Curso Online de Dermatoses Ocupacionais

Curso Online de Dermatoses Ocupacionais

As principais dermatoses decorrentes do trabalho.

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 3 horas

Por: R$ 25,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

As principais dermatoses decorrentes do trabalho.

Mestranda da USP- Faculdade de Medicina Veterinaria e Zootecnia, Bacharel em biologia pela UNISA, com experiência em cultura celular, rotinas laboratoriais além de monitoria em áreas como botânica, zoologia e educação ambiental. Experiência Profissional: Empresa: UNISA - LABORATÓRIO DE ZOOLOGIA Segmento: Instituições Educacionais Porte: Grande - acima de 500 funcionários Origem: Nacional Cargo: MONITORIA Nível do Cargo: Estagiário Área de Atuação: Meio Ambiente / Biologia Data de Entrada: 20/08/2006 Data de Saída: 20/11/2006 Atividades Desenvolvidas: MONTAGEM DE AULAS PRÁTICAS RELACIONADAS COM ZOOLOGIA, MANUTENÇÃO DO LABORATÓRIO E ACERVO DO MESMO. Empresa: UNISA - HERBÁRIO Segmento: Instituições Educacionais Porte: Grande - acima de 500 funcionários Origem: Nacional Cargo: MONITORIA Nível do Cargo: Estagiário Área de Atuação: Meio Ambiente / Biologia Data de Entrada: 20/11/2006 Data de Saída: 25/06/2008 Atividades Desenvolvidas: MONTAGEM DE AULAS RELACIONADAS COM BOTÂNICA, MATUTENÇÃO DO LABORATÓRIO E ACERVO DO HERBÁRIO, E DESENVOLVIMENTO DE PESQUISA COM TAXONOMIA DE FANERÓGAMAS. Empresa: USP - FMVZ Segmento: Instituições Educacionais Porte: Grande - acima de 500 funcionários Origem: Nacional Cargo: INICIAÇÃO CIENTÍFICA Nível do Cargo: Estagiário Área de Atuação: Meio Ambiente / Biologia Data de Entrada: 01/12/2007 Data de Saída: 16/12/2009 Atividades Desenvolvidas: DESENVOLVIMENTO DE PESQUISA COM CÉLULAS-TRONCO. Outras Experiências Profissionais: TRABALHOS COM DESENVOLVIMENTO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL COM JOVENS, CRIANÇAS E ADULTOS E 4 MESES DE EXPERIÊNCIA COMO ATENDENTE DE CALL CENTER RECEPTIVO. Outros Cursos: . I Simpósio de Tecnologia Transgênica - UNIFESP . 16°SIICUSP - Simpósio Internacional de Iniciação Ciêntifica - USP . Informática: Word, Excel, Power Point e Internet. . Atualização Gramatical - Ciee . Relacionamento Interpessoal - Ciee . Treinamento Para Elaboração de Sistema de Aquecimento Solar de Baixo Custo - Sociedade do sol . Técnicas Histológicas Usuais em Estudos Animais - Unisa . Técnicas de Coleta de Material Zoológico - Unisa . Biologia de Fungos Terrestres - Unisa . Confecção de Terrário - Unisa . Biorremediação com Ultilização de Fungos - Unisa Escolaridade: Graduação Curso: Ciências Biológicas Instituição: Unisa- Universidade de Santo Amaro 2006-2009



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • Dermatoses ocupacionais

    Dermatoses ocupacionais

  • O que é a pele?

    O que é a pele?

    Maior órgão do corpo;

    Envoltório do organismo, proteção e defesa de agentes externos;

    15% do peso corporal;

    Receptores de percepção sensitiva (tato, pressão, frio, calor);

    Anexos : folículos pilosos, glândulas sebáceas e sudoríparas;

  • Função

    Função

    Proteção: queratina protege contra atrito e perda de água por evaporação. Melanina confere proteção contra raios UV. Células de Langerhans protegem contra ação de microorganismos;

    Sensorial: Células de Merkel (tato e pressão), terminações nervosas livres (epiderme), terminações nervosas sensitivas (derme);

    Termorregulação: Glândulas sudoríparas, rede vascular e tecido adiposo;

    Excreção: Glândulas sudoríparas participam da eliminação de substancias como uréia e acido úrico;

    Metabólica: produção de vitamina D se da sob ação dos raios solares além de tecido adiposo como reserva de energia;

  • Composição

    Composição

    Constituída por três camadas:

    Epiderme

    Derme

    Subcutâneo (Hipoderme)

  • Epiderme

    Epiderme

    Membrana basal: as camadas distintas de células presentes na epiderme se apoiam na membrana basal;
    Camada basal : camada mais profunda com células em alta divisão celular sendo responsável pela renovação da epiderme;
    Camada espinhosa: células mais achatadas;
    Camada granulosa: células ricas em grânulos de queratina e fibra de colágeno ;
    Camada de transição: composta de células com grande quantidade de enzimas digestivas, são células em degeneração parcialmente preenchidas por queratina;
    Camada córnea: camada constituída de células mortas completamente preenchidas por queratina;
    Quando ocorre a migração celular se tem hipoxia, causando a morte das camadas superficiais;

  • Tipos de células da epiderme

    Tipos de células da epiderme

    Queratinócitos: mais numerosas e produzidas pela cama basal, sintetizam queratina a medida que migram para a superfície formando uma camada córnea ou queratinizada. A queratina é uma das responsáveis pela firmeza e impermeabilização da camada externa. Renovação total da epiderme se dá a cada 25-50 dias;
    Melanócitos; responsáveis pela produção de melanina;
    Células de Langerhans: células imunitárias produzidas pela medula óssea atuando como macrófagos;
    Células de Merkel: receptores de tato e pressão. Presentes entre a epiderme e a derme em pequena quantidade;

  • Derme

    Derme

    Camada mais espessa da pele sendo variável;
    Amplamente vascularizada com papel importante no controle da temperatura, além dos vasos sanguíneos serem responsáveis pela alimentação da epiderme permitindo a difusão de nutrientes;
    Composta por três camadas de tecido conjuntivo: camada papilar ( corpúsculos táteis conhecidos como corpúsculo de Meissner, terminações nervosas livres), camada reticular ( colágeno, elastina, histiócitos , vasos sanguíneos, glândulas sebáceas, glândulas sudoríparas e corpúsculos Pancini que são receptores de pressão);
    Derme profunda: não se diferencia tanto da derme reticular, é a camada que penetra na hipoderme, composta de grandes feixes de fibras colágenas contendo em algumas regiões músculo eretor do pelo;

  • Subcutâneo (Hipoderme)

    Subcutâneo (Hipoderme)

    Camada mais profunda;
    Adipócitos;
    Maleável, interface entre derme e estruturas abaixo dela como músculos, tendões, etc;
    Reserva lipídica;
    Isolante térmico;
    Espessura varia de acordo com sexo, idade e localização;
    Representa 15% a 30% do peso corporal;

  • Dermatoses ocupacionais

    Dermatoses ocupacionais

    Apresentam uma parcela ponderável das doenças ocupacionais;

    Sua prevalência e de avaliação difícil e complexa por muitas vezes não chegarem ao conhecimento de especialistas por serem autotratadas;

    Podem ser causadas por agentes físicos, químicos e biológicos decorrentes da exposição ocupacional e das condições de trabalho;

    São responsáveis por desconforto, dor, prurido, queimação, reações psicossomáticas e outras que podem gerar perda do posto de trabalho;

  • Dermatoses ocupacionais

    Dermatoses ocupacionais

    È toda alteração das mucosas, pele e seus anexos que seja indiretamente causada, condicionada, mantida ou agravada por agentes presentes na atividade ocupacional ou no ambiente de trabalho;

    Dois grandes grupos de fatores podem ser enumerados como condicionadores de dermatoses ocupacionais:
    Causas indiretas ou fatores predisponentes;
    Causas diretas: agentes biológicos, físicos e químicos;

  • Causas indiretas ou fatores predisponentes

    Causas indiretas ou fatores predisponentes

    Idade: Tolerância menor ou adaptação do tegumento ao agente e menor cautela com relação a manipulação dos agentes químicos;
    Sexo: Em mulheres se apresenta um melhor prognóstico em sua dermatose;
    Etnia: Existem diferenças raciais na penetração de agentes químicos e outras substancias na pele;
    Clima: Temperatura e umidade influenciam no aparecimento de dermatoses, assim como o trabalho ao ar livre expõe o trabalhador a agentes potencialmente perigosos;
    Condições de trabalho: Presença de vapores, gases e poeiras acima dos limites de tolerância, assim como ausência de iluminação , ventilação e limpeza adequada podem ser fatores predisponentes. Além da não utilização ou utilização de forma inadequada de EPI. A má qualidade e falta de observação do trabalhador quanto higiene do equipamento também pode ter papel importante no aparecimento de dermatoses ocupacionais.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 25,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Dermatoses ocupacionais
  • O que é a pele?
  • Função
  • Composição
  • Epiderme
  • Tipos de células da epiderme
  • Derme
  • Subcutâneo (Hipoderme)
  • Dermatoses ocupacionais
  • Causas indiretas ou fatores predisponentes
  • Causas diretas
  • Principais dermatoses ocupacionais
  • Dermatite de contato por irritantes (DCI)
  • Dermatite irritativa de contato forte (DICF)
  • Processo Alégico
  • Dermatite alérgica de contato (DAC)
  • Dermatites caudas pela radiação ultravioleta
  • Úlcera crônica
  • Elaioconiose folicular (Dermetite folidular)
  • Discromias
  • Dicromias: Melanodermia
  • Dicromias: Leucodermia
  • Câncer cutâneo ocupacional
  • Dermatoses por agentes biológicos
  • Atividade 1
  • Atividade 2