Curso Online de RESGATE E APH
4 estrelas 8 alunos avaliaram

Curso Online de RESGATE E APH

RESGATE E APH

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 3 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

RESGATE E APH

ESPECIALISTAS EM ENFERMAGEM; BACHAREIS EM ENFERMAGEM E OBSTETRÍCIA; Experiência em: -Urgência e Emergência, -Clinica Médica, -Clinica Círurgica, -UTI, -Oncologia, -Nefrologia e -SAÚDE PUBLICA E ETC; PROFESSORES DE CURSOS TECNICO DE ENFERMAGEM EM DIVERSAS ÁREAS.


- Fernando Souza De Andrade Junior

- Gláucia Rebeca Fontanetta

- Moises Machado

"CURSO COM EXCELENTE EXPLICAÇÃO DIDÁTICA , FÁCIL COMPREENSÃO E ENTENDIMENTO , RECOMENDO A TODOS , E FICO NO AGUARDO DO CURSO DE APH TÁTICO E PHTLS, GRANDE ABRAÇO A TODOS ."

- Cicero JosÉ De Oliveira Junior

- FÁbio Da ConceiÇÃo Pereira

"muito bom"

- Marcio Freire Halzeman

- Keila Ferreira Simões

"O curso entitulado não trata sobre o assunto de Resgate e APH. Infelizmente é uma propaganda enganosa, pois o conteúdo é somente sobre o histórico do resgate e não cita nada sobre o Resgate e APH em si. Não posso dizer que perdi meu dinheiro, pois todo conhecimento é sempre válido, mas não indicaria para ninguém esse curso. São críticas construtivas. Acho que antes de colocarem um curso a venda, o mesmo deveria passar por uma análise de especialistano assunto para que se realmente o cinteúdo é válido e está correto. Obs: tem cursos gratuitos que são melhores do que esse que fiz!!! Se mais para o momento."

- Francisca Paula Souza Santiago

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • RESGATE E APH

    resgate e aph

  • RESGATE E APH

    resgate e aph

    enf.: marcelo neves

  • Resgate

    resgate

    a palavra resgate refere-se, em uma operação militar ou mesmo civil, à recuperação de um prisioneiro, refém ou vítima. pode-se referir também ao salvamento de pessoa, animal ou bem sob qualquer tipo de ameaça. o resgate pode ser classificado resumidamente da seguinte forma: resgate áquatico, áereo, terrestre e local confinado.

  • APH (Atendimento Pré Hospitalar)

    aph (atendimento pré hospitalar)

    um médico dirige-se, sozinho ou acompanhado de uma equipe, para atender um quadro que fora reportado a ele, e que geralmente pode ser resolvido no local (extra hospitalar).

  • SPH (Socorro Pré Hospitalar)

    sph (socorro pré hospitalar)

    uma equipe se desloca para prestar um socorro de maior complexidade, em áreas distintas.
    socorro doméstico
    socorro a um acidente ou agressão acometida a uma ou mais pessoas em uma residência, local de trabalho, escola ou similares.
    socorro de asfalto
    socorro a um acidente ou agressão acometida a uma ou mais pessoas em vias públicas como ruas, avenidas, rodovias, estradas ou calçadas. (geralmente acidentes automobilísticos).

  • socorro aéreo
    socorro a um acidente ou agressão acometida a uma ou mais pessoas e que se faz necessário um transporte aéreo como avião ou helicóptero.
    socorro aquático
    socorro a um acidente ou agressão acometida a uma ou mais pessoas e que englobe a atuação em praias, mar aberto, cachoeiras ou cascatas, lagos, rios, piscinas ou similares.
    socorro em área de difícil acesso
    socorro a um acidente ou agressão acometida a uma ou mais pessoas, realizado por equipes altamente treinada em salvamento e resgate, e dá-se geralmente em montanhas, florestas fechadas, ruínas ou em locais de perigo iminente como incêndios ou locais de pronto desabamento.

  • História

    história

    a ação de cuidar não é um atributo exclusivamente humano.
    é incrível constatarmos que além dos homens, os animais e até as plantas têm o seu próprio serviço sos.
    pequenos pássaros, que se alimentando de parasitas, fazem uma manutenção periódica da saúde de outros animais, como leões, rinocerontes, elefantes e outros.
    pequenos peixes têm um hábito parecido, retirando restos de alimentos que ficam presos aos dentes dos tubarões.
    até mesmo algumas plantas, permitem que outras cresçam em seu tronco, protegendo-as e nutrindo-as, para que não morram.

  • desde o aparecimento do homem, a ação de cuidar se faz presente a ele, pois observando os animais, o homem verificou que certas ações poderiam ajudar ao restabelecimento de moléstias, principalmente de ferimentos.
    quando algum animal se fere, ele lambe o ferimento, retirando as sujidades e hidratando sempre o local.
    a princípio, o homem fazia o mesmo, até notar o primeiro grande medicamento natural, a água.
    a partir daí, gradativamente, durante milhares de anos, o homem foi introduzindo diversos outros elementos em seu “estoque medicamentoso”, tornando assim, cada vez mais fácil cuidar, e cada vez mais necessário um estudo adequado para o direcionamento desta arte.

  • foi então que cuidar deixou de ser atribuição de qualquer um e passou a ser de responsabilidade de poucos.
    os chamados curandeiros eram responsáveis pela saúde do homem primitivo.
    com a evolução, esta atribuição foi passando de mãos em mãos.
    de qualquer um para os curandeiros, depois magos e feiticeiros, alquimistas, enfim aos médicos.
    não havia um local para acondicionar os doentes ou feridos, por isso o tratamento era feito em qualquer lugar, foi quando, novamente observando os animais, percebemos que quando adoeciam, os bichos isolavam-se dos demais, para não prejudicá-los, ou contaminá-los.

  • só então surgiu a idéia dos consultórios.
    houve uma época que todos que cuidavam eram chamados de médicos e auxiliares.
    com o tempo surgiram divisões e especialidades, primeiro, com a divisão da medicina, logo após, com as especializações do que antes eram os auxiliares.
    nascia a odontologia, a enfermagem e a fisioterapia.
    com as divisões e as especializações, tornou-se possível, não só hospedar, mas também cuidar dos doentes e feridos em um local específico para seus tratamentos, dando origem ao que chamamos hoje de hospital.
    mesmo com os hospitais em funcionamento, evidenciou-se que o pré hospitalar era a manutenção e prevenção da vida.

  • em 1795, a ambulância voadora - uma carruagem puxada por cavalos com pessoal médico treinado, foi idealizada pelo barão larrey para napoleão durante sua campanha na prússia. assim iniciou-se a era do tratamento pré hospitalar.
    durante a guerra civil americana, tripler e letterman, do exército potomac, reintroduziram estes conceitos, mas, pouco mais foi realizado durante os seguintes 50 anos.
    foi então que em 1854, durante a guerra da creméia, florence nightingale foi ao campo de batalha para atender os soldados durante o conflito, se tornando a precursora da enfermagem mundial e formando a primeira equipe de socorro pré hospitalar em salvamento e resgate da história, pois até então o que havia poderia ser chamado de atendimento pré hospitalar.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • RESGATE E APH
  • Resgate
  • APH (Atendimento Pré Hospitalar)
  • SPH (Socorro Pré Hospitalar)
  • História
  • Resgate em incêndios
  • Resgate em cavernas
  • Atendimento pré hospitalar (APH)
  • A quem se destina
  • Por quem é realizado
  • Objetivos
  • Protocolos do APH