÃO
  • MÉTODOS
  • RESULTADOS
  • DISCUSSÃO
  • AGRADECIMENTOS