Curso Online de Geriatria

Curso Online de Geriatria

A geriatria é o ramo da Medicina encarregado de estudar e tratar doenças e condições que estão relacionadas diretamente ao envelhecimento...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 70 horas


Por: R$ 29,90
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

A geriatria é o ramo da Medicina encarregado de estudar e tratar doenças e condições que estão relacionadas diretamente ao envelhecimento.

Por conta disso, a geriatria ficou conhecida como a medicina do idoso, sendo que todos os aspectos da saúde de um paciente na melhor idade são avaliados por médicos dessa especialidade.

A geriatria trata de condições que tradicionalmente assolam idosos, como as quedas, a falta de equilíbrio, as dificuldades na hora de realizar movimentos, os problemas de memória, os diferentes tipos de demência, a incontinência urinária e a osteoporose, mas também condições que podem ser encontradas em todas as idades, como a pressão alta, a diabetes, o colesterol alto e até mesmo a depressão.

Me chamo Walisson Junio Martins da Silva. Sou Mestre em Alimentos e Nutrição-Unesp. Bioquímico-UFV. Licenciado em Ciências Biológicas. Especialista nas áreas Ensino, Gerontologia e Nutrição. Atualmente professor de biologia e de ciências. Anteriormente professor de ciência dos alimentos, biologia, química, ciências e bioquímica. Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/1141431817967324. Pesquisador de qualidade de vida, alimentação saudável e prevenção de doenças crônicas não transmissíveis. Especialista em nutrição clínica e esportiva; gerontologia e qualidade de vida. Estudo intensamente nutrição, alimentos, saúde e gerontologia, dentre outras áreas. Nestes cursos transmito informações preciosas e atualizadas sobre alimentação e saúde com total credibilidade e clareza após estudar intensamente cada conteúdo. No final de cada curso não há avaliação. Cursou, aprendeu bastante e não tem a preocupação, ansiedade em ser avaliado (a). No certificado é informado o número de dias em que o curso foi cursado e o tanto de horas que ele foi acessado, diante disto, não convém cursar muito rápido e em poucos dias.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • Geriatria

  • O padrão de doenças nos idosos apresenta como principais características a coexistência de duas ou mais patologias, que aumentam a utilização dos serviços de saúde, internações hospitalares longas e mais frequentes, acompanhamentos constantes, cuidados permanentes, uso de medicações contínuas e exames periódicos. Esse aumento de demandas, que afetará tanto a saúde pública como a suplementar, tornando urgente a transição do modelo assistencial clínico para o de prevenção por meio de uma assistência que aborde uma linha de cuidado que traga oportunidades de ampliar a qualidade de vida.

  • Sabe-se que a Gerontologia não se confunde com a Geriatria, uma vez que esta é uma especialidade médica que se dedica à promoção da saúde da pessoa idosa, considerando sua dimensão fisiológica.

    No entanto, a par dos aspectos fisiológicos, outros devem ser levados em conta, como psicológicos e sociais, quando do estudo e diagnóstico do processo de envelhecimento, devido à complexidade que o envolve.

  • Com o aumento expressivo do envelhecimento da população brasileira a geriatria tornou-se uma especialidade necessária para formação do médico e dos demais profissionais que atuam na área da saúde. O reconhecimento dos grandes problemas de saúde e a abordagem assertiva das doenças mais frequentes nesta faixa etária, associados ao manejo adequado de medicamentos, são essenciais para a preservação da autonomia e independência desta população mais vulnerável.

  • As ações voltadas para o diagnóstico precoce e controle de condições crônicas e passíveis de modificação devem estar sempre presente no plano de cuidado.

  • GARCIA, E et al. Essências em geriatria clínica [recurso eletrônico]. Porto Alegre : EDIPUCRS, 2018.

  • A atual assistência de saúde prestada ao idoso é preocupante: é o mais acometido por doenças crônicas e fragilidades, apresenta-se num contexto de fragmentação da assistência, com multiplicação de consultas de especialistas, informações não compartilhadas entre os níveis de assistência, polifarmácia, exames clínicos e imagens, que costumam ser custosos e pouco resolutivos. Insuficientes são os recursos sociais e financeiros, fazendo com que mesmo sem doenças crônicas, apresentem alguma perda funcional. Isso gera aumento da demanda dos serviços, aumenta os gastos públicos e não necessariamente melhorem a saúde e a qualidade de vida.

  • O envelhecimento pode ser definido como um complexo e multifatorial processo influenciado pela genética, fatores ambientais e comportamentais. Envolve um conjunto de alterações morfológicas, fisiológicas e bioquímicas inevitáveis que ocorrem progressivamente no organismo ao longo da vida. Essas alterações levam à perda gradativa das funções de vários órgãos que formam o organismo humano.

  • Podemos observar que, durante o processo de envelhecimento, ocorrem alterações biológicas, como o aumento do estresse oxidativo, disfunção mitocondrial, anormalidade de processos inflamatórios, diminuição da produção hormonal e diminuição da taxa metabólica, que podem levar ao catabolismo e déficit no funcionamento fisiológico dos sistemas. Porém é possível ter envelhecimento bem sucedido.

  • Se pensarmos em um idoso com seus 70/80 anos, as características que vamos citar são comorbidades, incapacidades, dificuldades e mortalidade. Essas três caraterísticas deixam o indivíduo vulnerável, assim, um trabalho em conjunto entre a Geriatria e a Gerontologia pode auxiliar o idoso a conseguir uma melhor condição física, tornando-o mais ativo, independente e tendo uma maior longevidade, mas certamente, se esse idoso tivesse começado seu tratamento anos antes de chegar ao estágio da velhice, suas condições seriam bem melhores, e é com base nisso que muitas pessoas atualmente buscam a Geriatria Preventiva.

  • A qualidade de vida do idoso é, muitas vezes, reflexo das decisões tomadas ao longo dos ciclos de vida, aliada com as mudanças decorrentes do envelhecimento biológico.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 29,90
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Saúde do Idoso
  • Envelhecimento Bem-Sucedido
  • Geriatria
  • Alimentação do Idoso
  • Sarcopenia
  • Atividade Física e Saúde do Idoso
  • Nutrição do Idoso
  • Consumo de óleos e gorduras e saúde
  • Alimentação e Prevenção da Doença de Alzheimer
  • Cuidando Bem da Pele
  • Nutrição e Cicatrização
  • Doenças Crônicas Não Transmissíveis
  • Fisiologia Cardiovascular
  • Aterosclerose
  • Cuidando da Saúde Cardiovascular
  • Prevenção da Hipertensão
  • Obesidade
  • Tratamento da Obesidade
  • Sistema Esquelético
  • Osteoporose
  • Prevenção da Osteoporose
  • Envelhecimento Saudável