Curso Online de Programa Nacional de Imunização - Normas Técnicas

Curso Online de Programa Nacional de Imunização - Normas Técnicas

Neste curso você irá aprender as normas técnicas aplicadas ao manuseio, conservação e aplicação de vacinas.

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 3 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Mais de 70 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Neste curso você irá aprender as normas técnicas aplicadas ao manuseio, conservação e aplicação de vacinas.

Inaldo Araújo Gonçalves Enfermeiro formado pela Universidade Estadual do Ceará. Atuou durante 10 anos em Programas de Saúde da Família no Estado do Ceará. Foi Professor de Cursos Profissionalizantes durante 06 anos. Atualmente atua como Consultor Técnico de Saúde para o Senac Ceará.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.
  • Programa Nacional de Imunização - PNI Normas Técnicas

    programa nacional de imunização - pni normas técnicas

    atualizado em 12 de setembro de 2010

    desenvolvido por:

    inaldo araújo gonçalves
    enfermeiro formado pela universidade estadual do ceará.
    atuou durante 10 anos em programas de saúde da família no estado do ceará.
    foi professor de cursos profissionalizantes durante 06 anos.
    atualmente atua como consultor técnico de saúde para o senac ceará.

    currículo lattes: http://lattes.cnpq.br/7533189417028295

  • EDUCA BRASIL Apresentação

    educa brasil apresentação

    o educa brasil foi criado em 12 de setembro de 2010 especialmente para desenvolver conteúdos para o portal buzzero.

    cada curso do educa brasil trás em sua capa os dados do profissional que desenvolveu o curso bem como a data da ultima atualização do conteúdo.

    seja bem-vindo ao educa brasil!

  • O Programa Nacional de Imunização

    o programa nacional de imunização

    programa do ministério da saúde criado em 09/1973 e institucionalizado pelo decreto nº 78.231 de 12/08/1976

    objetivos:
    promover o controle das doenças imunopreviníveis por meio do estabelecimento de normas e parâmetros técnicos para a utilização de imunobiológicos;
    fornecimento de imunobiológicos para estados e municípios;
    coordenar e supervisionar a utilização desses imunobiológicos e;
    participar na produção de imunobiológicos utilizados no país.

  • O Programa Nacional de Imunização

    o programa nacional de imunização

    antes do pni a utilização de imunobiológicos destinava-se ao controle de doenças específicas como a febre amarela ou a varíola

  • Secretaria de Vigilância em Saúde

    secretaria de vigilância em saúde

    define normas e parâmetros técnicos para as estratégias de utilização de imunobiológicos;

    coordena ações de vacinação de caráter nacional;

    responsável pela aquisição, conservação e distribuição dos imunobiológicos;

    fiscalização e o controle da qualidade.

    incentiva a pesquisa, a produção e a melhoria da qualidade dos produtos

  • Conceitos Básicos

    conceitos básicos

    imunidade é a capacidade de resposta a estímulos presentes no meio ambiente, mediada pelo sistema de defesa do organismo.

    imunização é o processo pelo qual desenvolvemos essa imunidade.

  • Conceitos Básicos

    conceitos básicos

    imunidade ativa : adquirida pela ação do sistema imunológico, ao adoecermos e através de vacinas.

    imunidade passiva: é conferida ao recém-nascido por anticorpos que atravessaram a placenta durante a vida intra-uterina , anticorpos presentes no leite materno e os soros produzidos laboratorialmente.

  • A Vacina

    a vacina

    é o imunobiológico que contém um ou mais agentes imunizantes (vacina isolada ou combinada) sob diversas formas: bactérias vivas ou vírus vivos atenuados, vírus inativados, bactérias mortas e componentes de agentes infecciosos purificados e /ou modificados quimicamente ou geneticamente.

  • A Vacina

    a vacina

    o produto em que a vacina é apresentada contém, além do agente imunizante, os componentes a seguir especificados:
    líquido de suspensão: água destilada ou solução salina fisiológica

    conservantes, estabilizadores e antibióticos: para evitar o crescimento de contaminantes (bactérias e fungos);

    adjuvantes: compostos contendo alumínio são comumente utilizados para aumentar o poder imunogênico.

  • Administração dos Imunobiológicos

    administração dos imunobiológicos

    procedimentos preliminares à administração

    conferir o nome do paciente;
    verificar quais vacinas que deverão ser administradas;
    anotar a caneta as vacinas aplicadas;
    anotar a lápis as vacinas aprazadas;
    rubricar no espaço respectivo de cada dose de vacina aplicada (vacinador);
    lembrar de não aprazar o retorno em finais de semana e feriados, exceto se a unidade funcionar;
    ao término do registro, reforçar as orientações dadas sobre a importância da vacinação e dos próximos retornos;
    entregar o cartão e explicar a importância do mesmo para que o usuário o conserve, mantendo-o limpo e íntegro

  • Administração dos Imunobiológicos

    administração dos imunobiológicos

    higiene das mãos

    esse procedimento deve ser rigorosamente obedecido para evitar a contaminação no preparo e na administração dos imunobiológicos. a higiene das mãos consiste em:
    molhar as mãos ensaboá-las com sabão;
    friccionar toda a superfície das mãos, inclusive entre os dedos;
    remover os detritos depositados sob as unhas;
    enxaguar com água corrente;
    enxugar com papel toalha ou, na sua falta, com toalha de tecido limpa e seca, trocada em cada jornada de trabalho, no mínimo, ou quando necessário.

    a higiene das mãos deve ser realizada:
    antes e após a administração de cada vacina ou soro;
    antes e após o manuseio dos materiais, das vacinas e dos soros;
    antes e após qualquer atividade executada na sala de vacinação.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Programa Nacional de Imunização - PNI Normas Técnicas
  • EDUCA BRASIL Apresentação
  • O Programa Nacional de Imunização
  • Secretaria de Vigilância em Saúde
  • Conceitos Básicos
  • A Vacina
  • Administração dos Imunobiológicos
  • Calendário Básico de Vacinação
  • Conservação
  • Rede de Frio
  • Contra Indicações Gerais
  • Adiamento da Vacinação
  • Falsas Contra - Indicações
  • Situações Especiais
  • Cuidados
  • Bibliografia