Curso Online de Saúde do Idoso

Curso Online de Saúde do Idoso

Mais saúde na Terceira Idade.

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 10 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 23,99
(Pagamento único)

Mais de 0 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Mais saúde na Terceira Idade.

Docente no ensino superior, médio e fundamental. Biólogo, químico e bioquímico. Doutorando em ciência e tecnologia de alimentos. Especializando em nutrição, envelhecimento e longevidade. Mestre em alimentos e nutrição. Especialista em nutrição clínica e esportiva, gerontologia e qualidade de vida e metodologia de ensino de biologia e química. Graduado em bacharelado em bioquímica, licenciatura em química e também em biologia. Experiência como professor de ciências, biologia, química, bioquímica e alimentos. Currículo Lattes: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4485065A7.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.
  • SAÚDE DO IDOSO

    Professor MSc Walisson, especialista em gerontologia e qualidade de vida.

  • Introdução

    Introdução

  • O envelhecimento populacional é um fenômeno mundial e no Brasil não é diferente, assim tornando de extrema importância planejar e executar ações com o objetivo da melhoria da qualidade de vida desta população

  • Aumento da Expectativa de Vida

  • O aumento expressivo do número de idosos traz benefícios como o aumento da longevidade e desafios como a manutenção de condições de saúde e da qualidade de vida

  • A preocupação com as condições de saúde do idoso tem motivado o desenvolvimento de vários estudos sobre o envelhecimento humano. As condições de saúde são ocorrências na saúde das pessoas que se apresentam persistentemente e que requer respostas sociais reativas ou proativas, de maneira temporária ou contínua.

  • As condições de saúde é um excelente preditor para avaliar como está o processo de envelhecimento de uma população, especialmente quando se trata de uma população idosa portadora de duas doenças crônicas, tão comuns no Brasil, e que tem apresentado números alarmantes nos últimos anos.

  • O envelhecimento da população está associado a maior prevalência de problemas nutricionais. Os idosos têm maior risco de desnutrição por diferentes fatores, como a redução da ingestão de alimentos, fatores psicossociais associados à anorexia, problemas de mastigação e deglutição, alterações fisiológicas na função gastrointestinal, polifarmácia, depressão, entre outros. Nos últimos anos tem-se intensificado os estudos na área de nutrição para prevenir doenças prevalentes nessa faixa etária.

  • Conforme o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o número de idosos no Brasil só vem aumentando, passando de 12,6% em 2012 para 13% em 2013, totalizando uma média de 26,1 milhões de idosos em todo o Brasil. Da mesma forma que tem ocorrido o aumento de idosos no Brasil, tem crescido o número de casos de Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNT), especialmente nessa faixa etária.

  • As doenças crônicas não transmissíveis DCNTs são afecções de saúde que acometem indivíduos por um tempo prolongado e não são estáticas, pois apresentam períodos de piora (episódios agudos) e de melhora. São exemplos dessas doenças diabetes mellitus, hipertensão arterial, problemas cardiovasculares, câncer, acidente vascular encefálico (AVE), artrite, depressão, doença respiratória e outros. No Brasil, a hipertensão arterial, a depressão e o diabetes mellitus são as DCNTs mais prevalentes, porém o AVE é a doença que mais limita as atividades diárias dos sujeitos.

  • A obesidade é considerada um fator de risco para o desenvolvimento de patologias, entre elas as doenças crônicas não transmissíveis como diabetes mellitus, hipertensão arterial sistêmica, dislipidemias, doenças cardiovasculares e cânceres.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,99
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Introdução
  • Alimentação Saudável
  • Atividade física e saúde do idoso
  • Nutrição do Idoso
  • Prevenção da Osteoporose
  • Prevenção da Doença de Alzheimer
  • Prevenção da Hipertensão Arterial Sistêmica
  • Prevenção da Aterosclerose
  • Saúde Cutânea
  • Considerações Finais