Curso Online de ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM NO CUIDADO Á SAÚDE DA MULHER
5 estrelas 2 alunos avaliaram

Curso Online de ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM NO CUIDADO Á SAÚDE DA MULHER

ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM NO CUIDADO À SAÚDE DA MULHER OBJETIVOS GERAIS DA POLÍTICA NACIONAL DE ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE DA MULHER PLANE...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 58 horas

Por: R$ 45,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM NO CUIDADO
À SAÚDE DA MULHER
OBJETIVOS GERAIS DA POLÍTICA NACIONAL DE ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE DA MULHER
PLANEJAMENTO FAMILIAR
INTRODUÇÃO
ATIVIDADES EDUCATIVAS
ATIVIDADES CLÍNICAS
ESCOLHA DO MÉTODO ANTICONCEPCIONAL
CARACTERÍSTICAS DO MÉTODO
? EFICÁCIA
? EFEITOS SECUNDÁRIOS
? ACEITABILIDADE
? DISPONIBILIDADE
? FACILIDADE DE USO
? REVERSIBILIDADE
? PROTEÇÃO À DST E INFECÇÃO PELO HIV
MTODOS COMPORTAMENTAIS
MÉTODO OGINI-KNAUS-TABELINHA
MÉTODO DA TEMPERATURA BASAL CORPORAL
MÉTODO DE MUCO CERVICAL
MÉTODO DE BARREIRA
PRESERVATIVO MASCULINO
PRESERVATIVO FEMININO
DIAFRAGMA
DIU:DISPOSITIVO INTRA UTERINO
ANTICONCEPCIONAL HORMONAL ORAL
ANTICONCEPCIONAL HORMONAL ORAL COMBINADO
ANTICONCEPCIONAL HORMONAL ORAL APENAS DE PROGESTOGÊNIO
ANTICONCEPCIONAL INJETÁVEL
MÉTODOS DEINITIVOS
LAQUEADURA OU LIGADURA TUBÁRIA
VASECTOMIA
ANTICONCEPÇÃO DE EMERGÊNCIA
CÂNCER DO COLO DO ÚTERO E MAMA
CÂNCER DO COLO DO ÚTERO
PROGRESSÃO DE CÂNCER DE COLO DO ÚTERO
FATORES DE RISCO
INSTALAÇÃO DO CÂNCER NO COLO DO ÚTERO
ESTATÍSTICAS
SINTOMAS
EVOLUÇÃO DA DOENÇA
TRATAMENTO
ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM AO PACIENTE COM CÂNCER DE MAMA
ASSISTÊNCIA NO PRÉ- CIRÚRGICO
ASSISTÊNCIA NO PÓS-CIRÚRGICO
ESTATÍSTICAS
SINTOMAS
PREVENÇÃO
TRATAMENTO
PRÉ NATAL
GRAVIDEZ
SINAIS E SINTOMAS
SINAIS DE PRESUNÇÃO
SINAIS DE PROBABILIDADE
SINAIS DE CERTEZA
O 1º TRIMENTRE DE GRAVIDEZ
O 2º TRIMENTRE DE GRAVIDEZ
O 3º TRIMENTRE DE GRAVIDEZ
PARTO
ASSISTÊNCIA E HUMANIZAÇÃO DE ENFERMAGEM AO PARTO
ATUAÇÃO DA (O) ENFERMEIRA(O) OBSTÉTRICA
CONCEITO DE HUMANIZAÇÃO AO PARTO
O PROCESSO DE HUMANIZAÇÃO
INÍCIO DO ENSINO DA OBSTETRÍCIA
RECONHECIMENTO DO MINISTÉRIO DA SAÚDE A ASSISTÊNCIA E HUMANIZAÇÃO PRESTADA PELO ENFERMEIRO OBSTETRA
CONSIDERAÇÕES
ETAPAS DO PARTO
PUERPÉRIO
ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM NO PUERPÉRIO
CLIMATÉRIO
ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM NO CLIMATÉRIO
QUADRO CLÍNICO
TERAPIA DE REPOSIÇÃO HORMONAL (TRH)
CONDUTA
CONTRA INDICAÇAO DA TRH
REFERÊNCIAS
OBRIGADA

GRADUADA EM ENFERMAGEM,PÓS GRADUADA EM PROGRAMA SAÚDE DA FAMÍLIA,TRABALHANDO ATUALMENTE COMO COORDENADORA DE ATENÇÃO PRIMÁRIA A SAÚDE COM VARIOS CURSOS NA ÁREA DA SAÚDE COMO:CURSO DE ENFERMAGEM,PASSAGEM DE PLANTÃO,HUMANIZAÇÃO,CONVULSÕES NEONATAIS,ALEITAMENTO MATERNO,ATUALIZAÇÃO EMM CURATIVOS,CURSO BÁSICO DE EMERGÊNCIAS CARDIOLÓGICAS,ADMINISTRAÇÃO E ORGANIZAÇÃO DOS SERVIÇOS PEDIÁTRICOS E NEONATAIS,FORMAÇÃO DE CUIDADORES DE IDOSOS,FORMAÇÃO EM ÉTICA NO COTIDIANO E NA SAÚDE,ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM PERIOPERATÓRIA,PARADA CARDIORRESPIRATÓRIA,ANEMIA NA INFÂNCIA E ATUAÇÃO DE ENFERMAGEM,HIPERTENSÃO,ATUAÇÃO EM SAÚDE MENTAL DO ADULTO E DO IDOSO E SAÚDE INTEGRAL DA MULHER,IMUNIZAÇÃO ESPECIAL,MANEJO DAS CÓLICAS NO RECÉM NASCIDO,DIABETES MELLITUS,FORMAÇÃO EM PROCESSO HISTÓRICO DE SAÚDE PÚBLICA NO BRASIL,SAÚDE DA MULHER NA TERCEIRA IDADE,ENTRE OUTROS


- Nathália Aparecida De Sousa Amaral

- Suelen Oechsler

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM NO CUIDADO À

    ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM NO CUIDADO À

    SAÚDE
    DA
    MULHER

  • SAUDAÇÕES

    OLÁ QUERIDO(A) ALUNO(A)!ESPERO QUE ESTE CURSO VENHA A SER DE GRANDE APROVEITAMENTO PARA A EXPANSÃO DOS SEUS CONHECIMENTOS E AMPLIE SUA VISÃO NO CUIDADOS COM A SAÚDE DA MULHER.
    MANDE-ME SUA MENSAGEM
    trevizapeixotohellen@yahoo.com.br
    OBRIGADA POR TER ESCOLHIDO ESSE CURSO!
    QUE O SENHOR JESUS ABENÇOE VOCÊ
    VAMOS AOS ESTUDOS.

    SAUDAÇÕES

  • AGRADEÇO A BUZZERO PELA OPORTUNIDADE DE DIVIDIR MEUS CONHECIMENTOS COM VOCÊ!!!

  • A MANUTENÇÃO DA BOA SAÚDE DA MULHER EXIGE UMA SÉRIE DE CUIDADOS E ATITUDES PREVENTIVAS.

  • CADA MULHER TEM UMA HISTÓRIA E UM CORPO DIFERENTE DAS OUTRAS E QUE DEVEM SER ANALISADAS CUIDADOSAMENTE COM A SUPERVISÃO DO MÉDICO OU DO ENFERMEIRO,PARA GARANTIR UMA VIDA SAUDÁVEL E SEM SURPRESAS DESAGRADÁVEIS.

  • ARTE DE CUIDAR

    ARTE DE CUIDAR

  • SAÚDE DA MULHER

    SAÚDE DA MULHER

  • OBJETIVOS GERAIS DA POLÍTICA NACIONAL DE ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE DA MULHER

    OBJETIVOS GERAIS DA POLÍTICA NACIONAL DE ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE DA MULHER

  • ATENÇÃO INTEGRAL A SAÚDE DA MULHER

    PROMOVER A MELHORIA DAS CONDIÇÕES DE VIDA E SAÚDE DAS MULHERES BRASILEIRAS, MEDIANTE A GARANTIA DE DIREITOS LEGALMENTE CONSTITUÍDOS E AMPLIAÇÃO DO ACESSO AOS MEIOS E SERVIÇOS DE PROMOÇÃO, PREVENÇÃO, ASSISTÊNCIA E RECUPERAÇÃO DA SAÚDE EM TODO TERRITÓRIO BRASILEIRO;

    ATENÇÃO INTEGRAL A SAÚDE DA MULHER

  • CONTRIBUIR PARA A REDUÇÃO DA MORBIDADE E MORTALIDADE FEMININA NO BRASIL, ESPECIALMENTE POR CAUSAS EVITÁVEIS, EM TODO CICLO DE VIDA E NOS DIVERSOS GRUPOS POPULACIONAIS, SEM DISCRIMINAÇÃO DE QUALQUER ESPÉCIE;

  • AMPLIAR, QUALIFICAR E HUMANIZAR A ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE DA MULHER NO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 45,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • SAÚDE DA MULHER
  • OBJETIVOS GERAIS DA POLÍTICA NACIONAL DE ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE DA MULHER
  • ATENÇÃO INTEGRAL A SAÚDE DA MULHER
  • QUESTIONÁRIO
  • PLANEJAMENTO FAMILIAR
  • MÉTODOS COMPORTAMENTAIS
  • MÉTODO OGINI-KNAUS -TABELINHA
  • MÉTODO DA TEMPERATURA BASAL CORPORAL
  • MÉTODO DO MUCO CERVICAL
  • MÉTODOS DE BARREIRA
  • PRESERVATIVO MASCULINO
  • PRESERVATIVO FEMININO
  • MÉTODOS DE BARREIRA
  • DIAFRAGMA
  • DIU DISPOSITIVO INTRA UTERINO
  • INSERÇÃO DO DIU
  • REMOÇÃO DO DIU
  • ANTICONCEPCIONAL HORMONAL ORAL
  • ANTICONCEPCIONAL HORMONAL ORAL COMBINADO
  • PROIBIÇÃO
  • ANTICONCEPCIONAL HORMONAL ORAL APENAS DE PROGESTOGÊNIO
  • ANTICONCEPCIONAL HORMONAL INJETÁVEL
  • TIPOS DE INJETÁVEIS
  • ANTICONCEPCIONAIS DE USO TRANSDÉRMICO (ADESIVO)
  • MÉTODOS DEFINITIVOS
  • LAQUEADURA OU LIGADURA TUBÁRIA
  • VASECTOMIA
  • ANTICONCEPÇÃO DE EMERGÊNCIA
  • EXAME PAPANICOLAU
  • COLETA DE EXAME CITOPATOLÓGICO
  • COLO NORMAL
  • COLO DO ÚTERO COM CERVICITE
  • EXAMES COMPLEMENTARES
  • CONSIDERAÇÕES GERAIS SOBRE A CONSULTA DE ENFERMAGEM EM GINECOLOGIA
  • AMBIENTE E MATERIAL NECESSÁRIO PARA O EXAME PAPANICOLAU E DAS MAMAS
  • ATENDIMENTO À CLIENTE
  • EXAME DAS MAMAS
  • INSPEÇÃO:
  • PALPAÇÃO:
  • EXPRESSÃO:
  • EXAME GINECOLÓGICO
  • TÉCNICA DE COLETA E PREPARAÇÃO DOS ESFREGAÇOS
  • FIXAÇÃO DO ESFREGAÇO:
  • CÂNCER DE COLO DE ÚTERO E MAMA
  • ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM A PACIENTES COM CÂNCER DE COLO DO ÚTERO
  • CÂNCER DE ÚTERO
  • CÂNCER COLO ÚTERO
  • PROGRESSÃO DE CÂNCER DE COLO DO ÚTERO
  • FATORES DE RISCO
  • CÂNCER ÚTERO
  • INSTALAÇÃO CÂNCER ÚTERO
  • ESTATÍSTICA
  • SINTOMAS
  • EVOLUÇÃO DA DOENÇA
  • TRATAMENTO
  • ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM AO PACIENTE COM CÂNCER DE MAMA
  • PAUSA PARA ANOTAÇÕES
  • CÂNCER DE MAMA
  • ESTATISTICAMENTE FALANDO
  • SINTOMAS
  • PREVENÇÃO
  • TRATAMENTO
  • Câncer de Mama
  • FATORES DE RISCO PARA CÂNCER DE MAMA
  • VERDADES E MITOS
  • GESTAÇÃO E CÂNCER DE MAMA
  • RISCO E PREVENÇÃO
  • ANTICONCEPCIONAL E REPOSIÇÃO HORMONAL
  • AUTOESTIMA E DEPRESSÃO
  • PERDA DA MAMA (MASTECTOMIA) E PERDA DOS CABELOS
  • ATIVIDADE FÍSICA E EXERCÍCIOS
  • PRÉ NATAL
  • GRAVIDEZ
  • SINAIS E SINTOMAS
  • O 1º TRIMESTRE DE GRAVIDEZ
  • O 2º TRIMESTRE DE GRAVIDEZ
  • O 3º TRIMESTRE DE GRAVIDEZ
  • PARTO
  • ASSISTÊNCIA E HUMANIZAÇÃO DE ENFERMAGEM AO PARTO
  • ATUAÇÃO DA ENFERMEIRA OBSTÉTRICA
  • PARTO
  • ETAPAS DO PARTO
  • EXPULSÃO
  • DILATAÇÃO
  • DEQUITAÇÃO
  • O PARTO NORMAL
  • A CESÁREA
  • O PÓS-PARTO DA CESÁREA
  • PARTO: IMPREVISTOS QUE PODEM ACONTECER
  • HUMANIZADO, DE CÓCORAS, NA ÁGUA... NOVOS E VELHOS CONCEITOS SOBRE O PARTO
  • PUERPÉRIO
  • ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM NO PUERPÉRIO
  • CLIMATÉRIO
  • ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM NO CLIMATÉRIO
  • QUADRO CLÍNICO
  • TERAPIA DE REPOSIÇÃO HORMONAL (TRH)
  • CONDUTA
  • CONTRA-INDICAÇÃO DA TRH
  • REFERÊNCIAS