Curso Online de Mais Saúde na Terceira Idade

Curso Online de Mais Saúde na Terceira Idade

Prevenção de doenças crônicas não transmissíveis e consequente melhor qualidade de vida na terceira idade.

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 60 horas


Por: R$ 24,90
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Prevenção de doenças crônicas não transmissíveis e consequente melhor qualidade de vida na terceira idade.

Me chamo Walisson Junio Martins da Silva. Sou Mestre em Alimentos e Nutrição-Unesp. Bioquímico-UFV. Licenciado em Ciências Biológicas. Especialista nas áreas Ensino, Gerontologia e Nutrição. Atualmente professor de biologia e de ciências. Anteriormente professor de ciência dos alimentos, biologia, química, ciências e bioquímica. Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/1141431817967324. Pesquisador de qualidade de vida, alimentação saudável e prevenção de doenças crônicas não transmissíveis. Especialista em nutrição clínica e esportiva; gerontologia e qualidade de vida. Estudo intensamente nutrição, alimentos, saúde e gerontologia, dentre outras áreas. Nestes cursos transmito informações preciosas e atualizadas sobre alimentação e saúde com total credibilidade e clareza após estudar intensamente cada conteúdo. No final de cada curso não há avaliação. Cursou, aprendeu bastante e não tem a preocupação, ansiedade em ser avaliado (a). No certificado é informado o número de dias em que o curso foi cursado e o tanto de horas que ele foi acessado, diante disto, não convém cursar muito rápido e em poucos dias.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • MAIS SAÚDE NA TERCEIRA IDADE

  • INTRODUÇÃO

    O envelhecimento é definido como um processo biológico, universal, dinâmico e progressivo, no qual ocorrem modificações morfológicas, funcionais, bioquímicas e psicológicas, que reduzem a capacidade de adaptação do indivíduo ao meio ambiente, afetando sua integridade e tornando mais propenso o surgimento das doenças crônicas, com impacto sobre a saúde e a qualidade de vida do idoso.

  • Dentre os sistemas do organismo, os que mais sofrem efeitos do envelhecimento são o nervoso, o endócrino e o imunológico.

  • Atualmente, chegar à velhice é uma realidade populacional, ainda que a melhora substancial dos parâmetros de saúde das populações esteja longe de se distribuir de forma eqüitativa nos diferentes países e contextos socioeconômicos.

  • A velhice bem-sucedida, física e psiquicamente, constitui-se, indiscutivelmente, na grande fase da vida, onde o ser humano está preparado para entrar em comunhão com a grandiosidade da criação.

  • Fatores que contribuem para um envelhecimento saudável.
    DI TOMMASO, A.B.G, et al. Geriatria: guia prático. 1 ed. -Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2016.

  • O crescimento da população idosa é um fenômeno mundial e, no Brasil, as modificações ocorrem de forma radical e bastante acelerada. O número de idosos no Brasil passou de 3 milhões, em 1960, para 7 milhões, em 1975, e 20 milhões em 2008 um aumento de quase 700% em menos de 50 anos. Conseqüentemente, doenças próprias do envelhecimento passaram a ganhar maior expressão no conjunto da sociedade.

  • No início do século XX, a média da expectativa de vida ao nascer era cerca de 47 anos, passando para cerca de 78 anos no início do século XXI. O crescimento da população de idosos é explicado por especialistas em estudos demográficos por meio da queda da taxa de fecundidade aliada à queda da taxa de mortalidade, conseqüência do avanço da medicina que, além de combater as epidemias que ceifavam vidas jovens, pôde controlar doenças crônicas. A expectativa de vida em 1940 era de 40,5 anos; em 2007 era de 70,4 anos, e as estimativas para 2050 são de 81,3 anos.

  • O rápido envelhecimento da população brasileira indica um contingente atual de aproximadamente 15 milhões de idosos. As projeções mais conservadoras indicam que, em 2020, o Brasil será o sexto país do mundo em número de idosos, com um contingente superior a 30 milhões de pessoas.

  • Vale ressaltar que o avanço da idade é uma das principais causas de doenças, que podem ser prevenidas se fatores de risco como dietas inadequadas, sedentarismo e consumo de tabaco forem eliminados, aliados ao aumento do consumo de frutas e hortaliças que previnam o estresse oxidativo.

  • As recomendações a Organização Mundial de Saúde (OMS) estão pautadas em mudanças de estilo de vida visando prevenir e minimizar a prevalência mundial das doenças crônicas não transmissíveis. Uma de suas principais recomendações é o consumo diário de cinco porções ou mais de frutas e hortaliças.

    O consumo aumentado desses alimentos auxilia bastante na redução do risco das principais doenças crônicas, especialmente devido à maior oferta de vitaminas, minerais e outros compostos antioxidantes, além de fibras alimentares.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 24,90
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL
  • DOENÇAS CRÔNICAS NÃO TRANSMISSÍVEIS
  • SAÚDE DO IDOSO
  • AVALIAÇÃO NUTRICIONAL DOS IDOSOS
  • NUTRIÇÃO DO IDOSO
  • CONSUMO DE FITOQUÍMICOS E SAÚDE
  • PREVENÇÃO DA OSTEOPOROSE
  • PREVENÇÃO DA DOENÇA DE ALZHEIMER
  • PREVENÇÃO DA HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA
  • PREVENÇÃO DA ATEROSCLEROSE
  • PREVENÇÃO DO DIABETES
  • SAÚDE CUTÂNEA
  • RELAÇÃO ENTRE ESTRESSE OXIDATIVO E ENVELHECIMENTO
  • AMENIZAÇÃO DO ENVELHECIMENTO: EFEITOS PROTETORES DOS ALIMENTOS FUNCIONAIS E DOS ANTIOXIDANTES
  • IMUNOSSENESCÊNCIA
  • ENVELHECIMENTO BEM SUCEDIDO