Curso Online de Código de ética da Enfermagem

Curso Online de Código de ética da Enfermagem

Para se trabalhar dentro da legalidade e necessário conhecer o código de ética da enfermagem.

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 6 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Mais de 0 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Para se trabalhar dentro da legalidade e necessário conhecer o código de ética da enfermagem.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • CÓDIGO DE ÉTICA DOS PROFISSIONAIS DE
    ENFERMAGEM
    Enfermeira Cecília Neves

  • O aprimoramento do comportamento ético do profissional passa pelo processo de construção de uma consciência individual e coletiva, pelo compromisso social e profissional configurado pela responsabilidade no plano das relações de trabalho com reflexos no campo científico e político.

  • O Código de Ética dos Profissionais de Enfermagem está organizado por assunto e inclui princípios, direitos, responsabilidades, deveres e proibições pertinentes à conduta ética dos profissionais de Enfermagem.


  • O CEPEnfermagem leva em consideração a necessidade e o direito de assistência em Enfermagem:
    da população,
    os interesses do profissional
    e de sua organização.
    Está centrado na:
    pessoa,
    família e
    coletividade

  • e pressupõe que os trabalhadores de Enfermagem estejam aliados aos usuários na luta por uma assistência sem riscos e danos e acessível a toda população..

  • O presente Código teve como referência os postulados da Declaração Universal dos Direitos do Homem, promulgada pela Assembléia Geral das Nações Unidas (1948) e adotada pela Convenção de Genebra da Cruz Vermelha (1949), contidos no Código de Ética do Conselho Internacional de Enfermeiros (1953) e no Código de Ética da Associação Brasileira de Enfermagem (1975).
    Teve como referência, ainda, o Código de Deontologia de Enfermagem do Conselho Federal de Enfermagem (1976), o Código de Ética dos Profissionais de Enfermagem (1993) e as Normas Internacionais e Nacionais sobre Pesquisa em Seres Humanos
    [Declaração Helsinque (1964), revista em Tóquio (1975) e a Resolução 196 do Conselho Nacional de Saúde, Ministério da Saúde (1996)].

  • PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS

    A Enfermagem é uma profissão comprometida com a saúde e qualidade de vida da pessoa, família e coletividade.

  • O Profissional de Enfermagem atua na promoção, prevenção, recuperação e reabilitação da saúde, com autonomia e em consonância com os preceitos éticos e legais.

  • O profissional de enfermagem participa, como integrante da equipe de saúde, das ações que visem satisfazer as necessidades de saúde da população e da defesa dos princípios das políticas públicas de saúde e ambientais, que garantam a universalidade de acesso aos serviços de saúde, integralidade da

  • assistência, resolutividade, preservação da autonomia das pessoas, participação da comunidade, hierarquização e descentralização político-administrativa dos serviços de saúde.

  • O Profissional de Enfermagem respeita a vida, a dignidade e os direitos humanos, em todas as suas dimensões.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • RESPONSABILIDADES E DEVERES
  • PROIBIÇÕES
  • SEÇÃO I DAS RELAÇÕES COM A PESSOA, FAMILIA E COLETIVIDADE DIREITOS
  • RESPONSABILIDADES E DEVERES
  • PROIBIÇÕES
  • RESPONSABILIDADES E DEVERES
  • CAPÍTULO II DO SIGILO PROFISSIONAL RESPONSABILIDADES E DEVERES
  • PROIBIÇÕES
  • CAPÍTULO V DAS INFRAÇÕES E PENALIDADES
  • I - Advertência verbal;
  • II - Multa;
  • III - Censura;
  • IV - Suspensão do Exercício Profissional;
  • V - Cassação do direito ao Exercício Profissional