Curso Online de O Trabalho e a Saúde Mental

Curso Online de O Trabalho e a Saúde Mental

Neste curso o aluno verá: Teorias do Estresse, Psicopatologias do Trabalho,Psicodinâmica do Trabalho e muito mais. indicado para profissi...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 6 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Mais de 5 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Neste curso o aluno verá: Teorias do Estresse,
Psicopatologias do Trabalho,Psicodinâmica do Trabalho e muito mais.
indicado para profissionais e estudantes da área de saúde, psicologia e demais áreas de interesse.

Estude aqui na MIP CURSOS, cursos on line de Segurança do Trabalho, Meio Ambiente, Medicina do Trabalho, Ergonomia, Primeiros Socorros, Prevenção e Combate a Incêndios, Prevenção de Acidentes e vários outros temas atuais, baseados em Normas Regulamentadoras, legilações e procedimentos. Conheça os desafios enfrentados no dia-a-dia e perceba que a qualificação é essencial para o perfeito funcionamento de uma grande, media ou pequena empresa. Entenda como os profissionais atualizados, qualificados e capacitados são importantes para as operações dentro de diversos estabelecimentos Industriais e Comerciais. Estude a distância e aprenda conosco. Matricule-se e comece a aplicar coisas simples na sua empresa, evitando acidentes e garantindo o bem estar dos funcionários. CORPO DOCENTE: Engenheiro de Segurança do Trabalho, Engenheiro Ambiental, Engº Mecânico, Engº Produção, Fisioterapeuta do Trabalho, Gestor Ambiental, Técnico Segurança do Trabalho, técnico em Enfermagem do Trabalho, Bombeiro Civil.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • 1

  • TRABALHO E SAÚDE MENTAL

    2

    TRABALHO E SAÚDE MENTAL

  • Custos dos agravos a saúde Mental

    3

    Custos dos agravos a saúde Mental

    A indústria americana perde 550 milhões de dias de trabalho por ano devido ao absenteísmo-doença e estima-se que 54% das ausências sejam relacionadas de alguma forma ao estresse (Elkin e Rosh, 1990).
    Na indústria inglesa (dados da Confederation of British Industry - a maior organização de empresas do RU) são 360 milhões de dias de trabalho perdidos por motivo de doença com um custo para a economia de £8 bilhões a cada ano (Sigman, 1992). A “UK’s Health and Safety Executive” estima que pelo menos 50% desses dias de trabalho perdidos são devidos a problemas nos locais de trabalho.
    Acrescente-se os custos indiretos com a rotatividade e treinamento, além do fato dos empregados ficarem tão perturbados que, embora presentes, contribuem pouco ou quase nada para a realização do trabalho para o qual foram empregados (Schabracq et alli, 1996:xiii).

  • TRABALHO E SAÚDE MENTAL - revisão do campo -

    4

    TRABALHO E SAÚDE MENTAL - revisão do campo -

    Teorias do Estresse

    Psicopatologias do Trabalho

    Psicodinâmica do Trabalho

    Dois Estudos do Sofrimento Psíquico dos Trabalhadores

  • Psicologia da Saúde e do Trabalho

    5

    Psicologia da Saúde e do Trabalho

    As teorias do Estresse

  • Teorias do estresse

    6

    Teorias do estresse

    Nas teorias do estresse além dos aspectos conceituais (teorias e constructos) há uma diversidade de métodos diagnósticos de trabalho e saúde, problemas organizacionais e intervenções e estratégias preventivas e curativas para melhorar os níveis de saúde no trabalho.
    A Psicologia da Saúde e Trabalho reúne contribuições da psicologia no campo do estresse (em sentido amplo), fadiga e bem-estar laborais.
    Classifica essas contribuições em cinco linhas teórico-metodológicas:

  • 7

    A abordagem biológica do estresse - centrada no substrato psicofisiológico do estresse ( McDougall, 1993 e Selye, 1956).
    Contribuições da psicologia clínica - ansiedade, trauma (estresse agudo), “burnout”, “coping”, fatores de personalidade, percepção de sintomas, qualidade de vida, estresse geral (Lazarus, 1966), psicoterapia.
    Contribuições da psicologia da organização e do trabalho industrial - trabalhos sobre estresse laboral (Karasek e Theorell, 1990), fadiga e características do trabalho
    Estresse estudado do ponto de vista socio-psicológico e sociológico - adaptação pessoa-ambiente, suporte social e teoria das funções (modelo de Michigan) e em mecanismos de atribuição de causalidade e comparação social .
    Na tradição da psicologia do desenvolvimento - ensaios relativos a carreira e manejo do desenvolvimento

  • Teorias do Estresse

    8

    Teorias do Estresse

    EFEITOS SOBRE O INDIVÍDUO
    ESGOTAMENTO
    BURNOUT
    DOENÇAS CARDIOVASCULARES

    TRABALHO

    DEMANDAS

    SUPORTE SOCIAL

    LATITUDE DE DECISÃO

    ESTRESSE

  • Modelo de Karasek

    9

    Modelo de Karasek

    demand-discretion model (1979) demanda e controle formam o par básico onde, do ponto de vista do controle o principal conceito é o de latitude de decisão.
    Alta demanda e baixa latitude de decisão é a pior combinação, caracteriza uma situação de esgotamento, responsável pelo desenvolvimento de doença.
    Alta demanda e ampla latitude de decisão caracteriza uma situação ativa, ao mesmo tempo em que há grande demanda há também grande capacidade de lidar com elas, adequar as estratégias utilizadas.
    Baixa demanda e ampla latitude de decisão é a situação que envolve menor risco de desenvolver doença.
    Baixa demanda e estreita latitude de decisão (situação passiva)pode estar associado ao desenvolvimento de atrofia psicológica (Theorell, 1996).

  • Modelo de Karasek

    10

    Modelo de Karasek

    suporte social
    Termo introduzido ao modelo a partir de resultados de pesquisas levadas a cabo em trabalhadores suecos. A maior prevalência de doença cardiovascular foi encontrada em operários homens quando associada ao par alta demanda - falta de controle, enquanto que para as mulheres e para executivos homens foi encontrada uma associação mais forte com o grupo no qual havia falta de controle e falta de suporte social.

  • Modelo de Karasek

    11

    Modelo de Karasek

    Concepção fisiológica do estresse:
    uma situação ativa estimula a restauração anabólica e processos de proteção do corpo no nível tissular, enquanto que nas situações de esgotamento, o anabolismo está inibido.
    Quando há alta demanda psicológica há mobilização de energia e leva a aumento do catabolismo, quebra de proteínas para provisão de energia “a qualquer preço”. Quando a situação é ativa a capacidade do organismo reparar-se é alta e o equilíbrio se mantém, a isso Theorell (1996:153-154) chama de flexibilidade em termos fisiológicos, ou seja a capacidade do organismo se adequar às variações de demanda de energia. Quando a situação é de esgotamento, com a capacidade anabólica diminuída, o organismo não suporta tais variações, ou a manutenção de períodos de mobilização intensa de energia fica muito limitada. Os hormônios vinculados a esses processos são a testosterona, hormônio do crescimento e insulina para o processo anabólico que é mais intenso durante o sono profundo quando é máxima a atividade reparadora do organismo, e catecolaminas e hormônios tireoidianos para o catabólico.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • TRABALHO E SAÚDE MENTAL
  • Custos dos agravos a saúde Mental
  • revisão do campo
  • Psicologia da Saúde e do Trabalho
  • Teorias do estresse
  • Modelo de Karasek
  • Modelo de Michigan
  • Estresse como Processo (Lazarus)
  • Medidas centrais para promover desenhos de cargos mais adequados (Kompier)
  • DA PSICOPATOLOGIA À PSICODINÂMICA DO TRABALHO
  • Psicopatologia do Trabalho
  • Organização do Trabalho
  • Estratégias de defesa: Ideologia defensiva
  • Estratégias de defesa: Mecanismos de Defesa
  • Sofrimento psíquico
  • DA PSICOPATOLOGIA À PSICODINÂMICA
  • Alguns conceitos
  • Dinâmica do Reconhecimento
  • Psicopatologia do Trabalho
  • SOFRIMENTO PSÍQUICO E TRABALHO
  • A INVESTIGAÇÃO
  • O Trabalho de Caixa Executivo
  • O Trabalho Real de Caiex - determinantes e conseqüências -
  • Questões Metodológicas em Saúde Mental e Trabalho
  • Diversidade de abordagens
  • Os estudos epidemiológicos e suas dificuldades metodológicas
  • Metodologia da Psicodinâmica do Trabalho
  • CONCLUSÃO