Curso Online de Gerenciamento dos Resíduos de Serviços de Saúde

Curso Online de Gerenciamento dos Resíduos de Serviços de Saúde

GRSS é constituído por um conjunto de procedimentos de gestão.Com o objetivo de minimizar a produção de resíduos de serviços de saúde e p...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 3 horas

Por: R$ 50,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

GRSS é constituído por um conjunto de procedimentos de gestão.Com o objetivo de minimizar a produção de resíduos de serviços de saúde e proporcionar aos resíduos gerados, um encaminhamento seguro, de forma eficiente, visando à proteção dos trabalhadores, a preservação da saúde pública, dos recursos naturais e do meio ambiente.

ANA PAULA RODRIGUES DE OLIVEIRA ENFERMEIRA GRADUADA PELO CENTRO UNIVERSITARIO DE CARATINGA



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • Gerenciamento dos Resíduos de Serviços de Saúde

    gerenciamento dos resíduos de serviços de saúde

  • ENFERMEIRA ANA PAULA RODRIGUES

    enfermeira ana paula rodrigues

  • RDC Nº 306, de 7 de dezembro de 2004

    rdc nº 306, de 7 de dezembro de 2004

    grss é constituído por um conjunto de procedimentos de gestão. estes procedimentos são planejados e implementados a partir de bases científicas e técnicas, normativas e legais, com o objetivo de minimizar a produção de resíduos de serviços de saúde e proporcionar aos resíduos gerados, um encaminhamento seguro, de forma eficiente, visando à proteção dos trabalhadores, a preservação da saúde pública, dos recursos naturais e do meio ambiente.

  • é considerado resíduo de serviços de saúde - rss todo resíduo gerado nas atividades médico-assistenciais, hospitalares e similares e nas inerentes à indústria, ao ensino e à pesquisa na área de saúde humana ou da veterinária, classificado com suas características de risco, em conformidade com a resolução diretoria colegiada - rdc anvisa nº. 306, de 07/12/04 e a resolução conama nº 358, de 29/04/05, em 05 grupos:

  • grupo a: resíduos infectantes ou biológicos, que apresentam risco potencial à saúde pública e ao meio ambiente devido à presença de agentes biológicos;
    grupo b: resíduo ou produto químico, que apresentam risco potencial à saúde e ao meio ambiente devido às suas características químicas;
    grupo c: rejeitos radioativos, definidos na resolução cnen 6.05;
    grupo d: resíduos comuns;
    grupo e: materiais pérfuro-cortantes.

  • MANEJO

    manejo

    o manejo dos resíduos de serviços de saúde é o conjunto de ações voltadas ao gerenciamento dos resíduos gerados. deve focar os aspectos intra e extra-estabelecimento, indo desde a geração até a disposição final. é dividido nas seguintes etapas:

  • 1 – segregação
    consiste na separação dos resíduos no momento e local de sua geração, de acordo com as características físicas, químicas, biológicas, o seu estado físico e os riscos envolvidos.

  • 2 – acondicionamento
    consiste no ato de embalar os resíduos segregados, em sacos ou recipientes que evitem vazamentos e resistam às ações de punctura e ruptura. a capacidade dos recipientes de acondicionamento deve ser compatível com a geração diária de cada tipo de resíduo.
    os resíduos sólidos devem ser acondicionados em sacos resistentes à ruptura e vazamento e impermeáveis, de acordo com a nbr 9191/2000 da associação brasileira de normas técnicas (abnt). deve ser respeitado o limite de peso de cada saco, além de ser proibido o seu esvaziamento ou reaproveitamento. .

  • os resíduos perfurocortantes devem ser acondicionados em recipientes resistentes à punctura, ruptura e vazamento.

  • 3 – identificação esta etapa do manejo dos resíduos, permite o reconhecimento dos resíduos contidos nos sacos e recipientes, fornecendo informações ao correto manejo dos rss. os sacos de acondicionamento, os recipientes de coleta interna e externa, os recipientes de transporte interno e externo, e os locais de armazenamento devem ser identificados de tal forma a permitir fácil visualização, de forma indelével, utilizando-se símbolos, cores e frases, atendendo aos parâmetros referendados na norma nbr 7.500 da abnt, além de outras exigências relacionadas à identificação de conteúdo e ao risco específico de cada grupo de resíduos.

  • o grupo a de resíduos é identificado pelo símbolo internacional de risco biológico, com rótulos de fundo branco, desenho e contornos pretos.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 50,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Gerenciamento dos Resíduos de Serviços de Saúde
  • ENFERMEIRA ANA PAULA RODRIGUES
  • RDC Nº 306, de 7 de dezembro de 2004
  • MANEJO
  • Muito Obrigada pela Atenção!