Curso Online de Introdução a Ecotoxicologia
1 estrelas 1 aluno avaliou

Curso Online de Introdução a Ecotoxicologia

Esse curso visa introduzir o aluno ao conhecimento da ecotoxicologia ambiental. Objetivando um maior conhecimento na Gestão Ambiental.

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 3 horas

Por: R$ 27,75
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Esse curso visa introduzir o aluno ao conhecimento da ecotoxicologia ambiental.
Objetivando um maior conhecimento na Gestão Ambiental.

Professor da Rede Estadual de Ensino (Estatutário) Do Estado do Rio de Janeiro Formado em Biologia (Licenciatura Plena) Pós Graduação:Gestão e Planejamento Ambiental Fundador da Rede Social:DefensoresdaTerra. Autor de artigos publicados e de projetos na area de Educação Ambiental. Autor do livro: Clima o Eterno Desafio. www.clubedeautores.com.br Participação como delegado da ONU no Diálogos Sustentáveis da RIO+20.


- Denise Germano Pinto

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • “poluição hídrica” 3ª aula

    introdução à
    à

    prof. sergio de andrada guedes junior

  • o meio ambiente é agredido continuamente por produtos químicos xenobióticos, sintetizados pelo homem;

    o ddt, pcb, hpa entre outros são exemplos de xenobióticos que são lançados no meio ambiente indiscriminadamente,

    o dissipador final para muitos destes contaminantes é o ambiente aquático.

    introdução

  • toxicologia?

    ou

    ecotoxicologia?

  • bioconcentração
    é o aumento imediato da densidade de um poluente assim que passa da água para um organismo aquático.

  • biotransformação
    existem duas maneiras principais de eliminar um poluente: a excreção ou a biotransformação pelo organismo. a biotransformação conduz geralmente à formação de um composto mais hidrofílico que é excretado mais facilmente.

  • AVALIAÇÃO DA TOXICIDADE

    avaliação da toxicidade

    capacidade de uma substância ou mistura de substâncias químicas provocar um efeito nocivo em um organismo; este efeito, pode ser um distúrbio simples ou até a morte.
    o dano é produzido em resposta a uma dose e ao tempo de exposição
    (modificado de knie & lopes, 2004).

  • a toxicidade pode apresentar um efeito agudo (curto prazo) ou crônico (longo prazo).
    pode-se definir a toxicidade aguda como aquela manifestada em curtos períodos de exposição (horas ou dias) a um agente nocivo (tóxico).
    e a toxicidade crônica a que se manifesta após longo período de exposição, podendo afetar mais de uma geração, sendo os seus efeitos menos evidentes do que aqueles de uma intoxicação aguda

    (knie & lopes, 2004)

  • o efeito de uma substância tóxica depende de duas coisas:
    1) sua concentração no meio. 2) da duração da exposição.

    estes dois fatores são freqüentemente recíprocos. em muitas substâncias tóxicas em altas concentrações o efeito observado é a morte de organismos. e em muito baixas concentrações ou períodos pequenos de exposição, os mecanismos homeostaticos do organismo podem excretar a substância.

  • toxicidade

    aguda

    crônica

    exposição de uma grande dose de um composto tóxico por um curto período de tempo.

    efeito letal

    morte

    (cl50% ou ce 50%)

    exposição por doses muito pequenas do composto tóxico ou efluente sobre um longo período de tempo e pode ser letal ou subletal.

    efeito sub-letal

    níveis bioquímicos, fisiológicos ou comportamental, incluindo também mutagenicidade e genotoxicidade

  • Utilização de bioindicadores

    utilização de bioindicadores

    bioindicadores – podem ser definidos como organismos ou comunidade de organismos que respondem a poluição ambiental através de mudanças em suas funções vitais ou através do acúmulo de sustâncias tóxicas em seus tecidos (arndt et al., 1987)

  • TIPOS DE BIOINDICADORES

    tipos de bioindicadores

    os bioindicadores podem ser subdivididos em três grandes grupos:

    1. organismo indicador – sua ecologia e biologia é bem conhecida , podendo aumentar ou diminuir em números em função de mudanças no ambiente.

    2. organismo monitor - são aqueles que assimilam toxinas e outras substâncias do ambiente, e acumulam em seus tecidos por um período de tempo ou em diferentes locais (certas plantas e animais).

    3. organismo teste - são usados em estudos experimentais, em ambientes controlados e com procedimentos de testes padronizados.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 27,75
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • AVALIAÇÃO DA TOXICIDADE
  • Utilização de bioindicadores
  • TIPOS DE BIOINDICADORES
  • Os bioindicadores podem ser:
  • Características de um bom bioacumulador
  • Fatores a considerar: