Curso Online de Farmacodinâmica

Curso Online de Farmacodinâmica

Este curso está voltado á area de saúde com nocões sobre á farmacodinâmica, efeitos do medicamento no organismo, á diversas áreas de saúde.

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 3 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Este curso está voltado á area de saúde com nocões sobre á farmacodinâmica, efeitos do medicamento no organismo, á diversas áreas de saúde.

Sou farmacêutica, mestre e atualmente faço doutorado, tenho experiência em farmacia comercial, hospital e como professora.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • FARMACODINÂMICA

    FARMACODINÂMICA

  • Estuda os mecanismos de ação e efeitos bioquímicos
    e
    fisiológicos que os agentes medicinais, produzem nos seres vivos;

    Farmacodinâmica

  • Farmacodinâmica

    Farmacodinâmica


    Os fármacos não criam funções fisiológicas ou biológicas,
    apenas alteram - Estuda o efeito do fármaco - Como o fármaco atua - Relação dose x efeito - Os fatores que alteram essas relações (efeito, mecanismo,
    curva dose resposta) A grande maioria dos medicamentos (90%) atuam em proteínas
    (receptores e outros). Os outros 10% atuam no DNA.

  • Farmacodinâmica

    Farmacodinâmica

    As drogas produzem, em sua maioria, efeitos através de sua ligação, em primeiro lugar, moléculas protéicas. Exceção: DNA (agentes antitumorais, antimicrobianos, mutagênicos). Existem 4 tipos de proteínas reguladoras (sítios-alvo primário): 1 - enzimas 2 - moléculas transportadoras 3 - canais iônicos 4 - receptores

  • Farmacodinâmica

    Farmacodinâmica

    1 - Enzimas O rim libera uma enzima chamada renina que atua no antiotensinogênio dividindo-o e o transformando em angiotensina I. Vai para o pulmão e a ECA (outra enzima) transforma também a antiotensina que apresenta uma VASOCONSTRIÇÃO (aumentando a pressão) e ALDOSTERONA (faz o rim reter sódio). ECA = enzima conversora de angiotensina. Receptores celulares: beta 1, beta 2, alfa 1, alfa 2 e etc... todos são proteínas.

  • Farmacodinâmica

    Farmacodinâmica

    2- Moléculas Transportadoras Ex: para formar HCl: O CO2 entra na célula do estômago mistura com H2 O e vira H2CO3 (ácido carbõnico), doa um hidrogênio e vira bicabornato que sai da célula através da bomba, o bicarbonato sai e se transforma em Cl, o hidrogênio + Cl formam o HCl.

  • Farmacodinâmica

    Farmacodinâmica

    3 - Canais Iônicos Lembrando que na despolarização entra sódio. Ex: O anestésico local bloqueia o canal. Não despolariza.

  • Farmacodinâmica

    Farmacodinâmica

    4- Receptor O propanol se liga no local onde a noradrenalina iria se ligar impedindo-a de agir. A noradrenalina no beta 1 aumenta a frequência cardíaca e a pressão.

  • ESPECIFICIDADE DOS FÁRMACOS

    ESPECIFICIDADE DOS FÁRMACOS

    - Para uma droga ser útil tem que atuar seletivamente (ALTA ESPECIFICIDADE) Ex: angiotensina: m. liso vascular e túbulo renal. - Nenhuma droga atua com total especificidade;
    - Diminui a potência, aumenta dose, aumenta chance de atingir outros sítios de ação que não o primário = efeitos colaterais.

  • ESPECIFICIDADE DOS FÁRMACOS

    ESPECIFICIDADE DOS FÁRMACOS

    Quando tem efeito colateral é porque se liga em vários receptores. - É ideal que seja seletivo mas a maior parte dos medicamentos não são. - Aumenta a dose --> se liga em outros receptores --> efeitos colaterais.

  • Conceitos

    Conceitos

    Afinidade: fármaco específico; mede a força da união química entre o fármaco e o seu sítio específico. Capacidade de se ligar.
    Especificidade: capacidade que o fármaco tem de se ligar ao menor número de sítios específicos. Quanto maior a especificidade, maior o número de pontos de união no sítio receptivo. Se ligar no menor número de receptores.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • FARMACODINÂMICA
  • Farmacodinâmica
  • ESPECIFICIDADE DOS FÁRMACOS
  • Conceitos
  • Classificação dos receptores
  • Fármacos Estruturalmente Inespecíficos
  • RELAÇÃO ENTRE INTERAÇÃO FÁRMACO-RECEPTOR E EFEITO BIOLÓGICO
  • CURVAS DOSE-RESPOSTA
  • INTERAÇÕES ENTRE FÁRMACOS
  • Farmacodinâmica
  • Ligação a receptor
  • Interação Fármaco receptor
  • RECEITA OU PRESCRIÇÃO
  • Classificação
  • Composição da Receita