Curso Online de EMERGÊNCIA NOS ACIDENTES DOMÉSTICOS COM CRIANÇAS

Curso Online de EMERGÊNCIA NOS ACIDENTES DOMÉSTICOS COM CRIANÇAS

A família é responsável por promover a saúde e o bem estar das crianças, e desempenha papeis de proteção, segurança, cuidados, sendo surp...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 7 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

A família é responsável por promover a saúde e o bem estar das crianças, e desempenha papeis de proteção, segurança, cuidados, sendo surpreendente o número de ocorrências que se dão sob sua responsabilidade e falta de conhecimento para esses enfrentamentos
Os acidentes no lar, principalmente considerando a idade da criança, sua etapa de desenvolvimento psicomotor e situações facilitadoras de risco, a leva a vivenciar a dor, a realização de exames específicos e um contato evitável com o trauma da hospitalização.
Compreendemos ser relevante abordar o tema para que a sociedade conheça a realidade dos acidentes que envolvem crianças, e procurem exercer a sua co-participação, na tentativa de diminuir os traumas físicos e emocionais que as crianças vivenciam quando são acometidas,por algum tipo de "acidente", durante seu processo de crescimento e desenvolvimento.

Índice do curso

Introdução
A TEORIA HUMANISTA NA EMERGÊNCIA
A relação entre as etapas da Infância e Seus Riscos
De 0 a 6 meses
Dos 7 aos 12 meses
3 a 5 anos
6 a 12 anos
Equipamentos de Segurança e Situações de Risco
conseqUências dos acidentes domésticos com crianças
Óbitos infantis por acidentes Domésticos
A importância da prevenção
conclusão

Formação Acadêmica:Pedagogia Especialização em: Psicologia e Saúde Mental Educação à Distância Metodologia da Pesquisa



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • EMERGÊNCIA NOS ACIDENTES DOMÉSTICOS COM CRIANÇAS

    EMERGÊNCIA NOS ACIDENTES DOMÉSTICOS COM CRIANÇAS

    RAQUEL SAMPAIO

  • INTRODUÇÃO

    INTRODUÇÃO

    O acidente doméstico com crianças tem se revelado uma das principais causas dos atendimentos, internações, incapacidades e óbitos. Tem, ainda, contribuído para a elevada taxa de mortalidade infantil.

    Esses acidentes domésticos vão desde casos mais simples, como pequenas quedas, escoriações ou lesões, a casos graves e óbitos.

  • Os acidentes domésticos estão relacionados com o comportamento familiar e social o estilo de vida, fatores educacionais, econômicos e culturais, com as fases específicas das crianças, pela curiosidade e contínuo aprendizado.

    A família é responsável por promover a saúde e o bem estar das crianças, e desempenha papeis de proteção, segurança, cuidados, sendo surpreendente o número de ocorrências que se dão sob sua responsabilidade e falta de conhecimento para esses enfrentamentos.

  • São muitos os fatores de risco no ambiente doméstico que podem comprometer o desenvolvimento da criança, desencadear acidentes e que podem originar graves lesões, até com seqeelas irreversíveis.

    Os acidentes no lar, principalmente considerando a idade da criança, sua etapa de desenvolvimento psicomotor e situações facilitadoras de risco, a leva a vivenciar a dor, a realização de exames específicos e um contato evitável com o trauma da hospitalização.

  • No Brasil, essas ocorrências quase sempre são tratadas e diagnosticadas nos ambulatórios e serviços de pronto socorro, tornando-se rotina para os profissionais de saúde esses serviços.

    O acidente é um evento não intencional mas totalmente evitável, sendo causador de lesões físicas e/ou emocionais, e não apenas no âmbito doméstico, mas também em outros ambientes sociais, como do trabalho, do trânsito, da escola, dos esportes e do lazer.

  • O acidente envolve traumatismo, queimaduras, intoxicações, asfixia, dentre outros, em conseqüência de um acidente (queda, queimaduras, afogamento, acidentes com animais domésticos, intoxicação).

    Como efeito, podem ocorrer riscos maiores de intoxicações com medicação e produtos químicos, infecções hospitalares, sequelas psiquiátricas e neurológicas, danos cutâneos, transmissão de doenças e acometimentos emocionais a nível individual e familiar.

  • As causas externas são responsáveis por 19,5% da mortalidade na faixa etária de 5 a 19 anos, sendo as quedas as principais causas de morte, segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria, com 74% to total de atendimentos no setor clínico.

  • Dentre os inúmeros determinantes sociais se encontram as condições ambientais, físicas, culturais e sociais da família, o estilo de vida dos pais, condições de vida e trabalho, urbanização, marginalidade, desemprego, desigualdade social, superpopulação, miséria, educação, estresse, condições impróprias de moradia, vigilância insuficiente, o sexo, a idade da criança, sua etapa de desenvolvimento neuropsicomotor e características da personalidade.

  • Nota-se uma acentuada demanda por políticas públicas direcionadas a prevenção de acidentes e a promoção da saúde, que busquem através da educação em saúde um instrumento de intervenção nesse processo.

    O que se percebe são campanhas focadas na assistência, ações intersetoriais distantes da realidade dos serviços de saúde, educação e assistência social.

  • O acidente com crianças menores de 14 anos é uma realidade mundial, um grave problema de saúde pública, possível de prevenção mediante esforços conjuntos da família, equipes de saúde e uma ação governamental eficaz.

    Sendo assim, o curso retrata acerca da prevenção dos acidentes de crianças no ambiente doméstico, relatando os agravos, incidências, determinantes e a relação desses agravos com as políticas públicas de saúde existentes, priorizando o elo que entre o enfermeiro, Estado, família e a sociedade, na diminuição dos acidentes domésticos com crianças, através de atitudes preventivas.

  • A TEORIA HUMANISTA NA EMERGÊNCIA

    A TEORIA HUMANISTA NA EMERGÊNCIA

    Na busca de conhecer o 'modo de fazer' da enfermeira, nos deparamos com a Teoria Sócio-humanista, cujo foco central é a valorização do sujeito doente, na perspectiva de um ser humano inteiro, global, que tem sua sociabilidade e subjetividade, buscando, por meio do modo de fazer das enfermeiras formas de sistematizar esse trabalho.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • EMERGÊNCIA NOS ACIDENTES DOMÉSTICOS COM CRIANÇAS
  • INTRODUÇÃO
  • A TEORIA HUMANISTA NA EMERGÊNCIA
  • Gostou do curso? Visite a página da autora Raquel Sampaio e conheça seus outros cursos publicados.