Curso Online de Úlceras arteriais e venosas

Curso Online de Úlceras arteriais e venosas

Capacitar os profissionais de enfermagem acerca das diferenças entre as úlceras venosas e arteriais dos pacientes portadores desses tipos...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 4 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 25,00
(Pagamento único)

Mais de 10 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Capacitar os profissionais de enfermagem acerca das diferenças entre as úlceras venosas e arteriais dos pacientes portadores desses tipos de lesões de pele e conhecer os tipo de coberturas.

Enfermeira obstetra e neonatologista. Graduada em Enfermagem pela Universidade Paulista (UNIP-SJC) em 2013 com pós-graduação Obstetrícia e neonatologia pela Escola de Enfermagem Wenceslau Brás (Itajubá-MG) e cuidados pré-natais pela UNIFESP.Atualmente atuo como enfermeira Obstétrica na Santa Casa de Pirassununga. Atuação no pré-parto, parto, puerpério e assistência ao Recém-nascido. Com experiências em outras áreas como pediatria, Clínica médica, Clínica cirúrgica e Centro cirúrgico.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • ÚLCERAS Arteriais E Venosas

    ÚLCERAS Arteriais E Venosas

    NATHALY CARVALHO

  • APRESENTAÇÃO

    APRESENTAÇÃO

    As úlceras crônicas de etiologia vasculogênicas constituem um problema grave e de abrangência mundial, sendo responsáveis por índices de morbidade e mortalidade significativos, além de provocarem considerável impacto econômico.
    Em torno de 75% de todas as úlceras de perna resultam da insuficiência venosa crônica; 20% são geradas por insuficiência arterial e os 5% restantes são provocados por outros fatores. As úlceras venosas com componentes arteriais (úlceras mistas) também são comuns e mais difíceis de tratar.

    Objetivo
    Capacitar os profissionais de enfermagem acerca das diferenças entre as úlceras venosas e arteriais dos pacientes portadores desses tipos de lesões de pele e conhecer os tipo de coberturas.

  • Conteúdo Programático

    Conteúdo Programático

    Aspectos Teóricos:

    Anatomia pele
    Etiologia
    Úlcera Venosa
    Úlcera Arterial
    Quadro clínico
    Indicadores de diferenciação
    Fatores que predispõem o desenvolvimento das úlceras
    Terapia contensiva e compressiva
    Tipos de coberturas

  • INTRODUÇÃO

    INTRODUÇÃO

    O Tratamento de feridas se refere a proteção de lesões contra a ação de agentes externos físicos, mecânicos ou biológicos, tendo com objetivo reduzir, prevenir e/ou minimizar os riscos de complicações decorrentes.

    Antes da seleção e aplicação de um curativo, é necessária uma avaliação completa da ferida, do seu grau de contaminação, da maneira como esta ferida foi produzida, dos fatores locais e sistêmicos e da presença de exsudato, como forma de agilizar o processo de cicatrização e proteger a ferida.

    Ferida é toda e qualquer ruptura no tecido epitelial, mucosas ou órgãos cavitários, causada por fatores extrínsecos ou intrínsecos.

  • Anatomia da pele

    Anatomia da pele

    Figura A: Fonte: http://www.sobiologia.com.br/conteudos/FisiologiaAnimal/revestimento.php
    Figura B : epitélio estratificado pavimentoso – Junqueira & Carneiro

    A

    B

  • Etiologia Úlcera Venosa e Úlcera arterial

    Etiologia Úlcera Venosa e Úlcera arterial

    Úlcera Venosa
    É devida à insuficiência venosa crônica por varizes primárias, sequela de trombose profunda, anomalias valvulares venosas ou outras causas que interferem no retorno do sangue venoso.

    Úlcera Arterial
    É produzida pela desnutrição cutânea devido a uma insuficiência arterial que tem como resultado a isquemia.

  • Quadro clínico

    Quadro clínico

    Úlceras Venosas
    Frequentemente localizadas na área frontal da perna;
    Formato irregular;
    Pigmentação de cor castanha na área da pele peri-ulceral (muitas vezes com eczema);
    pulso normal do pé
     

    Fonte: http://www.coloplast.com.br/feridas_pele/topicos/conhecimento/ulcerasdeperna/

  • Quadro clínico

    Úlceras arteriais

    Atinge geralmente área do tornozelo e nos pés;
    uma forma regular;
    pele peri-ulceral atrofiada e pálida;
    pulso fraco no pé.

    Quadro clínico

    Fonte: http://www.dermatologia.net/novo/base/doencas/ulceras_venosas.shtml

  • Indicadores de diferenciação

    Indicadores de diferenciação

    Fonte: htpp//www.portallenf.net/pages/articles/print.php?id=882

  • Indicadores de diferenciação

    Indicadores de diferenciação

  • Fatores que predispõem o desenvolvimento das úlceras

    Fatores que predispõem o desenvolvimento das úlceras

    São causas de úlceras arteriais
    - isquêmia ou insuficiência de fluxo arterial para determinada região ou tecido.
    - arteriosclerose (comprometimento o calibre dos vasos arteriais)
    -hipertensão arterial;
    - tromboangeíte obliterante – causada pelo tabagismo;
    - Coagulação intravascular primária ou microembolizações.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 25,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • ÚLCERAS Arteriais E Venosas
  • APRESENTAÇÃO
  • Conteúdo Programático
  • INTRODUÇÃO
  • Anatomia da pele
  • Etiologia Úlcera Venosa e Úlcera arterial
  • Quadro clínico
  • Indicadores de diferenciação
  • Fatores que predispõem o desenvolvimento das úlceras
  • AVALIAÇÃO Da ÚLCERA
  • Curativo
  • curativo
  • Técnica de curativo
  • Material
  • Realização da técnica
  • Limpeza da úlcera
  • Terapia contensiva e comprenssiva
  • Terapia contensiva e compressiva
  • BOTA DE UNNA
  • Terapia contensiva e compressiva
  • coberturas
  • Tratamento
  • CURATIVO COM GAZE UMEDECIDA EM SOLUÇÃO FISIOLÓGICA
  • ÁCIDOS GRAXOS ESSENCIAIS (AGE)
  • ALGINATO DE CÁLCIO
  • CARVÃO ATIVADO e prata
  • HIDROCOLÓIDES
  • hidrogel
  • Papaína
  • Referências