Curso Online de Enfermagem em Ortopedia
3 estrelas 1 aluno avaliou

Curso Online de Enfermagem em Ortopedia

Nesse curso iremos abordar fraturas, tipos de tração, artroplastias, cuidados de enfermagem, vídeos, etc.

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 21 horas

De: R$ 70,00 Por: R$ 45,99
(Pagamento único)

Mais de 80 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Nesse curso iremos abordar fraturas, tipos de tração, artroplastias, cuidados de enfermagem, vídeos, etc.

Cursos com vídeos, imagens ilustrativas, bem explicado. Equipe só enfermagem Duvidas e Sugestões soenfermagem@soenfermagem.net


- JosÉ Lucywaldson PantaleÃo Da Silva.

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.
  • Enfermagem em Ortopedia

    Enfermagem em Ortopedia

  • Olá, bem-vindo (a) ao curso a distância do Só Enfermagem.

    Utilize as teclas abaixo para sair, voltar ou avançar.

    Bons estudos!

  • Programa de Educação Continuada à Distância
    EAD – Educação à Distância

  • Introdução

    Introdução

  • A Ortopedia é a especialidade médica que cuida das doenças e deformidades dos ossos, músculos, ligamentos, articulações, enfim, relacionadas ao aparelho locomotor. A Traumatologia é a especialidade médica que lida com o trauma do aparelho músculo-esquelético. No Brasil as especialidades são unificadas, recebendo o nome de "Ortopedia e Traumatologia".

    Existem diversas doenças ósseas que independem do trauma, como o câncer ósseo, luxações congênitas e deformidades ósseas que necessitam de tratamento médico. As hérnias de disco, causadoras de dores intensas na coluna, podem ser operadas tanto por ortopedistas como por neurocirurgiões, dependendo de sua formação.

  • Os cuidados de enfermagem aos doentes com afecções ortopédicas e traumatológicas
    abrangem clientes com diferentes patologias, nomeadamente luxação congênita de quadril,
    displasias do quadril, fratura do colo do fêmur, entre outras. Por isso, os enfermeiros,
    especialistas de reabilitação ou generalistas, que trabalham em serviços de Ortopedia e em
    serviços de urgência devem estar preparados para responder eficazmente a todas as situações
    com que se deparam.

    Os problemas que afetam os sistemas muscular, esquelético e articular, congênitos ou
    resultantes de doenças metabólicas e degenerativas, e de traumas de origem intencional ou não,
    são um importante problema de saúde pública não só por atingirem uma percentagem cada
    vez maior da população incluindo jovens e adultos jovens, como também, pelos custos pessoais
    (dor ou desconforto, impossibilidade de, muitas vezes, manter os hábitos de vida, que podem
    gerar isolamento e síndromes depressivos) e sociais (aumento de absentismo e elevados custos
    em tratamentos médicos e de enfermagem).

  • Noções de Anatomia e Fisiologia do Sistema Musculoesquelético

    Noções de Anatomia e Fisiologia do Sistema Musculoesquelético

  • O osso ou tecido ósseo é uma forma rígida de tecido conectivo que forma a maior parte do
    esqueleto. O sistema esquelético ou esqueleto do adulto consiste em mais de 200 ossos, que
    constituem a estrutura de sustentação do corpo.

    Funções dos ossos
    Proteção: Órgãos mais frágeis situados nas cavidades são protegidos por estruturas ósseas como por exemplo: medula neural, coração e pulmões. A figura representa uma estrutura mais rústica protegendo uma muito mais frágil. Podemos considerar os ossos como essa estrutura mais rústica e o neném os frágeis, fundamentais à vida.
    Sustentação: Assim como os prédios, os corpos dos seres humanos também precisam de fortes bases estruturais de sustentação.
    Armazena minerais e íons: Armazena principalmente cálcio e fosforo
    Funciona como alavanca para a movimentação: Age como componente passivo de um movimento, sendo os músculos a parte ativa.

  • Produz células sanguíneas (hematopoiese): As extremidades dos ossos mais longos produz sangue. Lá a osteoarquitetura é trabeculada, onde células pluripotenciais (stem cells) se inserem e acabam povoando o osso para produzirem células sanguíneas.
    Auto – remodelamento: Os ossos também têm a capacidade do auto-remodelamento, para que seja possível a adaptação da postura ao meio que é exigido. Mulheres por exemplo, ao usarem por muito tempo salto baixo, vão em uma festa com salto alto, não demora muito, começam a sentir dores nas pernas. Esse é um sinal de que seu aprumo não está correto, ou seja, os ossos não se adaptaram ainda e não se remodelaram para uma melhor distribuição de peso. O mesmo ocorre no inverso. Outro exemplo são os desvios de coluna, por vícios de posição e postura, causando a escoliose, lordose ou cifose.

  • Composição do osso
    O osso é um tipo de tecido conjuntivo, que consiste de células de uma matriz de fibras e
    substância fundamental. As fibras colágenas da matriz são responsáveis por sua elasticidade
    quando se aplica uma tensão, enquanto os sais de cálcio depositados na matriz (avaliados em
    65% do peso do osso) impedem que ocorra uma fratura quando se aplica uma pressão. Uma
    substância intimamente semelhante à estrutura da hidroxiapatita [Ca3(PO4)2]3.Ca(OH)2
    compõe a principal porção de sais presentes no osso. Pequenas quantidades de carbonato de
    cálcio (CaCO3) também estão presentes.

    Células Ósseas
    Existem três tipos de células no osso: osteoblastos (atuam em sua formação), osteoclastos
    (associados com sua reabsorção) e osteócitos (principais células do osso maduro).

  • Membrana do osso
    O periósteo é uma bainha de tecido conjuntivo que reveste a superfície externa do osso, exceto
    das superfícies articulares (revestidas com cartilagem hialina). O periósteo é ligado ao osso por
    fibras colágenas que penetram na matriz subjacente. O endósteo é uma membrana fina e
    delicada que reveste todas as cavidades ósseas, possuindo capacidade hematopoética e
    osteogênica.

    Tipos de tecido ósseo
    Há dois tipos de tecido ósseo, o esponjoso e o compacto; as diferenças entre eles dependem da
    quantidade relativa de substância sólida, do número e tamanho dos espaços em cada um deles.
    Todos os ossos têm uma armação externa de substância compacta ao redor de uma massa
    central de substância esponjosa, exceto a última, que é substituída por uma cavidade medular.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 45,99
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Enfermagem em Ortopedia
  • Introdução
  • Noções de Anatomia e Fisiologia do Sistema Musculoesquelético
  • Epidemiologia do trauma
  • Assistência pré-operatória
  • Assistência de enfermagem no transoperatório
  • Assistência pós-operatória
  • Lesões Ósseas e Articulares
  • Lesão medular
  • Aparelhos gessados
  • Osteossíntese
  • Tração
  • Fixação Interna e Externa
  • Artroplastia do quadril
  • Artroplastia do joelho
  • Osteomielite
  • Osteoartrite
  • Osteoporose
  • Artrite Reumatóide
  • Tumores ósseos
  • Fraturas em crianças
  • Avalie nosso curso
  • Bibliografia