Curso Online de ÚLCERAS DE PRESSÃO ESCARAS

Curso Online de ÚLCERAS DE PRESSÃO ESCARAS

Lesões causadas por pressão não aliviada, ou seja, quando determinadas partes do corpo são sobrecarregadas por um longo período, o que pr...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 3 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Lesões causadas por pressão não aliviada, ou seja, quando determinadas partes do corpo são sobrecarregadas por um longo período, o que provoca uma necrose compressiva.

Produziu cursos na área de Instrumentação Cirúrgica, onde é formado desde 2003. Autor de mais de 100 cursos na área da saúde onde atuou por mais de 10 anos na enfermagem onde é formado desde 2004. Também produziu aproximadamente 200 cursos na área da educação (Geografia e História principalmente) onde cursou Licenciatura em História de 2009 a 2013. Autor também de alguns cursos de Administração onde cursa atualmente o 3º semestre em Administração e Gestão pela IERGS em Porto Alegre - RS. Pós-Graduado em História do Brasil pela PROMINAS.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • ÚLCERAS DE PRESSÃO “ESCARAS”

    ÚLCERAS DE PRESSÃO “ESCARAS”

  • Definição

    Definição

    Lesões causadas por pressão não aliviada, ou seja, quando determinadas partes do corpo são sobrecarregadas por um longo período, o que provoca uma necrose compressiva.

  • Acomete indivíduos acamados, com mobilidade reduzida ou que permanecem muito tempo sentados ou deitados.

  • Formação

    Formação

  • Áreas mais afetadas

    Áreas mais afetadas

  • Áreas mais afetadas (continuação)

    Áreas mais afetadas (continuação)

  • Pontos de maior pressão:

    Pontos de maior pressão:

    Decúbito Dorsal: cabeça, escápulas, coluna, cotovelos, EIPS, sacro, calcanhares.
    Sentado: coluna, escápulas, EIPS,ísquios, côndilos femurais, calcanhares e metatarso falangeanas.
    Decúbito Lateral: orelhas, ombros, cristas ilíacas, trocânteres, côndilos femurais, maléolos.

  • Prevenção:

    Prevenção:

    Identificar pacientes de risco

    Manter e melhorar a tolerância do tecido à pressão

    Evitar pressão, fricção e cisalhamento

    Conscientização (paciente, familiares, equipe multidisciplinar)

  • Plano de tratamento e prevenção

    Plano de tratamento e prevenção

    Avaliar a lesão pelo menos uma vez por dia
    Higienização (sempre que necessário)
    Não massagear, não friccionar
    Evitar cisalhamento
    Manter a pele hidratada
    Evitar a umidade
    Posicionamento, transferência, mudanças de decúbito (2 em 2 horas)
    Uso de colchão especial (ar ou água)

  • Tratamento e prevenção (continuação)

    Tratamento e prevenção (continuação)

    Usar superfícies redutoras de pressão no leito e cadeira.
    Se for capaz de andar ou exercitar-se, auxiliar a pessoa a faze-lo.
    Praticar o protocolo de troca de curativo conforme orientação do enfermeiro. 
    Saber como avaliar a ferida quanto aos sinais de infecção e cicatrização. 

  • Superfícies de suporte

    Superfícies de suporte


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • ÚLCERAS DE PRESSÃO “ESCARAS”
  • Definição
  • Formação
  • Áreas mais afetadas
  • Áreas mais afetadas (continuação)
  • Pontos de maior pressão:
  • Prevenção:
  • Plano de tratamento e prevenção
  • Tratamento e prevenção (continuação)
  • Superfícies de suporte
  • Estágios das lesões
  • Avaliação
  • Avaliação (continuação)
  • Complicações
  • FIM
  • PROFESSOR VILSON DIAS MORALES