Curso Online de Imunonutrição, Espécies Reativas e Antioxidantes

Curso Online de Imunonutrição, Espécies Reativas e Antioxidantes

Fortalecimento do sistema imunológico e inibição do estresse oxidativo.

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 30 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 23,90
(Pagamento único)

Mais de 0 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Fortalecimento do sistema imunológico e inibição do estresse oxidativo.

Transmitir informações preciosas e atualizadas sobre saúde com total credibilidade e clareza após estudar intensamente cada conteúdo. Sou professor de ciências e biologia.Pesquisador de qualidade de vida e alimentação saudável, pesquisando atualmente como doutorando o consumo de frutas vermelhas e saúde do idoso.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • IMUNONUTRIÇÃO, ESPÉCIES REATIVAS E ANTIOXIDANTES

  • Imunonutrição é uma terapia de suporte nutricional focada em modular a resposta inflamatória, estimulando a imunologia, a manutenção de trofismo intestinal e redução da morbidade pós-operatória em geral, particularmente complicações infecciosas. Dentre os principais imunonutrientes destacam-se glutamina, arginina, ácidos graxos Omega-3 e nucleotídeos.

  • O sistema imune desempenha papel fundamental na relação entre má nutrição e infecção. Doenças como alergia, asma e doenças intestinais inflamatórias têm suas raízes em distúrbios do sistema imune, sendo este também envolvido nas doenças cardiovasculares e no câncer. A evolução de todas essas doenças pode ser alterada por meio de intervenção dietética.

  • Imunologia

  • A

  • As células do sistema imunológico comunicam-se entre si através de mecanismos semelhantes a hormônios. As células alvas têm receptores em suas membranas plasmáticas que se ligam especificamente às suas moléculas sinalizadoras, causando modificações na molécula, desencadeando uma cascata de ativações envolvendo proteinoquinase e fosforilase. Quanto às células do sistema imunológico, marque a alternativa INCORRETA.

    a) Linfócitos T Atuam na imunidade humoral e mediada por células;
    b) Linfócitos B Atuam na imunidade humoral; células apresentadoras de antígenos;
    c) Linfócitos T citotóxicos matam células na imunidade mediada por células, atacam e destroem células alvo que expressam certos antígenos.
    d) Linfócitos B Atuam na imunidade humoral e mediada por células.
    Biólogo - SAAE - Pref. Governador Valadares/MG 2016

  • D

  • Os anticorpos são moléculas glicoproteicas que se ligam a antígenos e tem a capacidade de neutralizá-los. No organismo humano, a célula responsável pela produção de anticorpos é

    (A) a célula T reguladora. (B) o linfócito T. (C) a célula NK.
    (D) o linfócito B. (E) o monócito.
    Biólogo EBSERH 2016

  • D

  • Em algumas patologias, é possível a visualização de neutrófilos não maduros durante a contagem diferencial de leucócitos. Essas células são denominadas (A) macrófagos. (B) monócitos. (C) mielócitos. (D) bastonetes. (E) eritrócitos.
    Biólogo EBSERH 2016

  • Os macrófagos teciduais começam sua vida como monócitos no sangue.
    https://bdigital.ufp.pt/bitstream/10284/5175/1/PPG_23493.pdf


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,90
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • IMUNOLOGIA
  • O SISTEMA IMUNE
  • VITAMINA D
  • ZINCO
  • IMUNOSSENESCÊNCIA
  • ESPÉCIES REATIVAS
  • IMPORTÂNCIA FISIOLÓGICA DAS ESPÉCIES REATIVAS
  • RADICAL SUPERÓXIDO (O2 -)
  • RADICAL HIDROXILA
  • PERÓXIDO DE HIDROGÊNIO
  • ÓXIDO NÍTRICO
  • ÂNION PEROXINITRITO
  • ÁCIDO HIPOCLOROSO
  • PEROXIDAÇÃO LIPÍDICA
  • ALGUMAS CONSEQUÊNCIAS DA PEROXIDAÇÃO LIPÍDICA
  • ETAPAS DA PEROXIDAÇÃO LIPÍDICA
  • INFLAMAÇÃO
  • ÁCIDOS GRAXOS POLIINSATURADOS
  • ATEROSCLEROSE
  • CÂNCER
  • INFERTILIDADE MASCULINA
  • ESPÉCIES REATIVAS E PELE
  • CATARATA
  • DOENÇAS PULMONARES
  • ESPÉCIES REATIVAS E DANOS CEREBRAIS
  • DOENÇA DE PARKINSON
  • DOENÇA DE ALZHEIMER
  • ARTRITE REUMATOIDE
  • DIABETES
  • ESPÉCIES REATIVAS E ENVELHECIMENTO
  • ANTIOXIDANTES
  • GLUTATIONA
  • SUPERÓXIDO DISMUTASE
  • CATALASE
  • SELÊNIO
  • GLUTATIONA PEROXIDASE
  • VITAMINA E
  • VITAMINA C
  • COENZIMA Q-10
  • FLAVONOIDES
  • CAROTENOIDES
  • ALGUNS MECANISMOS DE COMO TENTAR DIMINUIR A INCIDÊNCIA DO ESTRESSE OXIDATIVO
  • EXERCÍCIOS
  • RESPOSTAS DOS EXERCÍCIOS
  • REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
  • NUTRIÇÃO DO IDOSO
  • RELAÇÃO ENTRE ESTRESSE OXIDATIVO E ENVELHECIMENTO
  • ESTUDO CORRELACIONANDO ESTRESSE OXIDATIVO, DOENÇAS E ENVELHECIMENTO
  • ENCURTAMENTO DOS TELÔMEROS
  • AMENIZAÇÃO DO ENVELHECIMENTO: EFEITOS PROTETORES DOS ALIMENTOS FUNCIONAIS E DOS ANTIOXIDANTES
  • IMUNOSSENESCÊNCIA
  • CONSIDERAÇÕES FINAIS
  • REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
  • ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL
  • EXEMPLOS DE COMPOSTOS BIOATIVOS
  • FLAVONOIDES
  • VITAMINA C
  • ÁCIDOS GRAXOS ÔMEGA 3 X ÔMEGA 6
  • PROPRIEDADES DE ALGUNS ALIMENTOS
  • CEBOLA
  • CASTANHA DO PARÁ
  • OVOS
  • RECOMENDAÇÕES PARA CRIANÇAS MENORES DE 2 ANOS DE IDADE
  • RECOMENDAÇÕES PARA CRIANÇAS MAIORES DE 2 ANOS DE IDADE
  • NA ADOLESCÊNCIA
  • NA VIDA ADULTA E A PARTIR DOS 60 ANOS DE IDADE