Curso Online de Assistência de enfermagem no puerpério

Curso Online de Assistência de enfermagem no puerpério

Definição e classificação do puerpério; modificações nos sistemas; lóquios; assistência de enfermagem; visita domiciliar; consulta de enf...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 4 horas

Por: R$ 25,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Definição e classificação do puerpério; modificações nos sistemas; lóquios; assistência de enfermagem; visita domiciliar; consulta de enfermagem; alojamento conjunto; vantagens do alojamento conjunto ao RN e a mãe; cuidados com RN; tipos de mamilo; ingurgitamento mamário; transtornos mentais no puerpério; infecção puerperal; infecções localizadas.


  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • Assistência de enfermagem no puerpério

    Assistência de enfermagem no puerpério

    Enfª Priscila S Delpintor
    07/2015

  • Puerpério é o período que vai desde a dequitação da placenta até a volta do organismo materno às condições pré-gravídicas, quando ocorrem processos involutivos anatômicos e fisiológicos.

  • Classificação

    Classificação

    Podemos citar aqui duas classificações
    Rezende :
    Imediato – até 10º dia.
    Tardio – 11º ao 45º dia.
    Remoto – Após 45º dia.
    Hentschel :
    Orgânico- até 90 dias.
    Social – 4 a 6 meses.
    Psicológico – sem término preciso.

  • Modificações no estado geral

    Modificações no estado geral

    Exaustão
    Calafrios
    Aumento da temperatura
    Aumento brusco do retorno venoso
    Sudorese

  • Modificações no trato urinário

    Modificações no trato urinário

    Voltam ao normal o fluxo plasmático renal, filtração glomerual e taxas de uréia e creatinina.
    Atonia vesical favorece o acúmulo de urina residual.
    Edema do meato urinário.
    Perda da sensibilidade pela anestesia.
    Aumento da diurese
    Esvaziamento incompleto da bexiga.

  • Modificações no sistema digestivo

    Modificações no sistema digestivo

    Aumento do ácido clorídrico
    Regressão dos edemas da gengiva
    Flacidez da musculatura abdominal
    Normalização da topografia gástrica
    Diminuição da obstipação devido ao retorno das vísceras abdominais ao sítio anatômico e diminuição da ação progesterônica na musculatura lisa do tubo digestivo.

  • Modificações cardiovasculares

    Modificações cardiovasculares

    Retorno brusco do retorno venoso
    Hipotensão
    Descolamento do ictus para linha mamilar
    Progressivamente desaparecem os sopros
    Volume sanguíneo retorna ao normal
    Queda da pressão venosa

  • Modificações no sistema tegumentar

    Modificações no sistema tegumentar

    Hiperpigmentação da face, das mamas e abdome tendem a regredir rapidamente podendo deixar alterações definitivas na coloração da pele.
    Estrias avermelhadas tornam-se brancas
    Unhas quebradiças
    Pele seca
    Queda de cabelo

  • Modificações hematopoiéticas

    Modificações hematopoiéticas

    Diminuição do volume sanguíneo
    Coagulabilidade aumentada até 15 dias
    Elevação das plaquetas nos primeiros 3 – 5 dias
    Leucocitose 15.000 a 20.000 (neutrófilos) por 4 – 5 dias / sem desvio para esquerda

  • Modificações do trato respiratório

    Modificações do trato respiratório

    Descompressão diafragmática
    Taquipnéia relaciona-se com hipotensão e hipertermia

    Perda da lordose
    Retorno parcial da flacidez e frouxidão articular da sínfise púbica

    Modificações osteoarticular

  • Modificações do organismo

    Modificações do organismo

    Com a dequitação da placenta a mulher perde sua fonte de produtora de estrógenos.
    Por conta do hipoestrogenismo a puérpera passará por um período de atrofia genital, denominado “crise genital” até os ovários retornaram a sua função endócrina, já que durante o período gravídico eles tem a função bloqueada.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 25,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Assistência de enfermagem no puerpério
  • Classificação
  • Modificações no estado geral
  • Modificações no trato urinário
  • Modificações no sistema digestivo
  • Modificações cardiovasculares
  • Modificações no sistema tegumentar
  • Modificações hematopoiéticas
  • Modificações do trato respiratório
  • Modificações do organismo
  • Modificações uterinas
  • Lóquios
  • Modificações na vagina e vulva
  • Modificação perineal
  • Assistência de enfermagem
  • Visita domiciliar no puerpério
  • Consulta de enfermagem
  • Alojamento conjunto
  • Vantagens do alojamento conjunto
  • Cuidados com RN
  • Aleitamento materno
  • Tipos de mamilo
  • Ingurgitamento mamário
  • Como prevenir o ingurgitamento?
  • Tratamento
  • Transtornos mentais no puerpério
  • Blues puerperal
  • Depressão puerperal
  • Psicose puerperal
  • Infecção puerperal
  • Etiologia da infecção puerperal
  • Infecções localizadas
  • Tratamento
  • Assistência de enfermagem