Curso Online de Agente Comunitário de Saúde

Curso Online de Agente Comunitário de Saúde

O Agente Comunitário de Saúde desenvolve atividades de prevenção de doenças e promoção da saúde, por meio de ações educativas individuais...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 20 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Mais de 0 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

O Agente Comunitário de Saúde desenvolve atividades de prevenção de doenças e promoção da saúde, por meio de ações educativas individuais e coletivas, nos domicílios e na comunidade, sob supervisão competente.

Mestre em alimentos e nutrição. Professor no ensino superior, médio e fundamental. Licenciado em biologia e química, bacharel em bioquímica com ênfase no entendimento de ciências dos alimentos, fitoterapia e nutrição e ensino no decorrer da graduação. Especialista em nutrição clínica e esportiva, gerontologia e qualidade de vida e metodologia de ensino de biologia e química. Experiência como professor de ciências, biologia, química, bioquímica e alimentos. Currículo Lattes: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4485065A7.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • Agentes Comunitários de Saúde

  • A estratégia da Saúde da Família foi apresentada como uma proposta de reorientação do modelo assistencial a partir da atenção básica, tendo como alicerce os princípios do Sistema Único de Saúde (SUS). Isso proporcionou uma postura dinâmica de atuação nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), com definição de responsabilidades entre os serviços de saúde e a população, rompendo o seu caráter passivo. Deste modo, os serviços passaram a buscar estratégias para desenvolver uma atenção integral à saúde de indivíduos e grupos, intervir sobre fatores de risco aos quais a população está exposta, promover parcerias por meio de ações intersetoriais e estimular o controle social.

  • Entretanto, cabe ressaltar que é de extrema importância o envolvimento governamental em áreas prioritárias como educação, saneamento, alimentação, renda, moradia e segurança, para a efetivação desse processo assistencial, possibilitando a adesão e mobilização das forças sociais e políticas em torno de suas diretrizes.

  • O Programa de Saúde da Família (PSF) teve início com a criação do Programa de Agentes Comunitários de Saúde (PACS), pelo Ministério da Saúde, em 1991, e foi a partir daí que começou a se enfocar a família como unidade de ação programática de saúde e não mais somente o indivíduo. A atenção passou a ser centrada na família, entendida e percebida a partir de seu ambiente físico e social, o que vem possibilitando às equipes que trabalham junto a estes sujeitos uma compreensão ampliada do processo saúde/doença.

  • Em 1987 o PACS teve início Ceará, em princípio como frente de trabalho em situação crítica de seca. O sucesso provocado pelo trabalho realizado casa a casa pelos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) fez com que, em 1991, o Ministério da Saúde desse início ao Plano Nacional de Agentes Comunitários de Saúde, obtendo impactos importantes na redução da mortalidade infantil, no aumento do aleitamento materno exclusivo, no aumento da cobertura vacinal em crianças e gestantes e na queda das doenças infectocontagiosas de maneira geral.

  • O programa conta com uma equipe multiprofissional, composta por médico, enfermeira, auxiliar de enfermagem, agentes comunitários de saúde e, a partir de 2000, cirurgião-dentista, técnico em higiene dental e atendente de consultório dentário, proporcionando um grande avanço para a saúde da população, a qual cria vínculos de corresponsabilidade com os profissionais do setor, facilitando a identificação e o atendimento aos problemas de saúde da comunidade.

  • O trabalho do ACS, na Atenção Básica, é de fundamental importância para a concretização da estratégia saúde da família e efetivação do conceito ampliado de saúde. O Agente realiza atividades diferenciadas junto à comunidade e por isso pode ser considerado um elemento nuclear das ações em saúde, com atividades de prevenção das doenças e agravos e de vigilância à saúde, por meio das visitas em domicílios e educação em saúde, individual e coletiva. Ademais, o ACS tanto orienta a comunidade como informa a equipe de saúde sobre a situação das famílias, principalmente aquelas em situação de risco, assumindo o papel de sujeito articulador.

  • https://www.chegadetrabalhoinfantil.org.br/quem-atua/agente-comunitario-de-saude/

  • Para implantação da estratégia de Agentes Comunitários de Saúde é necessária a existência de uma Unidade Básica de Saúde (UBS).

  • Exemplos de competências do Agente Comunitário de Saúde: Trabalhar com adscrição de indivíduos e famílias em base geográfica definida e cadastrar todas as pessoas de sua área; Informar os usuários sobre as datas e horários de consultas e exames agendados; Utilizar instrumentos para a coleta de informações que apoiem no diagnóstico demográfico e sociocultural da comunidade; Desenvolver ações que busquem a integração entre a equipe de saúde e a população adscrita à UBS.

  • Agente Comunitário de Saúde


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Agente Comunitário de Saúde
  • Sistema Único de Saúde
  • Atenção Primária à Saúde
  • Saúde Pública
  • Saúde Coletiva
  • Principais funções dos agentes comunitários de saúde
  • Doenças crônicas não transmissíveis
  • Noções de prevenção das doenças crônicas não transmissíveis