Curso Online de Capacitação sobre Diabetes Mellitus para Profissionais de Saúde

Curso Online de Capacitação sobre Diabetes Mellitus para Profissionais de Saúde

O diabetes é um grupo de doenças metabólicas caracterizadas por hiperglicemia e associadas a complicações, disfunções e insuficiência de ...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 80 horas


Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Mais de 5 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

O diabetes é um grupo de doenças metabólicas caracterizadas por hiperglicemia e associadas a complicações, disfunções e insuficiência de vários órgãos, especialmente olhos, rins, nervos, cérebro, coração e vasos sanguíneos.
O Diabetes Mellitus configura-se hoje como uma epidemia mundial, traduzindo-se em grande desafio para os sistemas de saúde de todo o mundo.
Segundo estimativas da Organização Mundial de Saúde, o número de portadores da doença em todo o mundo era de 177 milhões em 2000, com expectativa de alcançar 350 milhões de pessoas em 2025. O diabetes cresce mais rapidamente em países pobres e em desenvolvimento e isso impacta de forma muito negativa devido à morbimortalidade.
O bom manejo deste problema ainda na Atenção Básica evita hospitalizações e mortes por complicações cardiovasculares e cerebrovasculares.
Os objetivos mais importantes das ações de saúde em diabetes são controlar a glicemia e, com isso, em longo prazo, reduzir morbimortalidade causada por essa patologia.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • Capacitação sobreDiabetes Mellitus para Profissionais de Saúde

  • OLÁ! 

    BEM VINDO AO CURSO

    Capacitação sobre Diabetes Mellitus para Profissionais de Saúde

  • ESTAREI À DISPOSIÇÃO CASO TENHA DÚVIDAS
    BOM CURSO!
    É UMA SATISFAÇÃO RECEBÊ-LO (A)NESSE AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM.

  • Diabetes Mellitus

  • O diabetes mellitus é uma doença crônica, caracterizada pelo comprometimento do metabolismo da glicose, cujo controle glicêmico inadequado resulta no aparecimento das graves complicações que reduzem a expectativa de vida e comprometem a qualidade de vida do portador desta doença.
    É um distúrbio metabólico caracterizado por hiperglicemia persistente, decorrente de deficiência na produção de insulina ou na sua ação, ou em ambos os mecanismos.

    Conceito

  • O termo diabetes mellitus (DM) refere-se a um transtorno metabólico de etiologias heterogêneas, caracterizado por hiperglicemia e distúrbios no metabolismo de carboidratos, proteínas e gorduras, resultantes de defeitos da secreção e/ou da ação da insulina.
    É um grupo de doenças metabólicas caracterizadas por hiperglicemia e associadas a complicações, disfunções e insuficiência de vários órgãos, especialmente olhos, rins, nervos, cérebro, coração e vasos sanguíneos.
    O diabetes apresenta alta morbimortalidade, com perda importante na qualidade de vida.

  • Pode resultar de defeitos de secreção e/ou ação da insulina envolvendo processos patogênicos específicos, por exemplo, destruição das células beta do pâncreas (produtoras de insulina), resistência à ação da insulina, distúrbios da secreção da insulina, entre outros.
    É uma das principais causas de mortalidade, insuficiência renal, amputação de membros inferiores, cegueira e doença cardiovascular.
    Considerando a elevada carga de morbimortalidade associada, a prevenção do diabetes e de suas complicações é hoje prioridade de saúde pública.

  • O diabetes mellitus pode permanecer assintomático por longo tempo e sua detecção clínica é frequentemente feita, não pelos sintomas, mas pelos seus fatores de risco.
    A probabilidade de apresentar diabetes ou um estado intermediário de glicemia depende da presença de fatores de risco.
    As intervenções terapêuticas do diabetes visam ao rigoroso controle da glicemia e de outras condições clínicas no sentido de prevenir ou retardar a progressão da doença para as complicações crônicas micro e macrovasculares, assim como evitar complicações agudas, em especial a cetoacidose e o estado hiperglicêmico hiperosmolar.

  • Essas intervenções objetivam minimizar os efeitos adversos do tratamento, garantir adesão do paciente às medidas terapêuticas e garantir o bem-estar do paciente e de sua família.
    Um programa de cuidado integral ao diabetes mellitus deve ter como prioridades estratégicas: a prevenção primária da doença com ações sobre os fatores de risco, a detecção precoce, o tratamento adequado que permita modificar a evolução da doença, previna as complicações e melhore a qualidade de vida dos portadores.
    Pessoas com diabetes apresentam risco aumentado para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares, oculares, renais e neurológicas, resultando em altos custos médicos associados, redução na qualidade de vida e mortalidade.

  • O aumento da prevalência do diabetes está associado a diversos fatores, como rápida urbanização, transição epidemiológica, transição nutricional, maior frequência de estilo de vida sedentário, maior frequência de excesso de peso, crescimento e envelhecimento populacional.

    Indivíduos com diabetes apresentam maiores taxas de hospitalizações em comparação com os que não têm diabetes, além de maior duração da hospitalização para um mesmo problema de saúde.

  • Metas de controle metabólico de acordo com sociedades científicas
    ADA: Associação Americana de Diabetes
    IDF: Federação Internacional de Diabetes
    AACE: Associação Americana de Endocrinologistas Clínicos
    SBD: Sociedade Brasileira de Diabetes; HbA1c: hemoglobina glicada.

    Pré-prandial: Antes da refeição
    Pós-prandial: 2 horas após a refeição

    Fonte: Sociedade Brasileira de Diabetes 2021


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Diabetes Mellitus
  • Diagnóstico
  • Diabetes tipo 1
  • Diabetes tipo 2
  • Diabetes gestacional
  • Rastreamento
  • Complicações do Diabetes
  • Saúde Bucal para Pessoas com Diabetes
  • Tratamento do Diabetes
  • Medicamentos de Uso Oral
  • Insulina
  • Acompanhamento Nutricional
  • Atividade Física
  • Automonitoramento da Glicemia Capilar
  • Fisiopatologia do Pé Diabético
  • Classificação de risco do Pé Diabético
  • Avaliação dos Pés
  • Cuidados Recomendados no Pé Diabético
  • Autocuidado do Pé Diabético
  • Tecnologias Duras no Tratamento do Pé Diabético
  • Distribuição da Pressão Plantar
  • Curativo
  • Higienização das Mãos
  • Diabetes na Atenção Básica
  • Consulta Médica
  • Consulta de Enfermagem