Curso Online de REDUÇÃO DO RISCO DO INFARTO AGUDO DO MIOCÁRDIO

Curso Online de REDUÇÃO DO RISCO DO INFARTO AGUDO DO MIOCÁRDIO

Alimentação saudável e redução do risco de entupimento das artérias e possível infarto.

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 10 horas


Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Alimentação saudável e redução do risco de entupimento das artérias e possível infarto.

Mestre em alimentos e nutrição. Professor de ciência dos alimentos, biologia, química, ciências e bioquímica. Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/1141431817967324. Pesquisador de qualidade de vida, alimentação saudável e prevenção de doenças crônicas não transmissíveis. Especialista em nutrição clínica e esportiva; gerontologia e qualidade de vida. Estudo intensamente nutrição, alimentos, saúde e gerontologia, dentre outras áreas. Nestes cursos transmito informações preciosas e atualizadas sobre alimentação e saúde com total credibilidade e clareza após estudar intensamente cada conteúdo.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • REDUÇÃO DO RISCO DO INFARTO AGUDO DO MIOCÁRDIO

    https://www.resumoescolar.com.br/biologia/aterosclerose/

  • A doença arterial coronariana (DAC) começa com aterosclerose, que é um processo inflamatório crônico em resposta às lesões das paredes arteriais resultando na formação de lesões. A disfunção endotelial pode ser causada por um ou mais fatores, tais como níveis elevados de lipoproteínas de baixa densidade (LDL) oxidadas, radicais livres, toxinas associadas ao tabagismo, agentes infecciosos, hipertensão arterial sistêmica (HAS), hipercolesterolemia, resistência à insulina, estresse de cisalhamento, hiper-homocisteinemia, dietas ricas em gordura saturada ou estilo de vida sedentário.

  • A aterosclerose é considerada a principal causa de morbidade e mortalidade nas sociedades industrializadas.

    No Brasil, aproximadamente 300 mil óbitos ocorrem por ano, causados por doenças cardiovasculares, associadas à aterosclerose.

    Dados ainda mais preocupantes são encontrados nos Estados Unidos, onde as doenças cardiovasculares são responsáveis por cerca de 80% das mortes de pessoas com mais de 65 anos.
    ATEROSCLEROSE

  • Nos últimos anos, vem aumentando a incidência de doenças cardiovasculares e acidentes vasculares. De acordo com a Organização Mundial de Saúde, as doenças cardiovasculares são as principais causas de óbitos nos países desenvolvidos e em desenvolvimento.

  • A doença cardiovascular (DCV) é a causa número um de mortalidade, respondendo por 31% de todas as mortes no mundo. A sobrecarga pessoal e social substancial para a economia na área da saúde faz com que a redução de DCV seja uma prioridade de saúde pública. A dieta é importantíssima para a prevenção primária de doenças cardiovasculares. Recomendações dietéticas globais enfatizam o consumo de uma dieta rica em alimentos cardioprotetores, como grãos integrais, frutas e hortaliças, nozes e peixe. As frutas vermelhas ganharam forte reconhecimento nos últimos tempos por seus supostos benefícios para a saúde, o que levou a um aumento global de 21% na produção delas.

  • A investigação dos fatores associados ao risco cardiovascular torna-se fundamental para a prevenção e tratamento de doenças cardiovasculares, contribuindo, portanto, para melhores ações de proteção e promoção da saúde de idosos.

  • A aterogênese causa disfunção endotelial com proliferação anormal do músculo liso dos vasos sanguíneos, redução das atividades anticoagulante e anti-inflamatória e distúrbios do controle vasomotor. É importante ressaltar que a disfunção endotelial diminui a produção de óxido nítrico, o que afeta negativamente a vasodilatação.

  • A aterosclerose é considerada a principal causa de morbidade e mortalidade nas sociedades industrializadas.
    No Brasil, aproximadamente 300 mil óbitos ocorrem por ano, causados por doenças cardiovasculares, associadas à aterosclerose.
    Dados ainda mais preocupantes são encontrados nos Estados Unidos, cerca de 80% das mortes de pessoas com mais de 65 anos.

  • O dano ao endotélio é a causa mais comumente aceita para origem da aterosclerose.

  • Os fatores de risco da aterosclerose incluem diabetes, tabagismo, hipertensão, dislipidemia, obesidade e idade. Além disso a dieta com menor proporção de açúcar e sal, mas quantidades elevadas de várias frutas e hortaliças pode efetivamente reduzir a incidência de doenças cardiovasculares e obesidade.

  • A distribuição de colesterol entre as várias frações de lipoproteínas plasmáticas é um importante determinante na aterogênese e é usada como um marcador biológico para o risco de aterosclerose. O colesterol na lipoproteína de baixa densidade (LDL) é considerado aterogênico, enquanto o colesterol na lipoproteína de alta densidade (HDL) está associado a um mecanismo de proteção contra o aparecimento de lesões ateroscleróticas.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • REDUÇÃO DO RISCO DO INFARTO AGUDO DO MIOCÁRDIO
  • ALIMENTOS FUNCIONAIS PREVENÇÃO DA ATEROSCLEROSE
  • DIETA MEDITERRÂNEA
  • PREVENÇÃO DO INFARTO
  • ÁCIDOS GRAXOS ÔMEGA 3 X ÔMEGA 6
  • AZEITE DE OLIVA
  • FITOSTERÓIS
  • FITOQUÍMICOS
  • ALIMENTOS FUNCIONAIS E PREVENÇÃO DA TROMBOSE