Curso Online de Eletrocardiograma para enfermagem
5 estrelas 3 alunos avaliaram

Curso Online de Eletrocardiograma para enfermagem

O curso aborda vídeos, tipos de ECG, como realizar macetes para a interpretação, etc

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 14 horas

Por: R$ 55,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

O curso aborda vídeos, tipos de ECG, como realizar macetes para a interpretação, etc

Cursos com vídeos, imagens ilustrativas, bem explicado. Equipe só enfermagem Duvidas e Sugestões soenfermagem@soenfermagem.net


- Jailson Da Silva Pereira

"Curso de excelente padrão"

- Hamilton Rodrigues Da Costa

- Alessandra Lucimara De Souza

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • Eletrocardiograma

    Eletrocardiograma

    Olá, bem-vindo (a) ao curso de Eletrocardiograma. Utilize as teclas abaixo para sair, voltar ou avançar.
    Bons estudos!

  • Programa de Educação Continuada à Distância
    EAD – Educação à Distância

  • Introdução

  • Os grande marcos da história da monitorização hemodinâmica, foram sem dúvida, a
    possibilidade de aferição da pressão arterial e, posteriormente ,a monitorização cardíaca
    através do eletrocardiograma.

    Para se realizar um eletrocardiograma, cumpre saber que um eletrocardiógrafo é um
    galvanômetro registrador da diferença de potencial elétrico entre as duas regiões ( face
    externa e interna da pele) sobre as quais foram aplicados os eletrodos. As correntes elétricas
    que chegam a esses eletrodos provêm do coração, uma vez que cada fase do ciclo cardíaco é
    precedida e acompanhada de fenômenos elétricos que se difundem por todo o organismo.

    O eletrocardiograma é um teste simples que detecta e registra atividade elétrica do coração
    para localizar problemas cardíacos. Os sinais elétricos fazem o músculo cardíaco contrair à
    medida que viajam através do coração. Quando o coração contrai ele bombeia sangue para o
    resto do corpo. O eletrocardiograma mostra a rapidez das batidas do coração e seu ritmo. Ele
    ainda registra a força e ritmo dos sinais elétricos à medida que eles passam por cada parte do
    coração.

  • O ECG revela muitos problemas cardíacos alteram a assinatura elétrica do coração de formas
    distintas. O registro que o eletrocardiograma faz da atividade elétrica ajuda a revelar vários
    problemas cardíacos como: ataque do coração, falta de fluxo sanguíneo no músculo
    cardíaco, batimento irregular do coração e falta de força no bombeamento do coração. Os
    registros do eletrocardiograma podem ajudar os médicos a diagnosticarem um ataque
    cardíaco que está acontecendo ou que ocorreu no passado. Isso é particularmente verdadeiro
    quando o médico pode comparar o eletrocardiograma atual com um antigo. Os registros do
    eletrocardiograma também revelam: músculo cardíaco muito grosso ou partes do coração
    muito grandes, defeitos de nascença no coração, doença nas válvulas cardíacas. Um
    eletrocardiograma também mostra se o batimento cardíaco começa na parte superior direita
    do coração como deveria e o tempo que leva para os sinais elétricos atravessarem o coração.

    O ECG pode não só ajudar no diagnóstico de doenças, como também ajudar a melhor
    entender o grau de comprometimento de diversas doenças sobre o coração. Por exemplo, em
    pessoas com pressão alta ou problemas de valvas cardíacas, o ECG pode revelar alterações
    que indicam que o coração já está sobrecarregado pelo processo, indicando um estágio mais
    avançado da patologia.

  • Em casos de dor aguda no peito com suspeita de ataque cardíaco, a realização do ECG é
    mandatória, podendo revelar alterações que fazem o diagnóstico de infarto agudo do
    miocárdio.

    O mesmo vale para casos de alterações do ritmo do coração (arritmias); é através do ECG
    que se diagnostica o tipo de arritmia e decide-se pelo tratamento mais adequado.

    Marcapassos cardíacos, ou outros estimuladores elétricos, não afetam e nem são afetados pela operação do eletrocardiógrafo (modernos), Não causam nenhum risco a segurança.

  • Anatomia cardíaca

  • O coração, envolto em sua própria membrana mucosa, pericárdio, localiza-se no
    compartimento mediastinal mediano do tórax, entre as duas cavidades pleurais. Dois
    terços do coração se estendem a esquerda da linha média do corpo. O pericárdio não é
    essencial para o bom funcionamento do coração, mas funciona como um invólucro
    para proteger sua superfície. O espaço entre o revestimento pericárdico e o coração é
    preenchido por uma quantidade muito pequena de líquido, que lubrifica a superfície e
    diminui o atrito durante a contração do músculo cardíaco.

  • O coração consiste de quatro câmaras musculares, dois átrios e dois ventrículos além
    de outras estruturas associadas.

  • O lado esquerdo do coração bombeia o sangue oxigenado para todo o corpo, através
    das artérias, e arteríolas. O lado direito do coração recebe o sangue pobre em
    oxigênio do corpo e o envia aos pulmões para a oxigenação.

    As superfícies do coração são usadas como referência em relação a outras estruturas e
    para descrever a localização do dano, como em um infarto, por exemplo.

    O ventrículo direito, parte do átrio direito e e ventrículo esquerdo formam a superfície
    cardíaca anterior ( ou esternocostal) .

    A pequena porção da parte inferior do ventrículo esquerdo, que se estende
    anteriormente, forma uma ponta obtusa, composta da parte apical do septo interventricular
    e da parede livre do ventrículo esquerdo. Por causa da inclinação do coração para frente, o
    movimento da porção apical do ventrículo esquerdo durante a contração cardíaca forma o
    ponto de impulso máximo, que nas pessoas saudáveis, pode ser observado no quinto
    espaço intercostal da linha médio clavicular esquerda, entre 7 a 9 cm da linha média. O
    esterno, as cartilagens costais da terceira à sexta costela, parte dos pulmões estão
    localizados sobre a superfície cardíaca anterior.

  • O átrio esquerdo e uma pequena porção do átrio e do ventrículo direitos compreendem a
    base do coração, que está orientada para trás e forma a superfície posterior do coração.
    A aorta torácica, o esôfago e as vértebras são posteriores ao coração.

    A superfície inferior ou diafragmática do coração que compreende a maior parte do
    ventrículo esquerdo, repousa quase horizontalmente sobre o diafragma. O ventrículo
    direito forma uma porção da superfície cardíaca inferior.

    O átrio direito forma a borda lateral direita do coração. Toda a margem direita do coração
    se estende lateralmente da veia cava superior ao longo do átrio direito, e daí ao diafragma.

    O sulco coronário ou átrio ventricular (A-V) é o marco externo da separação entre
    átrios e ventrículos. O sulco AV circunda o coração de maneira oblíqua e abriga os
    vasos sanguíneos coronarianos, os nervos cardíacos e a gordura epicárdica, A aorta e
    a artéria pulmonar interrompem anteriormente ao sulco AV. Os sulcos interventricular
    anterior e posterior separam os ventrículos esquerdo e direito na superfície externa do
    coração.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 55,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Eletrocardiograma
  • Introdução
  • Anatomia cardíaca
  • Anatomia topográfica
  • Interior do coração
  • Válvulas cardíacas
  • Circulação coronariana
  • Músculo cardíaco
  • Sistema de condução elétrico do coração
  • Hemodinâmica cardíaca
  • Ciclo cardíaco
  • Anatomia vascular
  • Eletrocardiógrafo
  • Modelos de ECG existentes no mercado
  • Tipos de ECG
  • História
  • Papel de registro do ECG
  • Derivações eletrocardiográficas
  • ECG na prática
  • Realizando o ECG
  • Eletrocardiograma normal
  • Ondas, complexos e interval