Curso Online de CURSO DE FARMACOLOGIA APLICADA

Curso Online de CURSO DE FARMACOLOGIA APLICADA

este curso é para todos que ACHAM INTERESSANTE este tema ligado a todos os cursos da área de saúde

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 10 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Mais de 70 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

este curso é para todos que ACHAM INTERESSANTE este tema ligado a todos os cursos da área de saúde



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.
  • Farmacologia aplicada à UTI

    Farmacologia aplicada à UTI

    Prof. Esp. Matheus Marques

  • INTRODUÇÃO

    INTRODUÇÃO

    Curto período de existencia

    O período pós guerra demonstrou que a reposição rápida de liquidos pode salvar vidas

    O surgimento do ventilador mecânico por DrinKer na década de 20

    O desenvolvimento do desfibrilador e da massagem cardíaca

    Necessidade de cuidados intensivos e pessoal habilitado em suporte básico de vida

  • PROBLEMÁTICA DA FARMACOTERAPIA

    PROBLEMÁTICA DA FARMACOTERAPIA

    Pacientes em estado de choque circulatório tem problemas administração de medicamentos (exceto via ev)
    Problemas de interações medicamentosas devido a múltiplas medicações.
    A invasividade da terapia com multiplas sondas e cateteres aumenta o risco de infecção nosocomial.
    As falências orgânicas, tais como falências hepáticas e renais, carecem de reajuste posológico e restrição de drogas hepato e nefrotóxicas.

  • PROBLEMÁTICA DA FARMACOTERAPIA

    PROBLEMÁTICA DA FARMACOTERAPIA

    Os idosos são mais susceptíveis a reações de hipersensibilidade.
    O volume de distribuição afeta o nível terapêutico das drogas (edema, sepse, cardiopatia e nefropatia)
    A hipoalbuminemia (hepato e nefropatias, desnutrição) afeta a distribuição dos fármacos.

  • FARMACOTERAPIA ATENÇÃO ESPECIAL

    FARMACOTERAPIA ATENÇÃO ESPECIAL

    Manter o paciente confortável, com o mínimo sofrimento possível

    Controle da dor

    Controle do medo e ansiedade

    Controle dos sinais vitais

    Controle da hemostasia

    PARA TODOS ESTES CONTROLES, HÁ A NECESSIDADE DA ASSOCIAÇÃO DE DROGAS E CONJUNTAMENTE COM TÉCNICAS DE HUMANIZAÇÃO.

  • FARMACOLOGIA EM UTI

    FARMACOLOGIA EM UTI

    DOR E SEDAÇÃO EM UTI
    ANTIMICROBIANOS EM UTI
    CHOQUE CIRCULATÓRIO
    SÍNDROME DA ANGÚSTIA RESPIRATÓRIA DO ADULTO
    ÓXIDO NÍTRICO
    ASMA AGUDA GRAVE
    PROFILAXIA DA HEMORRAGIA GASTROINTESTINAL
    INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS
    USO DE DROGAS NO HEPATOPATA
    IRA NA DOENÇA CRÍTICA

  • DOR E SEDAÇÃO EM UTI

    DOR E SEDAÇÃO EM UTI

    FATORES CONTRIBUINTES PARA DOR EM UTI:
    Decúbito prolongado
    Procedimentos invasivos à beira do leito
    Aspiração das secreções das vias aéreas
    Ruídos dos aparelhos da monitorização
    Perda de contato com os familiares
    Imobilização
    Privação do sono
    Lesão tecidual em casos de pós operatório ou trauma
    A percepção da dor provoca aumento da própria dor

  • DOR E SEDAÇÃO EM UTI

    DOR E SEDAÇÃO EM UTI

    CONSEQUÊNCIAS DA DOR:
    Aumento da dor
    Ativação do SN Simpático
    Aumento do DC, FC, PA e consumo de O2 pelo miocárdio
    Taquipnéia
    Íleo paralítico
    Náusea
    Retenção urinária
    Hipercoagulabilidade
    Imunossupressão
    Depressão e ansiedade
    Aumento das catecolaminas

  • DOR E SEDAÇÃO EM UTI

    DOR E SEDAÇÃO EM UTI

    12) Aumento do ACTH, cortisol, aldosterona e ADH
    13) Diminuição de insulina e testosterona
    14) Aumento do catabolismo e balanço nitrogenado negativo.

  • DOR E SEDAÇÃO EM UTI FÁRMACOS UTILIZADOS

    DOR E SEDAÇÃO EM UTI FÁRMACOS UTILIZADOS

    OPIÓIDES (melhor indicação: morfina)
    AINES (pouco usados)
    CORTICOTERAPIA
    HIPNÓTICOS E SEDATIVOS

  • OPIÓIDES - MORFINA

    OPIÓIDES - MORFINA

    Baixo custo
    Potência
    Eficácia analgésica
    Efeito euforizante
    Induz liberação de histamina


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Farmacologia aplicada à UTI
  • INTRODUÇÃO
  • PROBLEMÁTICA DA FARMACOTERAPIA
  • FARMACOTERAPIA ATENÇÃO ESPECIAL
  • FARMACOLOGIA EM UTI
  • DOR E SEDAÇÃO EM UTI
  • DOR E SEDAÇÃO EM UTI FÁRMACOS UTILIZADOS
  • OPIÓIDES - MORFINA
  • OPIÓIDES - FENTANIL
  • OPIÓIDES – MEPERIDINA (DEMEROL)
  • AINES
  • HIPNÓTICOS E SEDATIVOS
  • HIPNÓTICOS E SEDATIVOS DIAZEPAM
  • HIPNÓTICOS E SEDATIVOS MIDAZOLAM
  • HIPNÓTICOS E SEDATIVOS PROPOFOL
  • HIPNÓTICOS E SEDATIVOS LORAZEPAM
  • HIPNÓTICOS E SEDATIVOS HALOPERIDOL
  • HIPNÓTICOS E SEDATIVOS BARBITÚRICOS (TIOPENTAL E PENTOTAL)
  • BLOQUEADORES NEUROMUSCULARES
  • ANTIMICROBIANOS EM UTI
  • ANTIMICROBIANOS EM UTI FATORES QUE INFLUENCIAM NA ESCOLHA
  • ANTIMICROBIANOS EM UTI CAUSAS DO USO IRRACIONAL DE ANTIMICROBIANOS
  • ANTIMICROBIANOS EM UTI FORMAS DE GARANTIA DO USO RACIONAL DE ANTIMICROBIANOS
  • ANTIMICROBIANOS EM UTI CRITÉRIOS PARA ESCOLHA EMPÍRICA DO ANTIMICROBIANO
  • ANTIMICROBIANOS EM UTI INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS
  • ANTIMICROBIANOS EM UTI DSG ( DESCONTAMINAÇÃO SELETIVA DO TRATO GASTROINTESTINAL)
  • CHOQUE CIRCULATÓRIO E UTI
  • CHOQUE CIRCULATÓRIO E UTI MONITORIZAÇÃO DO CHOQUE
  • CHOQUE CIRCULATÓRIO E UTI TERAPÊUTICA DO CHOQUE
  • SÍNDROME DA ANGÚSTIA RESPIRATÓRIA DO ADULTO SARA
  • SÍNDROME DA ANGÚSTIA RESPIRATÓRIA DO ADULTO SARA FARMACOTERAPIA
  • ÓXIDO NÍTRICO
  • ÓXIDO NÍTRICO DEFICIÊNCIA
  • ÓXIDO NÍTRICO INALAÇÃO
  • ASMA AGUDA GRAVE
  • ASMA AGUDA GRAVE FARMACOTERAPIA
  • ASMA AGUDA GRAVE OUTROS CUIDADOS
  • PROFILAXIA DA HEMORRAGIA GASTROINTESTINAL FATORES DE RISCO
  • PROFILAXIA DA HEMORRAGIA GASTROINTESTINAL EESTRTÉGIAS MEDICAMENTOSAS
  • PROFILAXIA DA HEMORRAGIA GASTROINTESTINAL CITOPROTEÇÃO
  • PROFILAXIA DA HEMORRAGIA GASTROINTESTINAL ANTAGONISTAS H2 HISTAMINÉRGICOS
  • PROFILAXIA DA HEMORRAGIA GASTROINTESTINAL ANTIÁCIDOS
  • USO DE DROGAS NO HEPATOPATA
  • USO DE DROGAS NO HEPATOPATA 1) Drogas capazes de provocar lesões hepáticas
  • USO DE DROGAS NO HEPATOPATA 2) Drogas que podem comprometer as funções do fígado
  • USO DE DROGAS NO HEPATOPATA 3) Drogas que podem causar complicações em pacientes hepatopatas graves
  • INSUFICIÊNCIA RENAL AGUDA E UTI
  • INSUFICIÊNCIA RENAL AGUDA E UTI ETIOLOGIA
  • INSUFICIÊNCIA RENAL AGUDA E UTI FARMACOTERAPIA
  • INSUFICIÊNCIA RENAL AGUDA ESQUEMAS TERAPÊUTICOS
  • INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS EM UTI