Curso Online de Introdução à Fisiologia do Exercício

Curso Online de Introdução à Fisiologia do Exercício

A fisiologia do exercício é a área de conhecimento caracterizada por estudar funções mecânicas, físicas e bioquímicas dos seres vivos, ou...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 40 horas


Por: R$ 26,90
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

A fisiologia do exercício é a área de conhecimento caracterizada por estudar funções mecânicas, físicas e bioquímicas dos seres vivos, ou seja, efeitos agudos e crônicos dos exercícios físicos sobre as estruturas e sistemas do corpo humano.

Mestre em alimentos e nutrição. Especialista em nutrição clínica e esportiva, gerontologia e qualidade de vida e metodologia de ensino de biologia e química. Professor de ciências e biologia. Bacharel em bioquímica com ênfase no entendimento de ciências dos alimentos, fitoterapia, nutrição e ensino após cursar disciplinas eletivas referentes a estas áreas e fazer estágios no decorrer da graduação. No final de cada curso não há avaliação. Cursou, aprendeu bastante devido a meu compromisso de oferecer ensino de qualidade, não tem a preocupação e ansiedade em ser avaliado (a) um monte de conteúdos simultaneamente. No certificado é informado o número de dias em que o curso foi cursado e o tanto de horas que ele foi acessado, diante disto, não convém cursar muito rápido e em poucos dias.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • INTRODUÇÃO À FISIOLOGIA DO EXERCÍCIO
    https://image.slidesharecdn.com/fisiologiadotecidomuscular-120517090255-phpapp01/95/fisiologia-do-tecido-muscular-9-728.jpg?cb=1337245529
    http://www.scielo.br/img/revistas/eins/v12n1//1679-4508-eins-12-1-0126-gf01-pt.jpg
    Com relação às modificações fisiológicas decorrentes do treinamento aeróbio, três alterações cardiológicas normais podem ser identificadas. São elas: frequência cardíaca menor em repouso, consumo máximo de oxigênio maior e débito cardíaco mais elevado.

  • Atividade física é definida como qualquer movimento corporal resultando em gasto de energia. No cotidiano, inclui tarefas de limpar a casa, fazer comida, caminhar até o trabalho ou simplesmente trocar de roupa. Exercício físico por outro lado, compreende a realização de atividades físicas planejadas, estruturadas e repetidas com o intuito de preservar ou melhorar o condicionamento físico

  • “Uma das formas de atividade física planejada, estruturada, repetitiva, que objetiva o desenvolvimento (ou manutenção) da aptidão física, de habilidades motoras ou reabilitação orgânico-funcional” (NAHAS, 2017, p. 52). Esta definição é referente ao conceito de:

    A) Atividade física moderada.
    B) Atividade física diária.
    C) Atividade física de lazer.
    D) Exercício físico.
    E) Atividade física de aventura.
    CONPASS - 2018 - Prefeitura de Morro do Chapéu - BA - Educador Físico
    D

  • Ao praticar um exercício físico é necessária uma fonte de energia, ou seja, aquilo que você come antes de qualquer atividade. A maior fonte de energia gerada para trabalho dos músculos são proteínas e carboidratos.

    A respiração trabalhando em conjunto com o sistema circulatório auxilia na troca de gases e no trabalho do metabolismo.

  • A fisiologia do exercício é a área de conhecimento caracterizada por estudar funções mecânicas, físicas e bioquímicas dos seres vivos, ou seja, efeitos agudos e crônicos dos exercícios físicos sobre as estruturas e sistemas do corpo humano.

  • O Fisiologista estuda os funcionamentos e a regulação das alterações que ocorrem no organismo em exercício: além disso, mede e mensura informações metabólicas dos atletas para direcionamento de prescrições mais coerentes. Para que isso ocorra, é necessário obter o perfil morfológico, neuromuscular e cardiovascular da equipe. Esse serviço é, na maioria das vezes, feito por fisiologistas e preparadores físicos.

  • No corpo humano, ocorrem diversas reações químicas a todo instante, que são denominadas de metabolismo. O metabolismo inclui vias metabólicas que resultam na síntese
    de moléculas (reação anabólica), assim como na degradação de moléculas (reação catabólica).

  • Para gerar energia, todas as células necessitam converter os nutrientes alimentares como os carboidratos, as gorduras e as proteínas em uma forma de energia biologicamente utilizável.

  • Para correr, saltar ou nadar, as células musculares esqueléticas devem ser capazes de continuamente extrair energia dos nutrientes alimentares. Na verdade, a incapacidade de transformar a energia contida nos nutrientes alimentares em energia biologicamente utilizável limita o desempenho nas atividades de endurance.
    A explicação é simples: para continuar a contrair, as células musculares devem ter uma fonte de energia contínua. Quando a energia não se encontra prontamente disponível, a contração muscular não é possível e, consequentemente, o trabalho deve ser
    interrompido.

  • O estudo da bioenergética permite entender como a capacidade para realizar trabalho (exercício) está dependente da conversão sucessiva, de uma em outra forma de energias. Com isso, o exercício é, basicamente, uma questão de conversão de energia química em energia mecânica, energia essa que é utilizada pelas miofbrilas para provocar o deslize dos miofilamentos, resultando em ação muscular e produção de força.

  • A bioenergética trata exatamente dos princípios que fundamentam a realização dos processos ou reações químicas (catabolismo e anabolismo) responsáveis pela
    transferência de energia dos locais de produção pra os locais de consumo nos sistemas biológicos. O termo bioenergética refere-se às fontes de energia para a atividade muscular.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 26,90
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • CONTRAÇÃO MUSCULAR
  • INTRODUÇÃO AO METABOLISMO
  • INSULINA E GLUCAGON
  • SISTEMAS ENERGÉTICOS DE OBTENÇÃO DE ENERGIA
  • ADAPTAÇÕES FISIOLÓGICAS AO ESFORÇO FÍSICO
  • NUTRIÇÃO ESPORTIVA
  • CARBOIDRATOS
  • AMINOÁCIDOS E PROTEÍNAS
  • LIPÍDIOS
  • HIDRATAÇÃO
  • MICRONUTRIENTES
  • ATIVIDADE FÍSICA E SAÚDE